TOKIO MARINE SEGURADORA

Stefanini e Kitado oferecem plataforma digital de cobrança de dívidas

  • Escrito por  NR-7 Comunicação
  • Publicado em Info & Ti
  • Imprimir

Todo o procedimento acontece on-line, tornando o serviço fácil, rápido e seguro

A Stefanini, uma das mais importantes provedoras globais de soluções de negócios baseadas em tecnologia, e o Kitado, plataforma on-line e gratuita para negociação de dívidas, apostam em uma solução que proporciona um ambiente gratuito, didático e seguro para zerar os débitos com as principais instituições financeiras do país.

O Kitado tem como objetivo modificar a abordagem na cobrança de débitos, proporcionando um ambiente que ajude os brasileiros a saírem das dívidas de forma mais transparente, humana e conveniente. “O diferencial da plataforma está na combinação de tecnologia, dados e estratégia de comunicação que ofereçam uma experiência ao usuário nunca antes vista na indústria de cobranças, desconstruindo o modelo tradicional de ligações telefônicas, que, por vezes, pode constranger o cliente”, afirma Breno Barros, Head of Solution Center & Innovation da Stefanini. A parceria estratégica com o Kitado surgiu da segunda rodada do programa OpenStartups, com o propósito de levar inovação para os diferentes setores da economia.

O processo para liquidar as dívidas pela plataforma é simples: basta o cliente acessar o site do Kitado, selecionar com qual instituição financeira deseja negociar e, após um breve cadastro, o consumidor é direcionado para um canal de atendimento gratuito e on-line, no qual ele poderá escolher as melhores condições para quitar os débitos. São utilizadas avançadas técnicas de CRM e as melhores soluções de interação com clientes no ambiente digital.

Além de um aumento expressivo na recuperação de dívidas, a plataforma é customizada de acordo com o perfil de atuação da empresa. Desse modo, é possível atrair clientes que a empresa não consegue contato pelo modo tradicional - por telefone - e obter não apenas a redução significativa de reclamações, que muitas vezes, se sentem incomodados com cobranças em momentos inoportunos, mas também potencializar elogios e lealdade por parte dos consumidores, que se surpreendem com a sutileza e transparência neste novo processo de negociação.

De acordo com Paulo de Tarso, CEO do Kitado, a plataforma já atende importantes instituições financeiras do País, acumulando mais de 250 mil acordos e um total aproximado de R$ 270 milhões recuperados. Segundo o executivo, com essa nova abordagem é possível recuperar cerca de 10% a 20% dos créditos em um prazo de três meses. “Queremos que o consumidor se sinta à vontade para quitar o débito, recuperar o crédito e voltar a consumir de forma mais consciente, mantendo uma boa relação com os credores”, conclui Tarso.

Na prática:

· Empresa - realiza o upload da lista de devedores na plataforma Kitado.

· Stefanini e Kitado - fazem o uso intenso de ferramentas digitais para encontrar, atrair atenção dos clientes e engajá-los na jornada de reestruturação de suas dívidas.

· Cliente - dá preferência por negociar on-line por meio de interações personalizadas, acessa a página de negociação, especifica a empresa e informa como pretende quitar a dívida.

· Resultados - a negociação é acompanhada on-line e, quando finalizada, os resultados são instantaneamente transmitidos à empresa credora.

Sobre a Stefanini:

A Stefanini (www.stefanini.com) é uma multinacional brasileira com 29 anos de atuação no setor de Serviços em TI. Totalmente verticalizada por segmento de indústrias, a consultoria possui grande expertise no mercado financeiro (atende as dez maiores instituições financeiras do País), telecomunicações, seguradoras e setor público.

Presente em 39 países, sua oferta de serviços abrange Consultoria, Integração, Desenvolvimento de Soluções e Outsourcing para Aplicativos e Infraestrutura; e ainda BPO para processos de negócios. Reconhecida mundialmente, a Stefanini está entre as 100 maiores empresas de TI do mundo (BBC News) e foi apontada como a quinta empresa mais internacionalizada, segundo ranking da Fundação Dom Cabral 2016.

Sobre a Kitado:

O ​Kitado (​www.kitado.com.br​) é uma das principais plataformas online e gratuitas para a negociação de dívidas com mais de 20 instituições financeiras no Brasil. Fundada em 2014, a empresa acumula mais de 250 mil acordos fechados e contabiliza cerca de R$270 milhões recuperados. O objetivo da plataforma é apresentar uma nova abordagem para aproximar o consumidor das credoras. Com o Kitado, é possível aumentar entre 10% e 20% o ticket médio de dívidas pagas, com retorno em até três meses.

Compartilhar::
Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo