A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Susep vai mudar norma, mas seguro popular já pode ser comercializado

  • Escrito por  c q c s
  • Publicado em Seguros
  • Imprimir
  • Compartilhar::

O superintendente da Susep, Roberto Westenberger, afirmou, na 5º Encontro de Resseguro do Rio de Janeiro, que a autarquia irá “corrigir detalhes” na resolução que regulamenta o seguro popular de automóveis.

Contudo, o produto já pode ser comercializado, desde que alguma seguradora disponibilize um seguro popular seguindo as regras estabelecidas pela Resolução 336/16 do CNSP, publicada no Diário Oficial da União. Assim, os corretores de seguros devem ficar atentos, pois os primeiros produtos podem chegar às prateleiras das empresas do setor em breve.

Até porque, a Susep ainda vai levar algum tempo para analisar e decidir se aceita ou não as sugestões de mudanças apresentadas pela Federação Nacional de Seguros Gerais (Fenseg). Roberto Westenberger admitiu que é quase certa a alteração de pelo menos um tópico criticado pela Fenseg: a restrição ao uso de peças recondicionadas que não sejam originais no conserto de carros envolvidos em acidentes.

A Susep deve acatar o argumento dos seguradores para quem a obrigação do uso de peças originais recondicionadas pode dificultar a popularização do seguro, pois não há no Brasil um número suficiente de empresas regulamentadas para atender o mercado. “Provavelmente teremos que rever essa questão das peças”, disse o superintendente da Susep.

Ele não revela, porém, se será aceita outra proposta da Fenseg, que sugere a comercialização do seguro popular apenas para os donos de veículos com mais de cinco anos de fabricação. “Não sei dizer ainda. Mas, lembro que essa norma passou por consulta publica. Grande parte das propostas foi incorporada ao texto. Estamos revendo. A Susep vai reconsiderar todos os itens que julgar necessários”, comenta Westenberger.

Segundo ele, o mais importante é que o produto possa cumprir o seu principal objetivo. “O seguro popular visa a atender as camadas da população que não podem pagar o produto tradicional. Vamos corrigir o que for preciso”, assinalou Roberto Westenberger.

------------------------------------------------------------------------------------
Segs.com.br valoriza o consumidor e o corretor de seguros

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo