Brasil,

Brasco vai operar base remota para Premier Oil na Bacia do Ceará

Empresa dará suporte à petrolífera britânica em sua primeira campanha de exploração no Brasil

A Brasco, empresa de bases de apoio offshore do Grupo Wilson Sons, firmou contrato com Premier Oil para o suporte logístico à operação de perfuração no bloco CE-M-717, localizado na Bacia do Ceará. É a primeira campanha de exploração da petrolífera britânica no Brasil e o primeiro poço da 11ª Rodada de Licitações da ANP, realizada em 2013, a ser perfurado na Margem Equatorial.

A base logística será na região de Pecém (CE), com início previsto para o primeiro semestre de 2020. A Brasco será responsável pela gestão da operação portuária e logística de suprimentos no local, recebimento e armazenamento de cargas, suprimento de água e outros consumíveis, além dos serviços de gerenciamento de resíduos e limpeza de tanques. Com experiência em operações remotas nas regiões Norte, Nordeste e Sudeste, a empresa já montou bases temporárias nos portos de Belém, São Luiz, Fortaleza, Salvador e Vitória.

“De fato, a Brasco é a única empresa brasileira de logística offshore que vem operando bases remotas nesses últimos 20 anos. Atendemos a campanhas exploratórias da Petrobras, BP, Equinor e Total, garantindo os padrões de segurança e qualidade que nos permitiu atingir o patamar de Classe Mundial em Segurança pelos critérios da DuPont”, destaca Gilberto Cardarelli, diretor executivo da empresa.

Sobre o Grupo Wilson Sons

O Grupo Wilson Sons é um dos maiores operadores integrados de logística portuária e marítima no mercado brasileiro e oferece soluções da cadeia de suprimento, com mais de 180 anos de experiência. A Companhia presta uma gama completa de serviços para as empresas que atuam na indústria de óleo e gás, no comércio internacional e na economia doméstica, conectando as melhores soluções aos resultados esperados pelos seus clientes. Com presença nacional, atua de forma inovadora, acompanhando as tendências do mercado.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS