TOKIO MARINE SEGURADORA

Programação Janeiro de 2017 - Museu Felícia Leirner e Auditório Claudio Santoro (Campos do Jordão/SP)

  • Escrito por  Núcleo da Notícia Comunicação
  • Publicado em Eventos
  • Imprimir

Programação Janeiro de 2017 - Museu Felícia Leirner e Auditório Claudio Santoro (Campos do Jordão/SP)

Museu Felícia Leirner e Auditório Claudio Santoro

Avenida Dr. Luís Arrobas Martins, nº 1.880

Campos do Jordão – SP

Telefone: (12) 3662-6000


www.museufelicialeirner.org.br

JANEIRO

Visita Educativa

Data: 2/1 a 31/01/2017

A visita educativa contempla aspectos concernentes ao Museu e Auditório, bem como a vida e obra de Felícia Leirner e Claudio Santoro, além de pontuar destaques da natureza local. Interessados de todas as idades poderão participar da ação e adquirir um panorama geral sobre estes dois importantes equipamentos culturais.

Local: Museu Felícia Leirner – Auditório Claudio Santoro (Av. Dr. Luis Arrobas Martins, nº 1.880 – Campos do Jordão/SP)

Horário: às 10h e às 15h

Informações: (12) 3662-6000

Entrada: gratuita

Obs.: o participante pode optar por contribuir com a doação de livros, que serão utilizados no projeto “A Cada Livro Perdido, um Leitor Encontrado” (os materiais devem estar em boas condições de uso. Não serão aceitos livros didáticos e paradidáticos ou materiais considerado agressivos e impróprios para circulação em locais públicos)

 

Férias no Museu

De 2 a 29/1/2017

 

Lendas da Mantiqueira

Data: 2/1/2017

O Museu e Auditório começam o ano contando algumas lendas da região da Serra da Mantiqueira. O público conhecerá e se encantará com histórias de importantes ícones da cultura regional.

Local: Museu Felícia Leirner – Auditório Claudio Santoro (Av. Dr. Luis Arrobas Martins, nº 1.880 – Campos do Jordão/SP)

Horário: às 11h e às 16h

Informações: (12) 3662-6000

Entrada: gratuita

Obs.: o participante pode optar por contribuir com a doação de livros, que serão utilizados no projeto “A Cada Livro Perdido, um Leitor Encontrado” (os materiais devem estar em boas condições de uso. Não serão aceitos livros didáticos e paradidáticos ou materiais considerado agressivos e impróprios para circulação em locais públicos)

 

Jogos Cooperativos

Datas: 3, 10, 17, 24 e 31/1/2017 (todas as terças-feiras)

Os visitantes serão convidados a participar de jogos cooperativos, em que os adversários são substituídos por parceiros. Nessas brincadeiras, o que vale é a união dos participantes e não a competição. Uma oportunidade única de se divertir de uma maneira diferente, aprendendo novas formas de brindar a união e cooperação!

Local: Museu Felícia Leirner – Auditório Claudio Santoro (Av. Dr. Luis Arrobas Martins, nº 1.880 – Campos do Jordão/SP)

Horário: às 11h e às 16h

Informações: (12) 3662-6000

Entrada: gratuita

Obs.: o participante pode optar por contribuir com a doação de livros, que serão utilizados no projeto “A Cada Livro Perdido, um Leitor Encontrado” (os materiais devem estar em boas condições de uso. Não serão aceitos livros didáticos e paradidáticos ou materiais considerado agressivos e impróprios para circulação em locais públicos)

Descobrindo a Natureza

Datas: 4, 11, 18 e 25/1/2017 (todas as quartas-feiras)

Nas férias, os visitantes serão convidados a vivenciar diferentes atividades e interações com o meio ambiente, compreendendo a importância da preservação ambiental e descobrindo maravilhas da natureza.

Local: Museu Felícia Leirner – Auditório Claudio Santoro (Av. Dr. Luis Arrobas Martins, nº 1.880 – Campos do Jordão/SP)

Horário: às 11h e às 16h

Informações: (12) 3662-6000

Entrada: gratuita

Obs.: o participante pode optar por contribuir com a doação de livros, que serão utilizados no projeto “A Cada Livro Perdido, um Leitor Encontrado” (os materiais devem estar em boas condições de uso. Não serão aceitos livros didáticos e paradidáticos ou materiais considerado agressivos e impróprios para circulação em locais públicos)

Brincando com Música

Datas: 5, 12, 19 e 26/1/2017 (todas as quintas-feiras)

Às quintas-feiras, acontece a oficina de Confecção de Instrumentos Musicais a partir de materiais reciclados. Os participantes poderão soltar a imaginação e a criatividade, aprendendo e compartilhando conhecimentos. Ao final, todos participarão de uma roda musical e poderão levar para casa seu instrumento musical.

Local: Museu Felícia Leirner – Auditório Claudio Santoro (Av. Dr. Luis Arrobas Martins, nº 1.880 – Campos do Jordão/SP)

Horário: às 11h e às 16h

Informações: (12) 3662-6000

Entrada: gratuita

Obs.: o participante pode optar por contribuir com a doação de livros, que serão utilizados no projeto “A Cada Livro Perdido, um Leitor Encontrado” (os materiais devem estar em boas condições de uso. Não serão aceitos livros didáticos e paradidáticos ou materiais considerado agressivos e impróprios para circulação em locais públicos)

 

Fazendo Arte de Verdade

Datas: 6, 13, 20 e 27/1/2017 (todas as sextas-feiras)

Na programação, todas as sextas-feiras, o fazer artístico será estimulado com atividades práticas que irão explorar o lado criativo, sensível e visual de cada participante.

Local: Museu Felícia Leirner – Auditório Claudio Santoro (Av. Dr. Luis Arrobas Martins, nº 1.880 – Campos do Jordão/SP)

Horário: às 11h e às 16h

Informações: (12) 3662-6000

Entrada: gratuita

Obs.: o participante pode optar por contribuir com a doação de livros, que serão utilizados no projeto “A Cada Livro Perdido, um Leitor Encontrado” (os materiais devem estar em boas condições de uso. Não serão aceitos livros didáticos e paradidáticos ou materiais considerado agressivos e impróprios para circulação em locais públicos)

 

Curiosos Cordéis

Datas: 8, 15, 22 e 29/1/2017

Os domingos de janeiro serão dedicados a contação de histórias no divertido formato de Cordel. Criados pela equipe educativa do Museu e Auditório, as histórias abordam temas importantes para as instituições. O público terá a oportunidade de conhecer esse gênero literário e histórias muito interessantes sobre Felícia Leirner, Claudio Santoro e a famosa Araucária.

Local: Museu Felícia Leirner – Auditório Claudio Santoro (Av. Dr. Luis Arrobas Martins, nº 1.880 – Campos do Jordão/SP)

Horário: às 16h

Informações: (12) 3662-6000

Entrada: gratuita

Obs.: o participante pode optar por contribuir com a doação de livros, que serão utilizados no projeto “A Cada Livro Perdido, um Leitor Encontrado” (os materiais devem estar em boas condições de uso. Não serão aceitos livros didáticos e paradidáticos ou materiais considerado agressivos e impróprios para circulação em locais públicos)

Oficina de Tinta da Terra

Data: 7/1/2017

Voltada para o público familiar, a oficina vai ensinar os participantes a produzirem uma tinta que não contém produtos tóxicos e não agride o meio ambiente. Após produzirem as próprias tintas, os participantes vão soltar a imaginação criando desenhos, individual ou coletivamente. Além de educativa, a atividade conduzida pela educadora ambiental Ivy Chiarelli* será muito divertida!

*Conheça mais sobre os artistas convidados para a programação.

Local: Museu Felícia Leirner – Auditório Claudio Santoro (Av. Dr. Luis Arrobas Martins, nº 1.880 – Campos do Jordão/SP)

Horário: às 11h

Vagas: 20 pessoas, de acordo com a ordem de chegada

Informações: (12) 3662-6000

Entrada: gratuita

Obs.: o participante pode optar por contribuir com a doação de livros, que serão utilizados no projeto “A Cada Livro Perdido, um Leitor Encontrado” (os materiais devem estar em boas condições de uso. Não serão aceitos livros didáticos e paradidáticos ou materiais considerado agressivos e impróprios para circulação em locais públicos)

 

Oficina de Compostagem Doméstica

Data: 7/1/2017

A atividade será conduzida pela educadora ambiental Ivy Chiarelli* e voltada para toda a família, buscando estimular o desenvolvimento de hábitos saudáveis ligados à preservação do meio ambiente. Na oficina será apresentado o passo a passo da montagem de uma composteira com minhocas, bem como todo o processo de decomposição dos alimentos e reciclagem através da produção de humos e biofertilizante.

*Conheça mais sobre os artistas convidados para a programação.

Local: Museu Felícia Leirner – Auditório Claudio Santoro (Av. Dr. Luis Arrobas Martins, nº 1.880 – Campos do Jordão/SP)

Horário: às 16h

Vagas: 20 pessoas, de acordo com a ordem de chegada

Informações: (12) 3662-6000

Entrada: gratuita

Obs.: o participante pode optar por contribuir com a doação de livros, que serão utilizados no projeto “A Cada Livro Perdido, um Leitor Encontrado” (os materiais devem estar em boas condições de uso. Não serão aceitos livros didáticos e paradidáticos ou materiais considerado agressivos e impróprios para circulação em locais públicos)

Oficina: Cosméticos Naturais

Data: 8/1/2017

A educadora ambiental Ivy Chiarelli* conduzirá a oficina em que serão produzidos dois tipos de cosméticos naturais. Além do apelo pela saúde, bem-estar e cuidados com meio ambiente, a atividade capacitará as pessoas a criarem e venderem seus próprios cosméticos. Ao final da atividade, os participantes poderão levar os cosméticos para casa.

*Conheça mais sobre os artistas convidados para a programação.

Local: Museu Felícia Leirner – Auditório Claudio Santoro (Av. Dr. Luis Arrobas Martins, nº 1.880 – Campos do Jordão/SP)

Horário: às 11h

Vagas: 20 pessoas, de acordo com a ordem de chegada

Informações: (12) 3662-6000

Entrada: gratuita

Obs.: o participante pode optar por contribuir com a doação de livros, que serão utilizados no projeto “A Cada Livro Perdido, um Leitor Encontrado” (os materiais devem estar em boas condições de uso. Não serão aceitos livros didáticos e paradidáticos ou materiais considerado agressivos e impróprios para circulação em locais públicos)

A Música da Natureza e a Natureza da Música

Data: 14/1/2017

Ao explorar a natureza do som, a ação tem o objetivo dar ao público a consciência do ato de ouvir e a confiança necessária para a participação em uma criação sonora coletiva. A vivência tem duração de três horas e propõe quatro diferentes momentos: caminhada pelo museu, explorando os sons da natureza; cocriação musical utilizando voz e corpo (música circular); iniciação instrumental; e roda de improvisação musical. A vivência será conduzida pelo Jam Trio*, formado pelos músicos: Jean-François Daniel, Daniel Moray Luza e Roberto Guimarães. Imperdível!

*Conheça mais sobre os artistas convidados para a programação.

Local: Museu Felícia Leirner – Auditório Claudio Santoro (Av. Dr. Luis Arrobas Martins, nº 1.880 – Campos do Jordão/SP)

Horário: às 11h

Vagas: 35 pessoas, de acordo com a ordem de chegada

Informações: (12) 3662-6000

Entrada: gratuita

Obs.: o participante pode optar por contribuir com a doação de livros, que serão utilizados no projeto “A Cada Livro Perdido, um Leitor Encontrado” (os materiais devem estar em boas condições de uso. Não serão aceitos livros didáticos e paradidáticos ou materiais considerado agressivos e impróprios para circulação em locais públicos)

Show Interativo com o Jam Trio

Data: 14/1/2017

Mesclando bases já criadas e temas inspirados pelo momento, o Jam Trio* de multi-instrumentistas improvisadores, baseado em Santo Antônio do Pinhal, tecerá paisagens sonoras, envolvendo o público em sua viagem sonora e musical. Um microfone e alguns instrumentos serão disponibilizados para que as pessoas participarem da improvisação, tornando-os cocriadores.

*Conheça mais sobre os artistas convidados para a programação.

Local: Museu Felícia Leirner – Auditório Claudio Santoro (Av. Dr. Luis Arrobas Martins, nº 1.880 – Campos do Jordão/SP)

Horário: às 16h

Informações: (12) 3662-6000

Entrada: gratuita

Obs.: o participante pode optar por contribuir com a doação de livros, que serão utilizados no projeto “A Cada Livro Perdido, um Leitor Encontrado” (os materiais devem estar em boas condições de uso. Não serão aceitos livros didáticos e paradidáticos ou materiais considerado agressivos e impróprios para circulação em locais públicos)

Oficina de Colagem: “Quem É Você?”

Data: 15/1/2017

A partir de uma foto tirada no momento da oficina, os participantes construirão uma nova imagem de si mesmos – um autorretrato - desconstruindo a própria face e corpo, acrescentando elementos visuais de forma livre e usando a colagem como recurso de linguagem. A atividade será conduzida pela design e ilustradora Ana Starling*.

*Conheça mais sobre os artistas convidados para a programação.

Local: Museu Felícia Leirner – Auditório Claudio Santoro (Av. Dr. Luis Arrobas Martins, nº 1.880 – Campos do Jordão/SP)

Horário: às 11h

Vagas: 20 pessoas, de acordo com a ordem de chegada

Informações: (12) 3662-6000

Entrada: gratuita

Obs.: o participante pode optar por contribuir com a doação de livros, que serão utilizados no projeto “A Cada Livro Perdido, um Leitor Encontrado” (os materiais devem estar em boas condições de uso. Não serão aceitos livros didáticos e paradidáticos ou materiais considerado agressivos e impróprios para circulação em locais públicos)

Brincadeiras Dançantes para Pais e Filhos

Data: 21/01/2017

A vivência será conduzida pela dançarina Rizzi Tani* e tem como objetivo promover um momento de troca qualitativa entre pais e filhos. Através de brincadeiras dançantes e jogos lúdicos, será criado um espaço de conexão entre os participantes, onde a alegria e a diversão terão papéis de destaque.

*Conheça mais sobre os artistas convidados para a programação.

Local: Museu Felícia Leirner – Auditório Claudio Santoro (Av. Dr. Luis Arrobas Martins, nº 1.880 – Campos do Jordão/SP)

Horário: às 11h

Vagas: 30 pessoas, de acordo com a ordem de chegada

Informações: (12) 3662-6000

Entrada: gratuita

Obs.: o participante pode optar por contribuir com a doação de livros, que serão utilizados no projeto “A Cada Livro Perdido, um Leitor Encontrado” (os materiais devem estar em boas condições de uso. Não serão aceitos livros didáticos e paradidáticos ou materiais considerado agressivos e impróprios para circulação em locais públicos)

Dançar, Dançar e Dançar

Data: 21/1/2017

A atividade será conduzida pela dançarina Rizzi Tani* e é voltada para adultos e crianças. Os participantes terão a oportunidade de conhecer diversos ritmos brasileiros e aprender os passos básicos de cada um deles, em um momento de descontração e diversão. Valorizando a diversidade e riqueza artística e cultural do nosso país, o público vai experimentar um momento inesquecível!

*Conheça mais sobre os artistas convidados para a programação.

Local: Museu Felícia Leirner – Auditório Claudio Santoro (Av. Dr. Luis Arrobas Martins, nº 1.880 – Campos do Jordão/SP)

Horário: às 16h

Vagas: 30 pessoas, de acordo com a ordem de chegada

Informações: (12) 3662-6000

Entrada: gratuita

Obs.: o participante pode optar por contribuir com a doação de livros, que serão utilizados no projeto “A Cada Livro Perdido, um Leitor Encontrado” (os materiais devem estar em boas condições de uso. Não serão aceitos livros didáticos e paradidáticos ou materiais considerado agressivos e impróprios para circulação em locais públicos)

O Som das Esculturas e as Esculturas Sonoras

Data: 22/1/2017

Ao contemplar as esculturas da artista Felícia Leirner, os participantes serão convidados a ouvir cuidadosamente os sons da natureza e a definir criativamente conexões com as obras da coleção. Ao final, paisagens sonoras inspiradas pela poética de Felícia Leirner deverão ser criadas pelos próprios participantes. A vivência, que terá duração de três horas, será dividida em quatro etapas que envolvem atenção e criatividade: passeio pelas esculturas com objetivo de aguçar a escuta da natureza; cocriação musical utilizando voz e corpo (música circular); iniciação instrumental e roda de improvisação musical. Conduzida pelo Jam Trio*, formado pelos músicos: Jean-François Daniel, Daniel Moray Luza e Roberto Guimarães, a atividade será divertida e muito inspiradora!

*Conheça mais sobre os artistas convidados para a programação.

Local: Museu Felícia Leirner – Auditório Claudio Santoro (Av. Dr. Luis Arrobas Martins, nº 1.880 – Campos do Jordão/SP)

Horário: às 11h

Vagas: 35 pessoas, de acordo com a ordem de chegada

Informações: (12) 3662-6000

Entrada: gratuita

Obs.: o participante pode optar por contribuir com a doação de livros, que serão utilizados no projeto “A Cada Livro Perdido, um Leitor Encontrado” (os materiais devem estar em boas condições de uso. Não serão aceitos livros didáticos e paradidáticos ou materiais considerado agressivos e impróprios para circulação em locais públicos)

 

Danças Circulares

Data: 28/1/2017

Danças Circulares são danças étnicas, folclóricas ou tradicionais de diversos povos do mundo. Feitas em roda, com um grupo de pessoas, as danças circulares promovem integração e apoio mútuo. A oficina será conduzida por Maria Rosa Sampaio* e estimulará a vivência coletiva e a cooperação entre as pessoas, além de trazer muita alegria para a manhã de sábado.

*Conheça mais sobre os artistas convidados para a programação.

Local: Museu Felícia Leirner – Auditório Claudio Santoro (Av. Dr. Luis Arrobas Martins, nº 1.880 – Campos do Jordão/SP)

Horário: às 11h

Vagas: 30 pessoas, de acordo com a ordem de chegada

Informações: (12) 3662-6000

Entrada: gratuita

Obs.: o participante pode optar por contribuir com a doação de livros, que serão utilizados no projeto “A Cada Livro Perdido, um Leitor Encontrado” (os materiais devem estar em boas condições de uso. Não serão aceitos livros didáticos e paradidáticos ou materiais considerado agressivos e impróprios para circulação em locais públicos)

Atividades Circenses

Data: 28/1/2017

Na oficina, os integrantes da Cia. Pachamama* ajudarão o público a desvendar os segredos do circo, como as habilidades com malabares, equilíbrio e acrobacias. Os visitantes poderão experimentar técnicas e materiais próprios do universo circense, se divertindo coletivamente na tarde de sábado. Imperdível!

*Conheça mais sobre os artistas convidados para a programação.

Local: Museu Felícia Leirner – Auditório Claudio Santoro (Av. Dr. Luis Arrobas Martins, nº 1.880 – Campos do Jordão/SP)

Horário: às 16h

Informações: (12) 3662-6000

Entrada: gratuita

Obs.: o participante pode optar por contribuir com a doação de livros, que serão utilizados no projeto “A Cada Livro Perdido, um Leitor Encontrado” (os materiais devem estar em boas condições de uso. Não serão aceitos livros didáticos e paradidáticos ou materiais considerado agressivos e impróprios para circulação em locais públicos)

Jam Session de Dança e Música

Data: 29/1/2017

Conduzido pela dançarina Rizzi Tani* e pelo músico Daniel Moray*, o encontro tem como objetivo a criação coletiva de música e dança, dentro do campo do improviso. A atividade promete envolver crianças, jovens e adultos numa atmosfera repleta de criatividade e diversão!

*Conheça mais sobre os artistas convidados para a programação.

Local: Museu Felícia Leirner – Auditório Claudio Santoro (Av. Dr. Luis Arrobas Martins, nº 1.880 – Campos do Jordão/SP)

Horário: às 11h

Vagas: 30 pessoas, de acordo com a ordem de chegada

Informações: (12) 3662-6000

Entrada: gratuita

Obs.: o participante pode optar por contribuir com a doação de livros, que serão utilizados no projeto “A Cada Livro Perdido, um Leitor Encontrado” (os materiais devem estar em boas condições de uso. Não serão aceitos livros didáticos e paradidáticos ou materiais considerado agressivos e impróprios para circulação em locais públicos)

*Conheça mais sobre os artistas convidados:

IVY CAMARGO CHIARELLI

(“Tinta da Terra” e “Compostagem Doméstica” e “Cosméticos Naturais”)

Especialista em Educação Ambiental para a Sustentabilidade e graduada em Gestão Ambiental. Atuou como coordenadora na Probiota Consultoria Ambiental, com projetos de Educação Ambiental, Restauração de Áreas Degradadas, Resgate de Flora e Fauna entre outros. Trabalhou por mais de cinco anos na USP como Gerente de Projetos de Educação Ambiental e Restauração. Atua com oficinas de meio ambiente, monitorias, consultorias e palestras. Oficinas realizadas em diversos locais como: SESC, Centro de Educação Ambiental da Fundação Alphaville, Virada Sustentável de São Paulo, ETEC Júlio de Mesquita, Museu Felícia Leirner/Auditório Claudio Santoro, Hípica Flamboyant entre outros.

JAM TRIO

(“A música da natureza e a natureza da música”, “Show Interativo do Jam Trio” e “O som das esculturas e as esculturas sonoras”)

A música, como a vida, é feita de encontros, em geral regidos pelo acaso. E foi o acaso que juntou na pequena Santo Antônio Pinhal, na Serra da Mantiqueira, a meia hora do Museu Felícia Leirner, um trio de músicos com vivências e influências musicais variadas que compartilham um especial interesse por improvisação. Jean-François Daniel, francês que, nos últimos dez anos, morou em Nova York e Berlim, e visitou dezenas de países, na Ásia, na África e nas Américas. Daniel Moray Luza, brasileiro com raízes paraguaias, que viveu na Turquia, na Austrália e na Índia para estudar percussão, também viajante inveterado. Roberto Guimarães, paulistano que, após morar no Canadá e na França, mudou para um sítio na Mantiqueira que abriga um estúdio que tem os sons da mata como música de fundo. É nesse estúdio que, desde janeiro de 2016, ao menos uma vez por semana, acontecem jam sessions com músicos (e eventuais não músicos, dançarinos, poetas e crianças), nas quais a única regra é não ter regras. Como compartilham a paixão por idiomas, as falas e os cantos, as músicas surgem naturalmente em inglês, francês, espanhol, italiano e, claro, português. Por isso, ao pensar na música do Jam Trio, acharam por bem classificá-la como “world music”, um rótulo no qual cabe tudo (ou quase tudo) o que a banda toca. O primeiro disco do Jam Trio, que tem nome provisório de Wild Card, deve ser lançado no primeiro semestre de 2017.

JEAN-FRANÇOIS DANIEL

(Integrante do JAM TRIO)

Multi-instrumentista, performer de improvisação, educador e facilitador de vivências sonoras. Nascido em um vilarejo na Bretanha, no norte da França, Jean escolheu a Serra da Mantiqueira como base no Brasil. Ele viajou pelo mundo inteiro cocriando “containers” para experiências coletivas profundamente libertadoras. Seus trabalhos exploram espaços de liberdade, espontaneidade e convivência humana. Jean idealizou o movimento “Soul Jam Session” (https://www.facebook.com/groups/1965658440327526/), ritual de improvisação musical coletiva que é uma ferramenta de diálogo e paz. Os encontros acontecem a cada 10 dias, em média, em cidades como São Paulo e Rio de Janeiro.

DANIEL MORAY LUZA

(Integrante do JAM TRIO)

Arte educador (escola Lumiar e Colégio Paradigma), professor de violão (Projeto Montanh’arte), e facilitador de vivências integrativas com foco em empatia e cooperação (www.pulsouno.com). Desenvolve também trabalhos de terapia sonora e musicalização para meditações, vivências de dança encontros de improvisação. Morador de Santo Antônio do Pinhal, graduado em Turismo e pós-graduado em Educação Comunitária (Universidade Anhembi Morumbi/SP), é músico multi-instrumentista, compositor e etnomusicólogo autodidata (viagens de pesquisa a Turquia, Índia, Peru, México, Austrália e Brasil, entre outros). Estudou violão popular e clássico com Nilson Dourado, flauta indiana bansuri com Helder Araújo e ritmo e percussão com Misirli Ahmet em Istambul (Galata Ritimhanesi). Tocou em espetáculos teatrais com a Cia. Rasananda, Os Tios, Cia. da Encantaria e Cia. Pachamama. Recentemente participou, tocando percussões, em shows e nos CDs de Chandra Lacombe, Carla Sinisgalli e Carlos Amaral.

ROBERTO GUIMARÃES

(Integrante do JAM TRIO)

Compositor e multi-instrumentista. Paulistano, viveu no Canadá e na França e, desde 2015, mora com a família num sítio em Santo Antônio do Pinhal, na Serra da Mantiqueira. Embora tenha cursado dois semestres de faculdade de música e estudado violão erudito, guitarra, piano e trombone, além de teoria musical, Roberto se considera um autodidata da exploração sonora, nutrindo especial interesse por improvisação e criação coletiva. Nos anos 1990, esteve à frente de bandas de rock, como o Psycho Drops, que gravou CDs e tocou em diversas cidades brasileiras. Entre 2000 e 2010, desenvolveu um trabalho experimental de música eletrônica e eletroacústica, tendo se apresentado em festivais de arte eletrônica e galerias de arte. Escritor e jornalista, é sócio-fundador do estúdio Bizu (www.bizu.bz), onde, além de editar livros e revistas, cria trilhas sonoras para vídeos e vinhetas, como o do Festival Música Nova (https://vimeo.com/15671118). Atualmente, trabalha em trilhas para dois curtas-metragens e num disco solo, que será lançado em 2017. Formado em Jornalismo pela PUC-SP, é mestre em Letras (Inglês) pela USP.

ANA STARLING

(Oficina de Colagem “Quem é Você?”)

Sempre acreditou em design autoral e no diálogo entre design e arte, com foco em ilustração e colagem. Estudou design gráfico e artes plásticas em Belo Horizonte antes de mudar para São Paulo, em 2000, onde pôde realizar diversos projetos experimentais – tanto comerciais como artísticos. Em 2011, dois de seus trabalhos foram selecionados para a exposição Design Brasileiro Hoje: Fronteiras, no MAM-SP. Não por acaso, duas colagens em vinhetas criadas para a MTV Brasil. Seu trabalho de design e ilustração foi publicado em revistas e livros internacionais – um dos mais recentes é “Drawing for Graphic Design”, de Timothy Samara. Em 2007, fundou o estúdio Bizu (www.bizu.bz) e, pouco depois, passou a dar aulas na Miami Ad School e no Instituto Europeu de Design (IED). Com seus alunos de graduação em design, teve a oportunidade de explorar as múltiplas possibilidades de usar a colagem como recurso expressivo para desenvolver a linguagem pessoal a partir do autorretrato, com ótimos resultados. Em 2015, mudou para um sítio em Santo Antônio do Pinhal, onde instalou seu ateliê.

RIZZI TANI

(“Brincadeiras Dançantes para Pais e Filhos”, “Dançar, dançar e dançar” e “Jam Session de Dança e Música”)

Dançarina, professora e pesquisadora de dança e consciência corporal. Turismóloga. Formada em Educadora Brincante pelo Instituto Brincante em 2005. Estudou: danças brasileiras no Instituto Brincante, dança clássica indiana estilo Odissi com Andrea Prior (Brasil) e com Rekha Tandon (Índia), dança espontânea e consciência corporal com Otiília Françoso. Atualmente cursa formação em Laban com Denise Telles.

MARIA ROSA SAMPAIO

(Danças Circulares” e “Atividades Circenses”)

Advogada, produtora cultural, contadora de histórias, malabarista, palhaça, e instrutora de atividades circenses para crianças. Integrante da Cia. Pachamama de Circo. Iniciada em Dança Circular desde 2010, por Estela Maria Guidi Pereira Gomes, da Universidade Aberta do Meio Ambiente – UMAPAZ/SP, através do programa Gaia Education.

TOTA MEDRADO

(“Atividades Circenses”)

Artista Circense, Educador, tenista, professor de tênis e instrutor de atividades circenses. Malabarista (Claves, Bolas, Rolling, Contato, Facas, Diabolo, Devil Sitck e Tochas), Equilibrista (Monociclo, Corda Bamba e Perna de Pau) e Palhaço. Integra a Cia. Pachamama de Circo.

 

Compartilhar::
Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo