TOKIO MARINE SEGURADORA

Estrutura de Atendimento à Emergência da BASF é referência no mercado químico

  • Escrito por   Laura Chiavenato
  • Publicado em Demais
  • Imprimir

· Com 10 mil m², Centro de Treinamento em Guaratinguetá capacita mensalmente bombeiros da BASF e do Estado de São Paulo

· Central de Comunicação auxilia comunidades e clientes BASF na gestão de emergências químicas e no monitoramento ambiental

· Empresa mantém parceria com a FUNDABOM há dois anos e já auxiliou no combate a grandes incêndios da região de SP

Para atuar em uma situação de emergência, estar preparado é fundamental. Pensando nisso, a BASF, empresa química mundial, tem investido na capacitação de sua Equipe de Atendimento à Emergência. Composto por mais de 60 profissionais, distribuídos em suas unidades fabris de Guaratinguetá (SP), Demarchi (São Bernardo do Campo/SP) e Camaçari (BA), o time BASF é referência para o mercado químico e apresenta importantes diferenciais ao mercado, como:

1. Centro de Treinamento

O local funciona há mais de 20 anos e possui, aproximadamente, 10 mil m². O centro fica no Complexo Químico de Guaratinguetá, que possui uma diversidade de produtos e atividades, proporcionando a capacitação e qualificação de profissionais para as mais diversas práticas de segurança em fábricas. Os treinamentos lá ministrados atendem a todas as localidades da BASF na América do Sul, além de ser palco para cursos de capacitação de bombeiros do Estado de São Paulo.

No campo, são simuladas situações como: incêndio de pequena, média e grande proporção e combate ao fogo, entrada e saída de prédios e emergência química, atividades em espaços confinados e trabalho em altura. Há, ainda, o Simulador Estrutural, composto por uma estrutura de quatro cômodos, divididos em dois níveis, nos quais os profissionais treinam o abandono de um prédio em situações que envolvam fogo e fumaça.

2. Parceria FUNDABOM

Desde o início de 2014, a BASF é parceira da FUNDABOM (Fundação de Apoio ao Corpo de Bombeiros) do Estado de São Paulo. Por meio da iniciativa, a empresa colabora na capacitação dos bombeiros estaduais, que conta, inclusive, com o envio de dois profissionais da corporação para treinamento na sede da BASF na Alemanha. A ação é realizada uma vez por ano, sendo que, em 2016, a dupla realizará o processo a partir de julho.

3. Central de Comunicação para Emergências (CECOM)

Há 24 anos em funcionamento, a CECOM auxilia comunidades e clientes BASF na gestão de emergências químicas e no monitoramento ambiental das regiões de Guaratinguetá (SP), Demarchi (São Bernardo do Campo/SP) e Camaçari (BA), além da América do Sul. A central funciona em escala 24x7 e possui atendentes com mais de 20 anos de experiência no atendimento a casos de emergências químicas.

4. Apoio a grandes ações dos Bombeiros do Estado de SP

Por sua excelência no atendimento a emergências e pela parceria firmada com a corporação estadual, a BASF prestou apoio a duas grandes ações nos últimos anos: incêndio no Porto de Santos (abril/2015) e incêndio no Guarujá (janeiro/2016).

O primeiro contou com o apoio de 1 caminhão ABHQ – Auto Bomba Hidro Química e 11 bombeiros da BASF, que atuaram em sistema de revezamento em todo período da emergência. A empresa recebeu, posteriormente, 3 honrarias do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo pelos serviços prestados. Já a ação no Guarujá foi focada no combate a incêndio provocado pela emissão de gases tóxicos. Para solucionar o caso, a equipe utilizou o suporte de especialistas em emergência da BASF Demarchi – São Bernardo do Campo.

Especialistas no comando

Outro importante diferencial da Equipe de Atendimento à Emergência BASF é a sua liderança. Em localidades como Guaratinguetá, Camaçari e Demarchi, há profissionais com vasta experiência no setor, como revelam os perfis abaixo.

· Albert Sobral - Coordenador de Controle de Emergência e Segurança Patrimonial do Complexo Acrílico de Camaçari: Engenheiro Químico e Engenheiro de Segurança do Trabalho, comanda uma equipe de 14 profissionais e possui mais de dois anos de atuação no segmento. Por sua experiência na BASF, foi convidado a participar do Grupo Técnico de Emergência (GTE) do Comitê de Fomento Industrial de Camaçari.

· Daniel Rost - Coordenador de Controle de Emergência e Segurança Patrimonial do Complexo Químico de Guaratinguetá: Engenheiro Químico, Engenheiro de Segurança do Trabalho e técnico em Química, coordena uma equipe com 23 profissionais e possui 15 anos de experiência no setor de atendimento a emergências. Está na BASF há seis anos e, em Guaratinguetá, há 4.

· Luciano Carvalho Theodoro - Coordenador de Controle de Emergência e Segurança Patrimonial do Complexo Industrial de Tintas e Vernizes em São Bernardo do Campo: Engenheiro Químico e Engenheiro de Segurança do Trabalho, comanda uma equipe de 22 pessoas e possui experiência de 20 anos no segmento. Está na BASF há sete anos.

Compartilhar::
Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo