Brasil, 18 de Setembro de 2018

+ F O N T E -

Sem abrir mão da tecnologia empresa de crédito e cobrança aposta em atendimento mais humanizado para seus clientes

Segundo pesquisa, 82% dos entrevistados preferem ser atendido por humanos, somente máquinas não atendem plenamente suas expectativas

Atualmente falamos muito no avanço tecnológico ocorrido nos últimos anos, e sem sombra de dúvidas, quando comparamos a tecnologia utilizada há vinte anos com o que temos à nossa disposição hoje em dia, a diferença é absurda. Essa transformação digital trouxe grandes mudanças para o mercado, fazendo com que as pessoas se mantenham mais conectadas e informadas. Isso afeta de maneira direta diversos setores, entre eles o de cobrança.

Muitas empresas do segmento pensando em agilizar o atendimento, recorrem à utilização de chatbot – programa de computador que tem como objetivo simular um ser humano durante uma conversação com pessoas.

O que poderia ser uma solução positiva para essas companhias, muitas vezes acaba se tornando um problema. Segundo pesquisa feita no ano passado pela Amdocs – uma das principais fornecedoras de softwares e serviços para empresas de comunicação e mídia – os famosos chatbots não atendem plenamente às expectativas dos consumidores.

Para Claudio Isibara, gerente de tecnologia da informação do Grupo KSL, o atendimento digital é uma tendência mundial, “hoje o cliente quer ser atendido quando e como ele quiser. Pensando nisso, é importante oferecer ao consumidor meios para que ele possa escolher a forma como quer ser atendido”.

Focar em inovações tecnológicas é fundamental para as empresas, mas é importante estar atento à humanização do atendimento, isso porque de acordo com os dados, 82% dos entrevistados preferem ser atendido por um humano do que uma máquina, pois os bots por mais modernos que sejam, nem sempre conseguem resolver os pedidos mais complexos ou prover soluções personalizadas.

“Nós acreditamos que o cliente não precisa escolher entre tecnologia de ponta ou atendimento humano, mas que ambos devem caminhar juntos, ou seja, é importante integrar ferramentas tecnológicas de ponta com atendimento humanizado”, afirma Isibara. Para suprir essa necessidade, a empresa possui uma equipe interna que é responsável por todo parque tecnológico, especialmente para o desenvolvimento de sistemas.

Para o gerente é importante ressaltar que é preciso aliar todos os recursos tecnológicos com a expertise dos colaboradores para que seja desenvolvida uma metodologia de trabalho que possa gerar bons resultados para ambas as partes.

Toda a infraestrutura da KSL, por exemplo, é personalizada, desde o sistema utilizado até as equipes de trabalho, levando em consideração as características individuais de cada empresa atendida.

Essa preocupação em ter uma parceria de sucesso e um canal de contato direto com o cliente rendeu à marca o Selo de Qualidade da IGEOC 2017. Essa certificação foi criada pelo Instituto GEOC através da parceria com as Fundações Getúlio Vargas e Carlos Alberto Vanzolini, e tem como principal objetivo instituir padrões de excelência no setor de recuperação de crédito.

“O mercado de tecnologia já evoluiu bastante, porém, estar atento às reais necessidades e expectativas do cliente é de extrema importância para garantir a sua satisfação e consequentemente alcançarmos os resultado esperados por nossos contratantes. No mercado de cobrança, conseguimos melhores resultados com o atendimento humano”, finaliza Claudio.

Hoje, o atendimento online receptivo da KSL Associados, representa cerca de 40% dos trabalhos na empresa. A revolução digital é um caminho sem volta, por isso, é importante que as empresas estejam alinhadas às novas tendências do mercado, mas sem esquecer de priorizar a individualidade do cliente.

Sobre a KSL

Com mais de 20 anos no mercado, a KSL Associados atua no segmento de crédito e cobrança, contribuindo para o desenvolvimento de um do setores que mais cresceu nos últimos anos. Inicialmente atuando exclusivamente na área de cobrança, especialmente amigável, a empresa cresceu e se desenvolveu atuando assim, em todos os pontos de contato com o cliente.


Publicidade

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

ADICIONE SEU COMENTÁRIO..::
Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


voltar ao topo