A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

“Exportação de carne para os Estados Unidos é vitória coletiva da pecuária brasileira”

  • Escrito por  Monique Oliveira
  • Publicado em Demais
  • Imprimir
  • Compartilhar::

A negociação para abertura do mercado norte-americano para a carne bovina in natura brasileira demorou mais de uma década e parecia não ter final feliz. Para o Brasil, essa questão sempre foi prioritária, pois a entrada nos EUA representa a conquista do maior mercado mundial, além do passaporte para outros importantes consumidores, como Japão, Canadá, México e Coreia do Sul, que, juntos, representam cerca de 50% do comércio internacional de carne. A análise é de Fernando Saltão, CEO da Assocon (Associação Nacional da Pecuária Intensiva). “Nessa fase, o volume envolvido significa pouco. O mais importante é a chancela dos Estados Unidos à nossa carne”, ressalta Saltão.

Sacramentada durante visita do ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, aos Estados Unidos, a exportação de carne bovina brasileira para os EUA é um exemplo de trabalho em equipe, que incluiu várias ações da iniciativa privada. A Assocon teve importante participação nesse processo. A entidade, em parceria com a Acrimat, foi responsável pela vinda ao Brasil de uma comissão de produtores norte-americanos e de outros países, membros da IBA (International Beef Alliance), que reúne os maiores exportadores de carne bovina do mundo.

“A Assocon e a Acrimat foram aceitos como membros da IBA em 2015. Desde então, nosso trabalho prioritário na Aliança foi trabalhar para trazer os pecuaristas ao Brasil e mostrar para eles que produzimos com qualidade, responsabilidade e segurança alimentar”, explica Márcio Caparroz, Diretor Institucional da Assocon, que participou do fórum da IBA no México, no ano passado. A estratégia deu certo.

“O contato direto da Assocon com pecuaristas dos maiores países produtores de carne bovina, presentes à IBA, foi um passo importante da abertura do mercado norte-americano e comprova o trabalho realizado pela entidade em prol da cadeia produtiva brasileira”, assinala Alberto Pessina, presidente do Conselho de Administração da Assocon. “Valorizar nossa carne e abrir mercados é um dos objetivos que a Nova Assocon tem trabalhado”.

O trabalho continua. O próximo passo da Assocon em relação ao mercado internacional é a inclusão do Brasil na Cota 481, da União Europeia.

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo