TOKIO MARINE SEGURADORA

Redução do imposto sobre remessas internacionais é fundamental para o setor de viagens e eventos

  • Escrito por  FecomercioSP
  • Publicado em Seguros
  • Imprimir

Redução do imposto sobre remessas internacionais é fundamental para o setor de viagens e eventos

Para a FecomercioSP, diminuição do IRRF é necessária para manter e permitir a competitividade do setor e permitir a expansão dos modelos de negócios e o avanço das vendas

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), por meio do Conselho Executivo de Viagens e Eventos Corporativos (CEVEC), comemora a nova Medida Provisória 713, assinada na última terça-feira (1º de março) pela Presidente Dilma Rousseff, que estabelece a alíquota de 6% de imposto sobre remessas ao Exterior para pagamento de viagens de turismo, negócios, serviços, treinamento ou missões oficiais.

Para o CEVEC, a redução é fundamental para a sustentabilidade econômica do setor de viagens e eventos. A decisão demonstra a sensibilização e o reconhecimento por parte do governo perante o segmento, que é um dos principais responsáveis pelo crescimento do PIB.

O imposto, cuja alíquota de 25% (que chegava a 33% com todos os encargos previstos) estava em vigor desde 1º janeiro de 2016, atingia diretamente as operadoras e agências de viagens, gerando impactos socioeconômicos consideráveis e colocando em risco todo um segmento importante desta cadeia produtiva. Segundo o CEVEC, a diminuição do IRRF é necessária para manter a competitividade do setor e permitir a expansão dos modelos de negócios e o crescimento das vendas. A MP propõe a extensão do benefício até 31 de dezembro de 2019, e precisa ser transformada em lei pelo Congresso Nacional.

Sobre o CEVEC

O Conselho Executivo de Viagens e Eventos Corporativos (CEVEC) tem como missão gerar inteligência de mercado, buscando a transversalidade e a sustentabilidade do setor de viagens, turismo e eventos corporativos. O objetivo é debater temas relevantes e de impacto para as empresas do segmento. Composto por um comitê executivo, um conselho consultivo e grupos de trabalho temáticos - que serão formados por profissionais representativos do setor - o CEVEV é presidido por Viviânne Martins, que também é diretora da Academia de Viagens Corporativas, escritora, palestrante e presidente do Conselho da ALAGEV (Associação Latino Americana de Gestores de Eventos e Viagens Corporativas).

Sobre a FecomercioSP

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) é a principal entidade sindical paulista dos setores de comércio e serviços. Congrega 157 sindicatos patronais e administra, no Estado, o Serviço Social do Comércio (Sesc) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). A Entidade representa um segmento da economia que mobiliza mais de 1,8 milhão de atividades empresariais de todos os portes. Esse universo responde por 11% do PIB paulista - aproximadamente 4% do PIB brasileiro - e gera 5 milhões de empregos.

------------------------------------------------------------------------------------

Segs.com.br valoriza o consumidor e o corretor de seguros

 

Compartilhar::
Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo