A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Presidente do CVG-SP fala aos corretores sobre oportunidades dos seguros de pessoas

  • Escrito por  CVG-SP /Texto: Márcia Alves / Fotos: Antranik Photos
  • Publicado em Seguros
  • Imprimir

Dilmo B. Moreira falando sobre as oportunidades Dilmo B. Moreira falando sobre as oportunidades

O presidente do CVG-SP, Dilmo Bantim Moreira, compôs o grupo de lideranças do mercado de seguros paulista convidado pelo Clube dos Corretores de Seguros de São Paulo (CCS-SP) para analisar o cenário político e econômico atual e discutir saídas para a crise. O encontro aconteceu dia 7 de junho, no Circolo Italiano, com a participação de associados do CCS-SP, autoridades e convidados. “Precisamos definir um rumo, porque o cenário atual está muito complicado”, disse o mentor do CCS-SP, Adevaldo Calegari.

Em sua participação, Dilmo Bantim Moreira, indicou aos corretores de seguros o segmento de seguros de pessoas como opção rentável. Ele destacou que a previdência privada será a alternativa mais viável no futuro para complementar a renda da população no período de aposentadoria, ou, talvez até, a única opção, considerando o estado de insustentabilidade da Previdência Social. A agravante, em sua avaliação, é a longevidade dos brasileiros.


Dilmo B. Moreira e Adevaldo Calegari

“Hoje, já somos um país com população preponderante de mais de 50 anos. As pessoas estão vivendo mais e se aposentarão mais velhas, mas o Estado não terá mais como se autossustentar, pois a taxa de natalidade também está caindo. Portanto, a aposentadoria terá de ser a privada”, disse. De acordo com Dilmo B. Moreira, a população deve se preparar desde já, investindo em previdência privada. “A crise gera oportunidade também para a mudança de atitude. Temos de convencer a população a pensar em como se proteger no futuro, dada a falta de recursos do sistema previdenciário e de atendimento à saúde”, disse.

Aos corretores, ele indicou, ainda, as oportunidades de ganhos com os novos produtos que em breve chegarão ao mercado, como o PBGL Saúde, que servirá para custear o plano de saúde na fase da aposentadoria. “O sistema público não terá recursos para amparar a atual massa no futuro. Então, está na hora de os corretores oferecerem aos seus clientes de seguro automóvel ou de empresarial os produtos de seguro de vida, seguro saúde, previdência privada e a capitalização. Esta última, inclusive, serve até para garantir pagamento de aluguel, além de ser um estímulo à poupança”, disse.

O presidente do Sincor-SP, Alexandre Camillo, que também compôs o grupo de lideranças do setor, observou que a corretagem de seguros está passando por um período de transição para a entrada em um novo ciclo, em que terá de se adaptar às mudanças. Outros segmentos, segundo ele, já atravessaram situação semelhante, como o de agências de viagens, cuja atividade passou a ser realizada pela internet e, ainda, os taxistas, que enfrentam a concorrência do aplicativo Uber.

“Precisamos parar de sofrer, encarar o problema e nos adaptar”, disse. Camillo lembrou os questionamentos que recebeu, no início de sua gestão, por levantar a bandeira do empreendedorismo. “Quando iniciamos esse conceito, não imaginávamos que passaríamos por essa crise. Hoje, vemos o quão foi e é muito oportuno”, disse.

No encerramento do encontro, Calegari observou que o país já atravessou crises piores, como na época do governo Sarney em que a inflação atingiu 86,4%, e que o mercado de seguros sobreviveu a todas. “Saímos de uma participação de 0,7% no PIB para mais 6%, atualmente”.

Ele afirmou que, por isso, o CCS-SP propôs ao mercado refletir sobre a importância do seguro para a população. “Não existe instrumento no mundo que possa substituir uma apólice de seguro no momento em que uma vida é ceifada ou uma indústria pega fogo. Não tenho dúvida, vamos superar esse momento”, disse.

Compartilhar::
Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo