TOKIO MARINE SEGURADORA

Franquia contábil chega a Chapecó e foca saúde e agronegócio

  • Escrito por  REPERKUT Comunicação
  • Publicado em Economia
  • Imprimir

Nathaniel, Luciano, Silvana e Walter Nathaniel, Luciano, Silvana e Walter

De um lado, uma professora, mestra e doutoranda em Contabilidade, com mais 16 anos de experiência na área. Do outro, um contador com duas décadas vividas no ambiente da prestação de serviços contábeis.

Do desejo de criarem o seu próprio negócio e aproveitarem essa expertise construída ao longo de suas carreiras, Silvana Dalmutt Kruger e Luciano Kruger fizeram nascer a NTW Chapecó, primeira unidade da rede de franquias contábeis na cidade catarinense e a 45ª no País.

O objetivo da dupla, neste primeiro momento, é focar no crescimento e aporte para a área da saúde, especialmente na prestação de serviços contábeis para os profissionais da saúde, como médicos e dentistas do município, mas também considerando o alto potencial do agronegócio na região para oferecer soluções específicas a essas áreas, além do segmento de serviços em geral.

“Como oriento diversas pesquisas acadêmicas nesta área do agronegócio e trabalho a disciplina de Contabilidade de Negócios Agroindustriais, me chamou à atenção o formato segmentado de atuação da NTW”, conta Silvana, que é professora do curso de Ciências Contábeis da Unochapecó desde 2004.

Para isso, contarão com os softwares de gestão utilizados com sucesso pela NTW em diferentes regiões do País, assim como o know-how para empreender no ramo contábil.

A missão é fornecer às empresas chapecoenses dados estratégicos para tomadas de decisão e que propiciem uma análise aprofundada do seu negócio, além de cumprir as obrigações necessárias comuns a qualquer empresa contábil.

“Vamos oferecer serviços contábeis para prover as organizações de informações gerenciais, indicadores de desempenho contábeis e financeiros de uso diário e permanente, que possibilitem análises reflexivas sobre o desempenho da empresa”, explica a diretora executiva da NTW Chapecó.

“Nossas expectativas são positivas em relação a Chapecó, tendo em vista o crescimento do município e de empresas que aqui se instalam, e neste aspecto sabemos da importância da contabilidade como um diferencial, especialmente para os pequenos e novos empreendimentos voltados aos profissionais e empresas de saúde, da área de prestação serviços e negócios rurais”, complementa.

Na sua avaliação, o maior problema que leva as empresas a fecharem as portas é a má gestão dos recursos, aliada à falta de controles e planejamento.

Segundo dados da Junta Comercial do Estado de Santa Catarina (JUCESC), no ano de 2015 21.459 empresas iniciaram atividades no Estado, mas 23.161 fecharam as portas; em 2016, até o mês de setembro outras 11.540 empresas encerraram as atividades e 15.371 foram constituídas.

“Neste sentido, a contabilidade assume papel de destaque no ambiente empresarial. As informações, quando confiáveis e precisas, tornam-se diferenciais competitivos para as empresas. O profissional contábil precisa estar atento às necessidades desses gestores e oferecer soluções e informações que auxiliem o gerenciamento dos negócios”, salienta Silvana.

Compartilhar::
Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo