Brasil, 14 de Dezembro de 2019

Cresce o número de lares chefiados por mulheres

Iniciativas focadas em liderança feminina promovem aumento de renda entre profissionais mulheres

Há pelo menos sete anos o Brasil assiste a uma mudança estrutural na administração de residências. De 2012 para cá, o número de lares chefiados por mulheres cresceu 47%, segundo indica a última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Comum (PNAD). Na condição de líderes, elas representam hoje 1,4 milhão ante 954 mil à época, enquanto a participação de homens caiu 0,4%.

Diversos fatores têm contribuído para a guinada na atuação da mulher fora de casa, indo na contramão da restrição aos serviços domésticos e cuidado com filhos. Hoje, 40 milhões de profissionais do gênero feminino fazem parte da população ocupada, crescimento de 40,8%, em 2007, para 44% em 2016. Além do desemprego e queda na renda familiar terem levado muitas mulheres a procurar remuneração, iniciativas de liderança feminina impulsionaram a participação delas no mercado de trabalho.

Para fortalecer esse avanço, as empreendedoras Amanda Gomes e Carine Roos criaram a ELAS, primeira escola focada no desenvolvimento pessoal e profissional de mulheres no Brasil. Desde 2017, a instituição impactou 4.000 profissionais e formou 500 alunas. E o melhor: 30% delas conseguiram aumento salarial ou promoção nos seis meses seguintes ao programa.

"Entendemos que temos uma missão muito importante no país e contribuir para essa transformação é o que nos estimula a querer mais. Além do mais, buscamos ser o meio para que tantas mulheres competentes no Brasil e no mundo alcancem posições de destaque na sociedade e no trabalho e realizem sonhos que, hoje, parecem distantes", afirma Amanda.

Para a empresária Carine, essas mudanças também devem acontecer dentro das empresas, seja incentivando as funcionárias com um plano de carreira claro ou até mesmo oferecendo licença-paternidade estendida. "Essa não deve ser responsabilidade única e exclusiva da mulher", opina.

De acordo com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), a projeção da participação de mulheres no mercado de trabalho é de elevação. Até 2030, a participação feminina deve chegar a 64,3%, 8,2 pontos percentuais acima da taxa em 1992.

"Estamos formando profissionais que conseguirão liderar equipes, sendo assertivas e confiantes em seus trabalhos, seja em casa ou fora dela", concordam as empreendedoras.

ELAS

Criado em agosto de 2017 e alinhado aos Sete Princípios do Empoderamento das Mulheres nas empresas defendidos pela ONU, a ELAS (Exercendo Liderança com Assertividade e Sabedoria) é a primeira Escola de Liderança e Desenvolvimento voltada para mulheres que buscam assumir posições de destaque nas empresas ou na sociedade. Além de oferecer workshops, palestras e mentorias, a Escola se destaca por um curso exclusivo chamado Programa ELAS, sendo a formação mais completa e intensa da Escola de Liderança.

A Escola nasceu para promover mudanças rápidas e concretas na vida das pessoas e nos resultados das empresas, tendo como missão ser referência no desenvolvimento de mulheres no Brasil. A ELAS respeita a essência e o talento de cada aluna, garantindo uma medição do desempenho e da evolução pessoal promovido pelo treinamento.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: Comentários com Link são bloqueados automaticamente (Comments with Links are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS