TOKIO MARINE SEGURADORA

O papel do líder na cultura organizacional

  • Escrito por  PLANIN - Assessoria de Comunicação da Caldwell Partners
  • Publicado em Seguros
  • Imprimir

Magui Castro, sócia da The Caldwell Partners no Brasil Magui Castro, sócia da The Caldwell Partners no Brasil

Muito se comenta a respeito da cultura organizacional das companhias de sucesso. Caracterizado pelo conjunto de hábitos e valores compartilhados por todos os membros da organização, esse conceito tem se tornado nos últimos tempos um dos traços mais cobiçados pelas empresas que querem alcançar bons resultados e ter sua identidade corporativa reconhecida pelo mercado.

Com isso, companhias de todos os setores estão investindo cada vez mais em criar, manter e aperfeiçoar a cultura de seus escritórios. De acordo com a Harvard Business Review, a cultura organizacional, em conjunto com o trabalho de direção exemplar de seu presidente e em parceria com sua equipe, está profundamente ligada ao bom desempenho de algumas das empresas com melhor performance no mercado.

Mesmo assim, ainda encontramos grandes companhias com culturas e valores pouco definidos – e líderes tentando encontrar caminhos para estabelecê-los. Certamente, o profissional responsável por uma empresa deve pensar na cultura organizacional como uma de suas metas mais importantes dentro da companhia, já que essa condição é um componente crítico para o êxito do negócio.

No entanto, antes que os líderes comecem uma mudança para criar ou atualizar a cultura da empresa, deve-se ter um entendimento definitivo e significativo dos papéis desempenhados por executivos e funcionários.

O desafio de estabelecer valores claros a serem seguidos depende diretamente do líder. Enquanto muitas pessoas veem a cultura como um conceito abstrato, esse executivo deve apontar que, quando se trata de negócios, as diretrizes devem ser abordadas como qualquer outro sistema organizacional – com um conjunto claramente definido de princípios e expectativas.

Sem um quadro estratégico de como seguir e construir esse sistema, as organizações correm o risco de confronto entre subculturas, criando um ambiente propício para desentendimentos e desconexões. Os líderes devem definir e refinar a cultura com uma mão firme. Isso não significa que os executivos precisam ter uma abordagem sem democracia ou, por muitas vezes, com um tom audacioso, mas que devem se certificar de que os quadros culturais estão estrategicamente definidos e claramente comunicados aos subordinados. A cultura não é uma questão de oportunidade, é uma narrativa de negócios cuidadosamente elaborada, e pelo tamanho desta importância, é necessário não deixar que esse processo ocorra sozinho. A atenção e o preparo devem ser redobrados.

Enquanto os líderes devem definir estrategicamente a cultura, cabe a suas equipes aplicar esses valores e visões para a vida cotidiana no escritório. Sem a aceitação dos funcionários, a cultura vai ficar como uma visão projetada e idealizada, no melhor dos casos. As equipes precisam acreditar na cultura e querer aplicá-la em nome da organização.

É importante, portanto, discutir e aprimorar o papel dos líderes na gestão da empresa e estabelecer com a equipe qual é o perfil desejado para os valores definidos. Obviamente, o trabalho das organizações em situar e fundamentar a cultura é árduo e contínuo. Não se deve, neste trajeto, agir com dúvida ou pressa. Mas a busca por valores excepcionais certamente impulsionará o sucesso da companhia.

---------
Segs.com.br valoriza o consumidor e o corretor de seguros

Compartilhar::
Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo