Brasil, 22 de Junho de 2018

+ F O N T E -

Conceito de pay per use avança na indústria tornando fábricas mais produtivas com menor custo

Produtos e serviços, como robôs e softwares por locação, chegam às indústrias brasileiras com promessa de redução de custo e melhora na produtividade totalmente conectados à indústria 4.0

O conceito de pay per use (pague pelo uso, em tradução livre) chega às fábricas brasileiras como opção para melhora na produtividade e economia com gastos em máquinas e equipamentos. A Pollux, empresa de tecnologia industrial, já oferece o conceito de robô por locação desde 2014 e viu sua divisão Digital e Robotics dobrar de tamanho em 2017. Atualmente, a empresa já tem mais de 150 robôs colaborativos em operação no Brasil, sendo 78% em grandes companhias e 22% em pequenas e médias. O setor automotivo é o mais adiantado, representando 49% dos clientes da Pollux, seguido de bens de consumo com 29%, as outras indústrias representam 22%.

A empresa tem apostado no conceito pay per use como prática para maximizar o capital de giro dos clientes, favorecendo que adaptem seus gastos de acordo com a operação. O modelo de negócio de pagar pelo uso tem sido adotado em larga escala em diferentes modalidades de serviços, em condomínios, hospedagens, meios de transporte e agora chega com impulso na indústria como tendência mundial.

Nesse modelo de aluguel, a Pollux oferece tanto os robôs colaborativos fixos, como os robôs móveis autônomos (AMR) – uma evolução dos AGVs -, muito procurados para a logística interna. Para conectar essas tecnologias, a empresa apresenta, também no modelo de locação, softwares industriais que conectam máquinas, equipamentos e pessoas, com integração da tecnologia operacional (TO) à tecnologia da informação (TI).

“Com a aplicação de Internet Industrial (IIoT) podemos colocar softwares industriais rodando na nuvem, conectando linhas de produção, colocando inteligência na gestão de dados e melhorando a eficiência operacional de todo o chão de fábrica, reduzindo em 20% o índice de atividades que não agregam valor”, comenta o CEO da Pollux, José Rizzo.

Para as indústrias é fundamental contar com tecnologias disruptivas com um investimento menor, sobretudo no que diz respeito à manutenção. Ao contratar os serviços por locação da Pollux, a empresa oferece um time que faz análises preditivas e manutenções. “Nós conectamos toda a linha de produção com a integração de softwares, sensores e robôs, que coletam dados e os enviam para que seja feita a melhor gestão dessas informações, como controle de estoque e da logística dos itens na linha”, afirma o CEO.

“A Pollux é uma empresa de tecnologia industrial que tem a inovação como seu principal valor. Nosso propósito é aumentar a competitividade da indústria através de soluções que tornem as fábricas mais produtivas, eficientes, econômicas e inteligentes, permitindo que nossos clientes vençam em um cenário global cada vez mais acirrado”, finaliza Rizzo.

Sobre a Pollux

Fundada há 20 anos, a Pollux é a empresa de tecnologia industrial mais inovadora do Brasil, com mais de mil projetos implementados. O propósito da empresa é aumentar a competitividade da indústria por meio de soluções de Manufatura Avançada, Robótica Colaborativa e Internet Industrial para tornar as fábricas mais produtivas, eficientes e inteligentes, favorecendo que a indústria vença em um cenário global cada vez mais acirrado. Para mais informações, acesse: pollux.com.br


Publicidade

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

ADICIONE SEU COMENTÁRIO..::
Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


voltar ao topo

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::