Brasil, 17 de Dezembro de 2018

+ F O N T E -

Saúde Ocular: Como identificar problemas nos pets?

As doenças oculares podem ser prevenidas, evitando a cegueira e a perda da qualidade de vida do animal de estimação

A prevenção é a melhor forma de evitar que um cão ou gato fique doente, e isso inclui cuidar muito bem dos olhos dos pets. Remover as remelas e consultar o veterinário oftalmologista são bons exemplos de manter a saúde ocular.
A cegueira é o principal medo dos tutores quando se fala nesse assunto. Porém, ela é apenas um dos sintomas de uma série de doenças que pode acometer o animal.

No geral, quando o animal fica cego, o problema já está em um estágio avançado, mas muitas vezes ainda pode ser revertido. Por isso, é importante saber como identificar os sinais de que algo não vai bem o mais rápido possível.
Algumas doenças realmente são assintomáticas nos primeiros estágios, mas um bom tutor pode notar comportamentos estranhos no bichinho de estimação desde o início, como bater a cabeça nas paredes ou coceira demasiada na região dos olhos.
Confira como identificar algumas das doenças oculares mais frequentes em pets para levá-lo a um veterinário oftalmologista, que irá ajudar o animal a manter a sua qualidade de vida mesmo em casos graves:

Conjuntivite
A conjuntivite é uma doença caracterizada pela inflamação da conjuntiva, uma membrana externa que recobre o globo ocular. As causas variam e vão desde ciscos nos olhos e falta de lubrificação na região até a uma grave lesão na córnea.
Quadros de conjuntivite em animais de estimação fazem com que os olhos lacrimejam muito e ganhem uma coloração avermelhada, sintomas típicos dessa doença.
O incômodo da inflamação pode fazer com que o animal apresente coceira na região e passe a piscar demais ou a manter os olhos mais fechados. Além disso, remelas abundantes – que podem ter coloração branca, amarela ou verde – aparecem em volta dos olhos.
Na maioria dos casos, a doença é simples de ser tratada, com colírios ou anti-inflamatórios. Porém, dependendo da causa, complicações podem ocorrer afirma o veterinário Cauê Toscano da Vet Quality Centro Veterinário 24h.

Glaucoma
Essa enfermidade é caracterizada pela hipertensão ocular, que compromete o nervo óptico e a retina. Trata-se de um problema de saúde que começa por causas genéticas ou como doença secundária relacionada a outras enfermidades, como diabetes.
O principal perigo é que, quando não tratado, o glaucoma pode prejudicar a visão, deixando o animal cego nos casos mais graves. O risco é ainda maior porque nos seus primeiros estágios, o glaucoma não apresenta sintomas.
Porém, conforme o desenvolvimento da doença avança, é possível notar dilatação da pupila, vermelhidão nos olhos e perda progressiva de visão.

Catarata
A catarata é mais uma das doenças oculares que pode levar à cegueira. Ela causa uma opacificação do cristalino, que vai obstruindo a visão do pet parcial ou completamente.
A doença pode surgir como consequência de outras enfermidades, por questões genéticas ou se desenvolver de maneira espontânea.
Na maioria dos casos ela surge nos animais que têm entre 6 a 9 anos de idade. Se o olho do animal de estimação está ficando esbranquiçado, pode ser um sinal de catarata, neste caso é possível evitar danos e recuperar a visão do animal no início da doença.

Úlcera
A úlcera é uma lesão na córnea. O problema pode ser causado por um trauma, como um acidente ou uma queda, pela presença de um objeto estranho no olho ou pela falta de lubrificação natural na região.
Em seu primeiro estágio, ocorre apenas uma irritação dos olhos e a enfermidade ainda recebe o nome de ceratite. A evolução do quadro, com agravamento do ferimento, se torna uma úlcera.
As raças de cães braquicefálicas, como os Pugs, Shih Tzu e Buldogue Francês, e os gato Persa, com narizes curtos e olhos saltados, têm mais chances de sofrer com a doença.
Os sintomas que caracterizam a doença são dor, piscadas constantes, lacrimejamento e secreções. Além disso, o animal pode sofrer com a exposição à luz.
O tratamento pode ser feito com colírios, antibióticos, anti-inflamatórios e analgésicos. O veterinário oftalmologista pode receitar também o uso de um colar protetor para evitar que o animal coce a região e piore o ferimento.

Consulta com veterinário oftalmologista está entre os cuidados
Para evitar que o pet sofre com essas doenças, invista nos cuidados diários e periódicos que os animais precisam para que seus olhos estejam sempre saudáveis:
– Mantenha o local que o animal vive limpo. Fazer a limpeza e arejar o espaço são fundamentais para evitar poeiras, ácaros e bactérias que podem desencadear diversas doenças, inclusive na região ocular.
– Confira os produtos de limpeza. Alguns componentes químicos podem causar alergia no animal. O ideal é apostar em produtos naturais e manter o pet longe durante o uso.
– Na hora do banho e da tosa, use apenas shampoos feitos para os peludos. Proteger os olhos durante o banho e aparar os pelos que ficam próximo dessa região vão evitar traumas e contato com pequenas partículas que podem irritar.
– Não deixe de fazer consultas regulares com um veterinário especializado na saúde ocular dos animais de estimação. Elas são muito importantes para prevenir e diagnosticar todos os tipos de doenças que afetam a visão.


Publicidade

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

ADICIONE SEU COMENTÁRIO..::
Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


voltar ao topo