A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Resultados da ILPF na Fazenda Campina, de Carlos Viacava, foram apresentados em concorrido dia de campo

  • Escrito por  Thell de Castro
  • Publicado em Demais
  • Imprimir
  • Compartilhar::

Evento reuniu 700 pessoas em Presidente Prudente e Cauiá

Os excelentes resultados da ILPF (Integração Lavoura-Pecuária-Floresta) na Fazenda Campina, do Grupo CV, foram apresentados em dia de campo realizado nos dias 18 e 19 de agosto. O tradicional evento, que reuniu 700 nos dois dias, foi organizado por Carlos Viacava, pela Cocamar Cooperativa Agroindustrial, pela Embrapa e pela Unoeste (Universidade do Oeste Paulista).

A programação do evento começou no dia 18, na Unoeste, em Presidente Prudente (SP), com palestras e debates. William Marchió apresentou o tema “Rede de Fomento ILPF” e, na sequência, o economista e ex-secretário da Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Eduardo Pereira de Carvalho, falou sobre “Visão Macroeconômica da ILPF no Brasil”.

No dia seguinte, os participantes conheceram os resultados da ILPF na prática, na propriedade localizada em Cauiá (SP), através de cinco estações. Na primeira, João K e Luiz Adriano Maia Cordeiro, pesquisadores da Embrapa Cerrados, falaram sobre “A Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) como alternativas de sustentabilidade agropecuária em solos arenosos”.

Na estação 2, Juliano Roberto da Silva, zootecnista do Grupo CV, falou sobre “Revolução da Atividade Agropecuária do Grupo CV”. A 3ª estação teve treinamento com Diogo Cardoso Rojas, engenheiro agrônomo da Cocamar, e Edemar Moro, professor da Unoeste, que falaram sobre “Como iniciar no Sistema de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta”.

O coordenador técnico da Cocamar, Renato Watanabe, esteve na 4ª estação para apresentar a palestra “Modelo de Parceria Sustentável”. Na 5ª estação, foi feita a apresentação dos animais do 61º Leilão Nelore Mocho CV, que aconteceu no dia 21 de agosto, em Presidente Venceslau (SP).

O evento também contou com a presença de diversas autoridades e ilustres convidados, como Valdemar Rodrigues, diretor do Departamento de Desenvolvimento Rural Sustentável do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento; Guilherme de Oliveira Lima Carapeba, pró-reitor administrativo da Unoeste, Adilson Eduardo Guelfi, pró-reitor de pesquisa, pós-graduação, extensão e ação comunitária da Unoeste, Cláudio Takao Karia, chefe-geral da Embrapa Cerrados, André Novo, chefe de transferência de tecnologia da Embrapa Sudeste, Francisco Matturo, vice-presidente da Associação Brasileira do Agronegócio (ABAG), Raysildo Lôbo, presidente da Associação Brasileira de Criadores e Pesquisadores (ANCP), e João Pontes, diretor da John Deere, entre outros.

“Neste ano, o Brasil assinou na sede da Organização das Nações Unidas (ONU), o Acordo de Paris que tem como meta adotar a Integração Lavoura, Pecuária, Floresta (ILPF) em 5 milhões de hectares do país. Para cumprirmos esse compromisso, buscamos conhecer experiências que apoiam os sistemas integrados”, destacou Valdemar Rodrigues.

“Estamos em sete pesquisadores da Embrapa Cerrados, um da Pecuária-Sudoeste e três da Pecuária Oeste de Dourados (MS). Para nós, como instituição pública, é muito importante essa relação estreita com instituições de ensino, cooperativas e produtores rurais, pois só assim será possível mudar a realidade da nossa agricultura e pecuária”, destaca Cláudio Takao Karia.

“O desenvolvimento no campo só vai acontecer com o estímulo dessas parcerias público-privadas. Conhecendo o trabalho da Unoeste, estreitamos o nosso relacionamento para que, assim, possamos levar para outras regiões o trabalho que ela tem feito aqui no oeste paulista”, comenta João Pontes.

“O estágio de degradação dos pastos era grande e decidimos apostar na ILPF. Ficamos tão satisfeitos com os resultados que, a cada ano, estamos ampliando a área. Na safra 2016/2017, que começa a ser semeada em outubro, a previsão é que 1.300 dos 3.000 hectares da fazenda sejam contemplados no projeto de ILPF. Com isso, a propriedade se consolida como uma das mais importantes vitrines do sistema no Brasil”, conclui Carlos Viacava.

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo