TOKIO MARINE SEGURADORA

Self Storages lucram com falta de espaço em casas e empresas

  • Escrito por  Marina Fernandez
  • Publicado em Demais
  • Imprimir

O tamanho das residências brasileiras vem diminuindo consideravelmente nos últimos anos, por causa dos preços no mercado imobiliário. Dessa forma, é muito comum faltar espaço para acomodar itens – independente do tamanho – que não são utilizados com frequência, mas que merecem ser preservados.

Assim sendo, existem hoje os chamados self storages para eliminar o aborrecimento tanto de acumular esses itens, ou desorganizar o espaço, quanto de precisar livrar-se deles. Apesar de guardar objetos com segurança, é um conceito diferente de guarda-móvel, visto que dão maior autonomia e privacidade a quem os aluga, além de se aproximarem mais com o meio urbano

O termo vem do inglês e significa algo como ‘você armazenar seus próprios bens’, ou seja, são diversos boxes com tamanhos variados em que apenas o cliente tem acesso: pessoas podem usá-los para acomodar itens de que não necessitam no dia-a-dia, e empresas, para conservar arquivos e documentos. É prático, confiável e, com certeza, um mercado para se consolidar no país.

Facilidade e garantia

Pela independência que se tem ao alugar um box, a empresa de self storage dificilmente tem conhecimento a respeito do conteúdo armazenado; inclusive, os cadeados são incumbência dos locatários. Por causa disso, existe um termo de compromisso para resguardar ambas as partes: a empresa não se responsabiliza por nenhum conteúdo dentro dos boxes, e o cliente informa o valor aproximado de seus bens para que seja feito o seguro.

Não existe burocracia e é muito simples de se conseguir: o pagamento é antecipado e bastam apenas comprovante de residência e documentos pessoais.

Mercado é novo

A ideia ainda é relativamente atual no Brasil (apesar de ser bem consolidada há anos em outros países como os Estados Unidos) e isso influencia no preço do aluguel: com o investimento pesado em marketing para fazer o público conhecer o conceito e o número reduzido de self storages, é natural que se tenha um acréscimo no valor do box.

Para alívio dos paulistanos, a grande maioria encontra-se na Grande São Paulo e algumas oferecem um serviço personalizado de acordo com a preferência e necessidade, como esta, que adequa os boxes pelo tamanho e tipagem dos itens – guarda-volumes, guarda-móveis e até adega climatizada para vinhos.

Compartilhar::
Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo