TOKIO MARINE SEGURADORA

Setor Imobiliário Debate Inovações Na Legislação Brasileira No Adit Juris 2016

  • Escrito por  Bress Comunicação
  • Publicado em Demais
  • Imprimir

Com a participação do consultor hoteleiro e turístico Caio Calfat, um dos painéis do evento em Fortaleza, no Ceará, irá tratar da lei de regulamentação dos projetos de fração imobiliária, que crescem no país na contramão da crise econômica

O consultor Caio Calfat participa do ADIT Juris 2016

“Vamos buscar um consenso legal sobre como deve ocorrer o registro deste tipo de imóvel e definir em qual código nacional seria mais adequado incluir a lei específica”, diz o consultor turístico e imobiliário, Caio Calfat

Fortaleza (CE) sedia, nos dias 7 e 8 de abril, o Adit Juris, evento realizado pela Associação para o Desenvolvimento Imobiliário e Turístico do Brasil reunindo os principais profissionais do direito que atuam nestes dois segmentos. Um dos principais painéis do encontro, sob o tema Estruturação Jurídica dos Projetos de Fração Imobiliária, vai coletar sugestões finais para a redação da lei específica que pretende regulamentar empreendimentos comercializados no sistema fractional no país e terá a participação do consultor Caio Calfat, vice-presidente de Assuntos Turísticos Imobiliários do Secovi-SP e diretor da Caio Calfat Real Estate Consulting.

Os projetos de fração imobiliária (ou fractional) se destinam ao público interessado em manter uma casa de veraneio sem arcar sozinho com os custos e dores de cabeça que podem surgir após a compra. Estes empreendimentos – casas ou apartamentos em condomínios de bom padrão, com acesso a uma praia ou parque aquático, por exemplo – possuem alguns serviços de hotelaria e a unidade autônoma é fracionada em diversos proprietários, com uso compartilhado do imóvel entre 2 e 6 semanas por ano para cada um deles.

Os projetos fractional surgiram no Brasil em 2010 e têm hoje grande participação no chamado turismo compartilhado, mercado que movimenta mais de R$ 1 bilhão no Brasil e que também inclui os projetos no sistema timeshare (tempo compartilhado). Na contramão do mercado imobiliário, que apresentou queda e venda de lançamentos em 2015, a oferta destes imóveis fracionados entre vários proprietários aumentou bastante nos últimos anos – era apenas um há seis anos e hoje somam 33 produtos sendo comercializados, segundo levantamento da Caio Calfat Real Estate Consulting.

Para fazer com que este novo nicho cresça de forma orgânica, gerando mais empregos e dando ainda mais transparência e segurança jurídica para o consumidor, o Secovi-SP (Sindicato da Habitação), através de sua Vice-Presidência de Assuntos Turísticos e Imobiliários formou um grupo de trabalho de alguns dos principais advogados imobiliário-turísticos do país, que conclui a redação de uma lei específica para melhor orientar o planejamento, desenvolvimento e comercialização dos empreendimentos fractional. “Ela definirá os direitos e deveres dos cinco envolvidos no processo de produção e venda: o proprietário (geralmente o incorporador), a comercializadora, a intercambiadora, o administrador (que pode ser uma rede hoteleira) e o consumidor final ou usuário”, diz Caio.

Segundo Caio Calfat, a importância do painel na ADIT Juris será a de coletar as sugestões e alterações finais para a redação desta lei específica, concluindo orientações em diversos pontos. “Vamos buscar um consenso legal sobre como deve ocorrer o registro deste tipo de imóvel e definir em qual código nacional seria mais adequado incluir a lei específica, entre outros temas”, diz o consultor.

A ADIT Juris ocorrerá no Centro de Convenções do Gran Mareiro Hotel (Rua Osvaldo Araújo, 100, Praia do Futuro, Fortaleza). Mais informações e inscrições pelo site http://adit.com.br/aditjuris.

Compartilhar::
Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo