A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Sustentabilidade Muito Além Dos Famosos Clichês

  • Escrito por  Mão Dupla Comunicação
  • Publicado em Demais
  • Imprimir
  • Compartilhar::

Na Morar Mais Por Menos 2016 MG, profissionais mostram novos conceitos de sustentabilidade originais e modernos. O telhado verde da arquiteta Vanessa Figueiredo, por exemplo, amplia o uso desse termo na decoração

“Meu objetivo com o ambiente da mostra Morar Mais é mostrar que um ambiente sustentável não tem que ter cara de materiais reutilizados, não precisa ter garrafa pet, pallet ou pneu exposto", explica Vanessa Figueiredo
Na décima edição da mostra Morar Mais Por Menos Minas Gerais uma ideia está sendo amplamente incentivada: a sustentabilidade. Vários ambientes mostram aos visitantes que é possível reaproveitar materiais sem perder sofisticação e beleza e ainda ajudar o meio ambiente e o bolso de quem busca ideias para investir em um projeto para sua casa ou empresa.

Dentre os vários ambientes, a Varanda Sustentável da arquiteta Vanessa Figueiredo tem roubado a cena. É que nesse ambiente, a profissional construiu um telhado sustentável com ideias muito originais. “Meu objetivo é mostrar que um ambiente sustentável não tem que ter cara de materiais reutilizados, não precisa ter garrafa pet, pallet ou pneu exposto. A reutilização de materiais é uma pequena parte de um projeto sustentável. Também quero divulgar novas práticas e possibilidades para os profissionais”, garante Vanessa.

Um dos grandes destaques do projeto de Vanessa é o telhado verde, que foi feito com estrutura metálica e madeira plástica. “A madeira resiste ao sol, maresia, umidade e é imune a cupins, além de ter durabilidade de 100 anos”, conta a arquiteta. Além disso, esse telhado oferece conforto térmico e acústico mais agradável.

O toque de delicadeza e o charme desse telhado sustentável veio com a colocação da Tillandsia arhiza Mez, bromélia nativa de Minas, resistente às pragas dessa região e cuja manutenção é bem simples. “Para essa escolha contei com a ajuda do biólogo Luiz Gluck e das paisagistas Dalmy Ramos e Elcy Luna Celani”, destaca Vanessa.

Para o projeto, a profissional lançou mão ainda de duas pérgolas que permitem a iluminação e a ventilação natural. “A iluminação natural proporciona a economia de energia durante o dia. Já a ventilação natural, permite um ambiente mais saudável com a troca constante do ar interno e elimina ou minimiza a necessidade de climatizador artificial ou ar condicionado”, comemora Vanessa.

Para fechar de forma brilhante, a arquiteta tratou de dar destino aos materiais utilizados durante a mostra quando a mesma acabar. “Na cobertura de vidro da pérgola foram utilizadas duas portas de box de tamanho convencional. Essas peças serão utilizadas para banheiros de clientes. Isso foi possível porque o pensamento do descarte do material foi feito na fase projetual. Essa é uma forma de pensar sustentável já que você analisa, ainda durante a fase inicial de projeto, todo o ciclo de vida do material”, explica Vanessa.

Para conhecer novos conceitos de sustentabilidade, vá à mostra e veja de perto a Varanda Sustentável da arquiteta. A Morar Mais por Menos Minas Gerais acontece na Praça Israel Pinheiro, 277, no Mangabeiras. De quarta a sexta, a mostra funciona das 16h às 22h. Aos sábados, das 13h às 22h e aos domingos das 13h às 19h. Quem chegar de bicicleta não paga ingresso e seu acompanhante paga meia entrada.

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo