TOKIO MARINE SEGURADORA

Setor farmacêutico pode contar com a eficiência dos condomínios logísticos Golgi

  • Escrito por  Cassiano Viana
  • Publicado em Demais
  • Imprimir

Terceiro maior polo farmacêutico brasileiro, o Rio de Janeiro é sede de um número significativo número de empresas, laboratórios e prestadores de serviços de saúde, além de multinacionais responsáveis pela fabricação de grande parte do total de medicamentos consumidos no país.

"Tudo isso faz do Rio de Janeiro um dos principais hubs farmacêuticos do Brasil e da America Latina", afirma Dennis Barreto, Coordenador Comercial da Autonomy Investimentos, empresa líder em investimentos no setor imobiliário no Brasil.

A Autonomy possui, no Rio, junto com a canadense Cadillac Fairview – uma das maiores proprietárias, operadoras e administradoras de imóveis comerciais de primeira classe da América do Norte –, os condomínios logísticos Golgi Seropédica e Golgi Duque de Caxias.

Ambos empreendimentos contam com o nível Gold da certificação Leed (Leadership in Energy and Environmental Design), concedida pelo U.S. Green Building Council, selo que atesta os mais altos padrões internacionais de construção sustentável e operação.

Barreto lembra a complexidade da operação logística de produtos farmacêuticos. "É uma operação que exige alta eficiência e infraestrutura logística para atender necessidades e garantir o sucesso das operações ", explica. Adiciona ainda que muitas operações requerem adaptações bem específicas no imóvel e que nem todos os condomínios conseguem atender essas especificações com qualidade.

"Além da localização estratégica das duas unidades Golgi, no Rio de Janeiro, os empreendimentos foram projetados sob o conceito de total flexibilidade para armazenagem e movimentação de cargas, com infraestrutura eficiente que pode ser customizada para atender diversos segmentos, dentre eles, o farmacêutico", reforça.

Nos últimos anos o consumo de medicamentos no Brasil cresceu de forma inequívoca. A estimativa de especialistas do setor farmacêutico é que o Brasil chegue ao quarto lugar no ranking dos países de maior consumo de medicamentos, ficando atrás apenas de Estados Unidos, China e Japão. O país ocupa hoje a sexta colocação no mercado farmacêutico mundial.

Compartilhar::
Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo