A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Mais de 360 empresas e investidores convocam líderes dos EUA para apoiar o Acordo Climático de Paris

  • Escrito por  Rita Silva
  • Publicado em Demais
  • Imprimir
  • Compartilhar::

Mais de 360 ​​empresas e investidores de mais de uma dúzia das corporações listadas na Fortune 500 enviaram hoje uma mensagem forte ao presidente Barack Obama, ao presidente eleito Donald Trump, a outros políticos eleitos nos Estados Unidos e líderes mundiais, reafirmando seu apoio ao histórico Acordo Climático de Paris e à necessidade de acelerar a transição para uma economia de baixo carbono dentro e fora das fronteiras nacionais.

"A implementação do Acordo Climático de Paris permitirá e estimulará empresas e investidores a transformar os bilhões de dólares já investidos no baixo carbono nos trilhões de dólares que o mundo precisa para gerar prosperidade para todos a partir das energias limpas", escreveu este poderoso grupo empresarial em uma declaração de apoio anunciada hoje na COP22 em Marrakech, Marrocos, onde estão acontecendo as negociações climáticas. "A incapacidade de construir uma economia de baixo carbono põe em risco a prosperidade americana".

A declaração completa e a lista de signatários está em www.lowcarbonusa.org

Entre as diversas e icônicas empresas norte-americanas que assinam a declaração estão DuPont, Gap Inc., General Mills, Hewlett Packard Enterprises, Hilton, Kellogg Company, Levi Strauss & Co., L'Oreal USA, NIKE, Mars Incorporated, Schneider Electric, Starbucks, VF Corporation e Unilever.

"É vital que a comunidade empresarial demonstre seu compromisso contínuo de lidar com as mudanças climáticas", disse Barry Parkin, Diretor de Sustentabilidade e Saúde e Bem-Estar da Mars Incorporated. "Este é um momento importante na história política e econômica mundial e precisamos nos unir para resolver os imensos desafios que o planeta enfrenta. As alterações climáticas, a escassez de água e o desmatamento são ameaças graves para a sociedade. É imperativo que as empresas globais, como a Mars, façam sua parte para enfrentar essas ameaças. "

"Agora mais do que nunca, a Levi Strauss & Co. acredita que é importante reafirmar nosso compromisso de lidar com as mudanças climáticas, apoiando o Acordo Climático de Paris", declarou Michael Kobori, vice-presidente de sustentabilidade da Levi Strauss & Co. "Construir uma economia energeticamente eficiente nos EUA, alimentada por energia de baixas emissões de carbono, irá garantir a competitividade da nossa nação e posicionar as empresas dos EUA como líderes no mercado global - tudo enquanto fazemos a coisa certa para nosso planeta ".

Os EUA, a China, a Índia, o Brasil, a União Européia e mais de 100 outras nações que representam mais de três quartos das emissões globais formalmente ratificaram ou aderiram ao Acordo de Paris, que entrou em vigor em 4 de novembro. Este é o primeiro acordo de âmbito global legalmente vinculante para combater as alterações climáticas.

Na declaração, as grandes e pequenas empresas se comprometeram a fazer a sua parte, em suas próprias operações e além, para cumprir com os compromissos do clima de Paris de uma economia global que limita o aumento da temperatura global para bem abaixo de dois graus Celsius.

Eles estão apelando aos líderes eleitos dos EUA para apoiarem fortemente:

• Continuação de políticas de baixo carbono para permitir que os EUA cumpram ou excedam os compromissos nacionais prometidos.
• Investimento na economia de baixa emissão de carbono no país e no estrangeiro, a fim de dar aos decisores financeiros clareza e aumentar a confiança dos investidores.
• Continuação da participação dos EUA no Acordo Climático de Paris, a fim de proporcionar a direção a longo prazo necessária para limitar o aquecimento global.

"O Acordo de Paris foi um passo importante, mas seu poder está em nossa ação coletiva", disse Lara Birkes, chefe de sustentabilidade da Hewlett Packard Enterprise. "Os líderes empresariais e governamentais precisam urgentemente trabalhar juntos para impulsionar uma economia próspera e de baixo carbono".

"Agora é a hora de lembrar a administração entrante que praticamente todas as empresas do Fortune 500 e mais de US $ 100 trilhões em ativos de investidores já reconheceram a realidade das mudanças climáticas e a necessidade de lidar com o tema", disse Matt Patsky, CEO da Trillium Asset Management.

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo