Brasil, 18 de Agosto de 2019

The Body Shop faz parceria com comunidade produtora de plástico reciclado na Índia

  • Escrito ou enviado por  Giovanna Celestini
  • Adicionar novo comentario
  • SEGS.com.br - Categoria: Demais
  • Imprimir

Iniciativa integra o programa de Comércio Justo da marca e tem como objetivo tornar suas embalagens mais sustentáveis

A The Body Shop, rede inglesa de cosméticos naturais, lança, neste mês, uma linha de embalagens feitas de plástico reciclado, fruto de uma parceria com a Plastics For Change, fabricante indiana de plástico reciclável de alta qualidade proveniente de cadeia de suprimento responsável. A iniciativa faz parte do programa de comércio justo da The Body Shop®, que atualmente compra 24 ingredientes para elaboração de seus produtos e mais de 25 acessórios e, agora, plástico reciclado, de 31 comunidades presentes em 23 países.

O programa de Comércio com Comunidades da The Body Shop® analisa os custos reais e justos da produção, ao contrário da prática que usa o poder do comprador para reduzir os preços em negociações convencionais. O preço pago por essas matérias-primas permite que as comunidades se desenvolvam social e economicamente, dando perspectiva de futuro às famílias com histórico de marginalidade social.

A Plastics For Change desenvolveu um processo de negócio e uma plataforma móvel para criar mercados para os plásticos reciclados e revitalizar a infraestrutura de reciclagem. A plataforma cria transparência e responsabilidade através da cadeia de fornecimento para garantir que aqueles na base, os catadores, recebam um preço justo para o plástico que eles coletam. Apoiar esses trabalhos dignos e aumentar as taxas de reciclagem beneficia a todos na cadeia de suprimentos.

No caso da parceria com a Plastics For Change, apenas no seu primeiro ano, a The Body Shop comprará 250 toneladas de plástico reciclado do programa de Community Trade para usar em quase 3 milhões de frascos de 250ml de produtos para cabelos até o final de 2019. Isso marca o início de uma meta mais ampla, que é introduzir o plástico reciclado em todas as embalagens PETs usadas pela The Body Shop no próximo triênio.

Pelos próximso três anos, o programa aumentará as compras para mais de 900 toneladas de plástico reciclado do projeto e ajudará a capacitar até 2.500 catadores em Bengaluru, na Índia. Até 2030, a expectativa é de que todos os produtos da The Body Shop tenham embalagens feitas de plástico reciclado.

A The Body Shop e a Plastics for Change trabalharão ao lado de parceiros locais, como a Hasiru Dala, organização não-governamental que luta pelos direitos dos catadores, e a Hasiru Dala Innovations, uma empresa social dedicada a criar oportunidades essenciais de emprego para catadores.

Os catadores receberão um preço justo pelo seu trabalho, uma renda previsível, acesso a melhores condições de trabalho, ajuda para acessar serviços como educação, empréstimos financeiros e serviços de saúde, além do respeito e reconhecimento que merecem.

A Hasiru Dala já auxiliou 400 jovens a obterem empréstimo de educação do governo central e emtiu 8 mil identidades para os trabalhadores. Além disso, 1800 famílias conseguiram obter seguro saúde a partir de negociações da organização com o governo.

"Como empresa, sempre tivemos a convicção de defender nossos princípios quando se trata de ajudar a capacitar pessoas, especialmente mulheres, que protegem nosso planeta. Nossa nova parceria com a Plastics for Change e nossos outros parceiros não apenas ajudará os catadores de materiais recicláveis, mas também defenderá o plástico como um recurso valioso e renovável quando utilizado de maneira responsável", aponta Lee Mann, Gerente Global de Comércio Comunitário da The Body Shop.

Cerca de 15% do plástico reciclado proveniente da comunidade indiana será utilizado nos frascos de 250 ml para produtos de cabelos, incluindo o Shampoo Ginger, que tem cerca de uma garrafa vendida a cada quatro segundos (a embalagem contêm 100% de plástico reciclado (excluindo as tampas das garrafas). Os demais são oriundos fontes europeias

"A reciclagem de plástico é uma importante fonte de renda para 1% da população urbana mais marginalizada do mundo e estamos incrivelmente entusiasmados por fazer parceria com a The Body Shop e outras organizações para ajudar esses grupos a obter os benefícios sociais e financeiros que eles merecem. Este é o primeiro programa mundial de coleta de plástico para reciclagem", comenta Andrew Almack, CEO da Plastics for Change.

COMMUNITY TRADE RECICLA PLÁSTICO DE BENGALURU, ÍNDIA

A Índia conta com 1,5 milhão de catadores que coletam e classificam mais de 6 mil toneladas de plástico todos os dias. A maioria dos catadores da Índia não têm visibilidade social. Eles são vulneráveis à discriminação, às más condições de vida e de trabalho e a um sistema de pagamento imprevisível para o plástico que eles coletam.

"Eu venho pegando lixo há 30 anos, desde criança. Essa é uma indústria realmente difícil e exigente fisicamente. Os catadores enfrentam todos os tipos de dificuldades, incluindo assédio, pagamentos atrasados e problemas de saúde. No entanto, através da coleta seletiva, consegui criar uma família e meus filhos tiveram acesso à faculdade. Estou muito orgulhosa do que faço, acredito que temos um papel muito importante para manter as cidades limpas e ajudar a reciclar a enorme quantidade de resíduos plásticos que a sociedade produz", comenta Annamma, ex-catadora e atual Gerente do Centro de Coleta de Resíduos Secos, em Bengaluru.

"Criamos Hasiru Dala e Hasiru Dala Innovations com o objetivo de dar aos catadores uma identidade formal em Bengaluru para capacitá-los a lutar por seus direitos e obter um lugar justo na sociedade. Essa parceria com a The Body Shop e a Plastics for Change é outro enorme salto ao reconhecer o trabalho incansável que os catadores realizam todos os dias, apesar de enfrentarem tantos desafios", conta Nalini Shekar, co-fundador e Diretor Executivo da Hasiru Dala.

SOBRE A THE BODY SHOP

Fundada em 1976 em Brighton, Inglaterra, a The Body Shop® é uma marca inglesa de cosméticos naturais que procura fazer a diferença positiva no mundo produzindo produtos para o corpo, rosto e fragrâncias de forma ética e sustentável. A The Body Shop® foi pioneira na filosofia de que os negócios podem ser uma força para o bem e essa missão continua sendo a força central da marca. A The Body Shop® conta com 3 mil lojas em 66 países e, junto com a Aesop e a Natura, integra o Natura & Co, grupo de cosméticos global, multicanal e multi-marca, que se compromete a gerar impacto econômico, social e ambiental positivo em todo o mundo.

SOBRE A PLASTICS FOR CHANGE

A Plastics For Change permite que marcas e fabricantes globais obtenham plástico reciclado de alta qualidade de cadeias de suprimentos responsáveis. A empresa é verificada pela Organização da Organização Mundial do Comércio Justo. Sua plataforma móvel e processo de negociação proporcionam aos catadores acesso a oportunidades justas e consistentes de renda. Desenvolveu uma plataforma de fornecimento ético para criar meios de subsistência sustentáveis, enquanto faz a transição da indústria para uma economia circular.

Semelhante à agricultura de comércio justo, a plataforma cria transparência e prestação de contas desde a base da cadeia de suprimentos até a prateleira da loja. Isso resulta em cadeias de valor compartilhado mais eficientes e plástico reciclado de melhor qualidade. A Plastics for Change fornece expertise para ajudar a catalisar marcas e fabricantes a substituir o uso de plástico novo por plástico reciclado de origem ética, melhorando assim imediatamente o impacto social e ambiental de seus produtos e cumprindo a legislação de Responsabilidade Estendida do Produtor.

SOBRE HASIRU DALA & HASIRU DALA INNOVATIONS

Hasiru Dala é uma organização de impacto social com foco em garantir a justiça social para os catadores. Feito de forma colaborativa com os catadores nas áreas de: direitos de identidade, acesso à educação familiar, saúde, moradia e pensão, desenvolvimento de habilidades, acesso ao mercado e emprego, e defesa de políticas multicamadas. Hasiru Dala trabalha com comunidades nos distritos de Bengaluru, Mysuru, Chamrajnagar, Chikkamanguluru e Coorg e é um membro-âncora da Aliança para os Catadores de Lixo Indianos (AIW).

A Hasiru Dala Innovations é uma empresa social com fins lucrativos voltada para a criação de melhores meios de subsistência para os catadores por meio de empresas inclusivas que tenham impacto ambiental. Atualmente, oferece serviços de gerenciamento e agregação de resíduos para garantir preços equitativos e justos para os catadores. A empresa aproveita o espírito de empreendedorismo dos catadores e permite que eles se integrem à economia tradicional com o objetivo final de ajudá-los à se tornarem independentes.

SOBRE A ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DO COMÉRCIO JUSTO (WFTO)

A WFTO verifica e promove empresas sociais que adotaram plenamente o Community Trade. Seus membros obtêm o status de Empresas de Comércio Justo Garantidas e estão espalhados por 76 países. Essas empresas são lideradas pela missão de colocar os interesses dos trabalhadores, agricultores e artesãos em primeiro lugar. Coletivamente, essas empresas sociais beneficiam quase um milhão de pessoas.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário
Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::