Brasil, 20 de Julho de 2018

+ F O N T E -

Você não sabe, mas pode estar trabalhando ao lado de um artista da música

Intérpretes famosos como Fábio Júnior, Leandro, Luciano (da dupla com Zezé Di Camargo) antes de chegarem ao estrelato tinham ocupações tidas como normais, o que demonstra que um grande talento musical pode estar em qualquer lugar, num escritório, atrás de um balcão, numa sala de aula ou numa obra

Fábio Júnior, antes de ser um cantor romântico de sucesso trabalhou como entregador de jornais; já Luciano, da dupla com Zezé Di Camargo, foi engraxate; Leonardo, antes de estourar nas paradas de sucesso fazendo dupla com o irmão Leandro, plantava tomates; o saudoso Renato Russo, antes de liderar sua Legião Urbana, deu aulas de inglês; o sertanejo João Paulo, que fez dupla com o cantor Daniel, foi pedreiro. Ao relembrarmos, neste 13 de julho, Dia do Cantor, as antigas ocupações desses famosos intérpretes percebemos que um grande talento musical pode estar em qualquer lugar.

O canteiro de obras tem sido, por enquanto, o principal palco do carpinteiro Adilton Ramos do Bonfim, 44 anos, operário da Consciente Construtora e Incorporadora. Fã da dupla Milionário e José Rico, o trabalhador diz que aprendeu a tocar violão sozinho, lendo revistas musicais vendidas em bancas, e deixa claro que gosta mesmo é do chamado “modão sertanejo”.

Adilton atua há 20 anos como carpinteiro e se dedica a música há 15. Na obra em que trabalha ele é bastante conhecido e nas festas de confraternização da empresa é sempre a grande atração musical. O carpinteiro revela que não sabe o que seria da sua vida sem a música. “A música representa muito para mim. É mais que um hobby. Ela é minha companhia. Em todos os momentos eu ouço e, quando posso, canto e toco”, finaliza

Um sambista na obra

Conhecido como Edmundo Aragão, devido a sua semelhança física e de timbre de voz com o famoso sambista Jorge Aragão, o gestor de obras Edmundo Mendes, 60 anos, também tem o canteiro de obras como um dos seus palcos. Ele trabalha oito horas por dia na supervisão de uma obra de ampliação da rede de esgoto da Elmo Engenharia na cidade de Iporá, oeste do estado, mas a paixão pela música é tão grande que, ao invés de descansar, nos fins de semana ele prefere se dedicar ao hobby, que já se tornou uma segundo profissão. Edmundo Toca em barzinhos da cidade, interpretando samba e MPB. No fim de ano ele é atração garantida nas festas de confraternização da empresa onde trabalha há 35 anos.

Ele destaca que a música é muito mais que diversão ou um hobby. “Ela é quase tudo. É meu sonho”, revela o cantor que há 30 anos investe tempo e dedicação em sua arte musical. “Se eu tivesse, de fato, chance no mercado musical é claro que abraçaria a música com todo o meu empenho, mas a carreira de cantor no Brasil é muito difícil e concorrida. Tem muita gente boa buscando oportunidade todos os dias”, diz Edmundo

Paixão pela música passada de pai para filho

O auxiliar de escritório no departamento de patrimônio, marketing e suprimentos da FR incorporações, Carlos Henrique Barroso, 18 anos, aprendeu a tocar e cantar antes dos 8 anos de idade com o pai, que também tem a música como hobby. Por meio da internet, o jovem aperfeiçoou suas habilidades com tutoriais de instrumentos e canto.

Ele diz que uma carreira profissional nessa área é um dos seus grandes sonhos. “Não sou profissional, infelizmente, gostaria de seguir carreira e tudo mais, mas faltam oportunidades. A música pra mim, por enquanto, tem sido mais para o lazer mesmo. Toco e canto em alguns eventos e missas na igreja, na qual participo, e em reuniões de família e amigos e até em aniversários. Apesar de ser muito fã do sertanejo Gusttavo Lima, Carlos Henrique diz seu gosto pela música é bastante eclético. “Gosto de tudo, rock nacional, MPB, reggae, mas o que mais toco é sertanejo”, diz o auxiliar de escritório.

A espera de uma oportunidade

Cantor de finais de semana, como ele mesmo se intitula, o administrativo de obras da Toctao Engenharia, Diego Freitas, 27 anos, tem se dedicado à música há 14 anos e conta que já participou de shows de calouros no Piauí, seu Estado de origem. Fã da dupla Bruno e Marrone, Diego revela que aprende tudo sozinho, canto, violão.

“Nunca fiz um show, mas espero essa oportunidade. Tenho cantado em festas de final de semana e aniversários de amigos. Espero que meu próximo passo, seja a festa de confraternização da empresa”, confessa. Apesar de ser fã de Bruno e Marrone, diz que Diego diz que acha seu timbre de voz parecido com o da dupla Zé Neto e Cristiano - que é um dos sucessos do momento.

Vida dupla

O engenheiro civil da Dinâmica Engenharia, Marcello Coelho Caixeita e Silva, 30 anos, divide seu tempo entre a música e as obras. Vocalista da Banda Cromados, formada por ele e pelo médico cirurgião Filipe Dias, Marcello é cantor de Pop Rock nacional e internacional. Entre as inspirações do cantor estão as bandas O Rappa, Skank e os cantores Nando Reis e Zeca Baleiro.

Com a Banda Cromados, Marcelo se apresenta em bares e faz eventos particulares como chá bar, festas de casamento e de aniversário. Para aprimorar o talento nato, o cantor revela que fez aulas de canto e violão. Segundo ele, a música tem um papel muito importante em sua vida. “A música é meu hobby profissional. É aquilo que me relaxa e que extravasa as tensões”, finaliza.


Publicidade

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

ADICIONE SEU COMENTÁRIO..::
Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


voltar ao topo