TOKIO MARINE SEGURADORA

Correlação entre os custos e o desempenho do banco de dados 

  • Escrito por  Gerardo Dada/Isis Cerchiari Lima
  • Publicado em Info & Ti
  • Imprimir

Quando pensamos na função de um profissional de banco de dados, costumamos não incluir “economia de custos” na lista de responsabilidades. De fato, provavelmente resumimos a atribuição com algo como, "manter os aplicativos funcionando continuamente".

Embora essa seja uma responsabilidade essencial (especialmente dada a importância dos aplicativos para a empresa moderna e, por sua vez, a importância dos bancos de dados para os aplicativos), os bancos de dados são, de modo geral, incompreendidos e subestimados. O mesmo acontece, com frequência, com os profissionais de bancos de dados.

Talvez se houvesse uma correlação mais claraentre o trabalho dos profissionais de bancos de dados e as finanças, as pessoas prestariam mais atenção. Bem, na verdade, ela existe.

O impacto financeiro de DBAs e bancos de dados

Em termos gerais, existem três maneiras pelas quais os profissionais de bancos de dados podem ter um impacto financeiro direto:

1. O gerenciamento proativo do banco de dados previne o tempo de inatividade – Se o banco de dados para de funcionar, tudo para de funcionar. Um banco de dados lento reduz a produtividade de cada usuário de um aplicativo. Quantas vezes você já ouviu um caixa de banco, recepcionista de hotel ou alguém do atendimento ao cliente dizer, "Lamento, nossos computadores estão um pouco lentos hoje"?

2. Movimentação de cargas de trabalho para alternativas de custos menores – Os profissionais de bancos de dados podem ajudar na transição de aplicativos de sistemas de DBMS com altos custos de licenças para sistemas de custos menores, ou mesmo de código aberto. Embora os custos de licenças representem apenas uma porcentagem do total de custos, no caso de alguns aplicativos, passar de um banco de dados “empresarial” para MySQL ou PostgreSQL pode resultar em uma economia significativa.

3. Melhoria do desempenho do banco de dados – Sim, os profissionais de bancos de dados também podem ter um impacto na saúde financeira de uma empresa ao melhorar o desempenho do banco de dados. Existe uma conexão direta entre os dois, mesmo que muitos ainda não estejam cientes disso.

Os dois primeiros itens mencionados não devem surpreender, mas o terceiro é bem menos compreendido. Vamos discuti-lo mais a fundo.
Melhoria do desempenho do banco de dados para reduzir custos

Para a maioria das empresas de SaaS, por exemplo, uma porcentagem significativa de seus gastos se destina a tecnologias de infraestrutura, geralmente na nuvem. Também sabemos que o componente mais importante de um aplicativo é o banco de dados. Logicamente, também é o menos compreendido.

Quando um aplicativo precisa de mais desempenho, é fácil escaloná-lo na nuvem adicionando mais hardware. Se um banco de dados está enfrentando dificuldades para atender às expectativas do usuário final, com frequência a reação padrão é provisionar um hardware maior e mais rápido. Pode-se adicionar memória, passar para uma instância do banco de dados com maior capacidade de CPU, pagar por IOPS provisionados ou mudar para o armazenamento em SSD. Na nuvem, cada uma dessas alternativas resulta em uma conta mais alta ao final do mês.

Infelizmente, essas decisões costumam ser tomadas sem um conhecimento específico de como isso pode melhorar o desempenho do banco de dados (já que poucas pessoas realmente entendem o que acontece dentro de um banco de dados) e qual é o congestionamento específico que está prejudicando o desempenho. O resultado é o aumento contínuo dos gastos com infraestrutura. A maior parte das empresas aceita esse aumento de custos como parte da condução de uma empresa baseada em tecnologia.

Nessas situações, um profissional de banco de dados pode ser o guru do desempenho, bem como a pessoa que muda o perfil financeiro da organização. Com as ferramentas e informações corretas, ele pode ver o que acontece dentro do banco de dados para direcionar consultas, remover congestionamentos e identificar com exatidão o que está desacelerando um aplicativo. O resultado é um aplicativo mais eficiente que consome menos recursos de infraestrutura e, assim, custa menos para operar, além de representar um investimento mais inteligente em geral.

Uma empresa com esse tipo de abordagem adiciona CPU apenas quando sabe que a CPU é a responsável pelo congestionamento, além de conhecer com exatidão o impacto no desempenho que pode ser esperado do investimento adicional. Da mesma forma, eles somente usam unidades SSD quando sabem que a leitura/gravação no armazenamento representa um fator significativo do desempenho. E assim por diante.

Uma empresa dessas obteve segurança quanto ao desempenho, o que significa que ela conhece o desempenho do sistema, os motivos e determinantes por trás desse desempenho e sabe que o sistema foi otimizado para funcionar em velocidade máxima enquanto consome o mínimo de recursos necessários.

Como você pode ver, na nuvem existe uma conexão clara entre desempenho e recursos, bem como entre recursos e custos. Bem, sabe de uma coisa? A mesma conexão existe no local, mas a maneira como as empresas funcionam geralmente obscurece essa correlação. No entanto, isso não significa que essas oportunidades de economias de custos e disponibilização de recursos para os projetos que realmente precisam deles não existam.

Elas só precisam de um profissional de banco de dados proativo que as encontre e que informe a gerência sobre seu valor.

Compartilhar::
Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo