Brasil, 6 de Dezembro de 2019

Abraceel e Ibope lançam na FIESP pesquisa de opinião pública 2019 sobre a energia elétrica no Brasil

87% dos brasileiros consideram muito caro o valor que pagam pela sua energia elétrica e 79% declararam que gostariam de ter a liberdade de escolher o seu fornecedor

O IBOPE e a Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia - ABRACEEL - apresentam, nesta segunda-feira, dia 12/08, às 09h00, na sede da FIESP na capital paulista, a Pesquisa de Opinião Pública 2019 sobre o que pensa e quer o brasileiro do setor elétrico. O objetivo da pesquisa foi levantar a opinião dos brasileiros sobre a possibilidade de escolher o seu fornecedor de energia, além de produzir a sua própria energia. A pesquisa confirma uma tendência nacional de crescimento dos consumidores que apontam uma série de descontentamentos com o preço que pagam na sua conta de luz e o desejo de serem livres para optar por sua empresa fornecedora de energia.

De acordo com esse levantamento do IBOPE, 87% dos brasileiros consideram muito caro o valor que pagam pela sua energia elétrica. Subiu de 63 para 65% a percepção do excesso de impostos cobrados na conta de luz. Um dado que chama atenção é que 79% dos brasileiros declararam que gostariam de ter a liberdade de escolher o seu fornecedor de energia elétrica, um crescimento de 10% sobre o número avaliado em 2018. Entre os pesquisados com nível mais elevado de escolaridade e renda familiar esse número chega a 82%.

Outro dado interessante dessa avaliação pública do setor elétrico brasileiro é a percepção revelada em 57% da população de que o custo da energia deve cair com a abertura do mercado.

Para o presidente da ABRACEEL, Reginaldo Medeiros, que encomenda anualmente essa pesquisa, os resultados apontam um crescimento constante no interesse do brasileiro em ter liberdade de escolha. “O Brasil não pode caminhar na contramão do mundo. Países desenvolvidos abriram seus mercados de energia e desfrutam de uma economia e de um crescimento de produção que o nosso mercado também merece”. O mercado livre no Brasil já existe, embora esteja restrito a grandes consumidores, que alcançaram uma economia em torno de 185 bilhões de reais nos últimos 16 anos.

Sobre a Abraceel: A Abraceel - Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia defende o direito da livre escolha do fornecedor de energia elétrica, a chamada portabilidade da conta de luz, e de gás natural pelos consumidores. Foi fundada no ano 2000 e atualmente conta com 92 empresas associadas, que comercializam 85% do volume de energia elétrica do segmento. Tem a finalidade de atuar junto à sociedade em geral, formadores de opinião, órgãos de governo, incentivando a livre competição de mercado como instrumento de eficiência nas áreas de energia elétrica e gás natural. Nos últimos 16 anos, os consumidores do Mercado Livre de energia elétrica economizaram aproximadamente 118 bilhões de reais nas contas de eletricidade. Atualmente esse mercado representa 30% de toda a energia elétrica consumida no Brasil e atende a cerca de seis mil consumidores livres e especiais, que estão entre os maiores do país. Nesse particular, merece destaque que os preços da energia no Mercado Livre foram em torno de 29% menores que as tarifas reguladas das distribuidoras no mesmo período.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: Comentários com Link são bloqueados automaticamente (Comments with Links are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS