A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Entre os grupos mais premiados do país, RBS comemora mais de 180 distinções em 2015

  • Escrito por  Imprensa Grupo RBS
  • Publicado em Demais
  • Imprimir
  • Compartilhar::

Projetos de investimento em jornalismo alinhados ao propósito foram determinantes para os resultados e reconhecimentos

No ano em que repactuou seu compromisso em produzir informação com o objetivo de contribuir para a transformação da sociedade, o Grupo RBS conquistou mais de 180 prêmios. Ao reforçar o vínculo com a sua essência, o jornalismo e o entretenimento, a empresa orientou sua estratégia de negócio, garantindo maior investimento nestes dois pilares.

Como reconhecimento, o Jornalistas & Cia posicionou a RBS, pela quinta vez consecutiva, em segundo entre os grupos de comunicação mais premiados do país de todos os tempos. A empresa também ocupa a segunda posição na lista dos mais premiados em 2015. O informativo avalia anualmente as premiações jornalísticas conquistadas por profissionais de cada veículo de imprensa, atribuindo pesos a cada uma e utilizando critérios como prestígio e concorrência.

– O jornalismo é o nosso propósito. Acreditamos que uma sociedade bem informada é capaz de transformar positivamente a realidade. É por isso que investimos em jornalismo. Essa é a nossa essência e a nossa crença para o futuro do negócio. Não fazemos jornalismo para ganhar prêmios, mas, com certeza, nos orgulham porque reforçam o valor do nosso trabalho – destaca o presidente do Conselho de Administração e do Grupo RBS, Eduardo Sirotsky Melzer.

Entre as distinções relevantes recebidas em 2015, estão Esso, Direitos Humanos de Jornalismo, ARI, Best of New Design, Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos, Petrobras de Jornalismo, Jornalismo do Ministério Público RS, Digital Mídia – América Latina, INMA, Massey Ferguson de Jornalismo e Empresa Cidadã ADVB/SC.

Uma série de ações para públicos interno e externo foi pensada para valorizar os profissionais e as marcas que contribuíram para esses resultados. Nos oito jornais da RBS, um anúncio circula nesta quinta-feira (4) e divide com os leitores o orgulho por essas conquistas. Reportagens como “Refugiados - Uma história”, de Letícia Duarte (Zero Hora) e “A máfia das próteses”, de Giovani Grizotti, Dalmir Pinto, Thiago Ornaghi e Juana Amorin (RBS TV), no Rio Grande do Sul, e “As Quatro Estações de Iracema e Dirceu”, de Ângela Bastos (Diário Catarinense), e “Despoluir o Rio Cachoreira”, de Marcos Pereira, Émilin Souza, André Buzzi e André Duarte (RBS TV), de Santa Catarina, estão entre as matérias citadas nas peças.

Nas últimas semanas, o Jornalistas & Cia divulgou os demais rankings produzidos. Zero Hora apareceu como a quarta marca de jornalismo mais premiada da história no Brasil. O jornal lidera o ranking na Região Sul, seguido por Rádio Gaúcha e RBS TV, respectivamente. Na lista dos mais premiados de 2015, ZH, Gaúcha e RBS TV tambémse destacaram entre os mais reconhecidos em todo o país.

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo