A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Movimento ambiental ganha a adesão de empresa mato-grossense

  • Escrito por  WWF Brasil
  • Publicado em Demais
  • Imprimir

Usinas Itamarati, de Nova Olímpia, é a primeira empresa a integrar o Pacto em Defesa das Cabeceiras do Pantanal – movimento lançado em 2015 para recuperar nascentes degradadas e conservar as porções altas dos rios Paraguai, Sepotuba, Jaurú e Cabaçal

Na região das Cabeceiras vivem mais de 3 milhões de pessoas

O Pantanal, a maior área úmida do planeta, abriga mais de 4 mil espécies de plantas e animais

O Pacto em Defesa das Cabeceiras do Pantanal, movimento lançado em 2015 para recuperar nascentes e conservar rios da maior área úmida do planeta, ganhou um grande reforço. A Usinas Itamarati, produtora de etanol, açúcar e energia elétrica, passa a ser a primeira empresa a fazer parte da aliança que já conta com parceiros como o governo de Mato Grosso, 25 prefeituras da área das Cabeceiras do Pantanal, Consórcio Complexo Nascentes do Pantanal e a ONG WWF-Brasil.

A adesão ocorreu em cerimônia realizada no dia 6 de junho no Palácio Paiaguás, em Cuiabá, durante a Semana do Meio Ambiente promovida pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (SEMA-MT) e durante as comemorações de um ano do Pacto.
No ofício de adesão entregue a SEMA-MT, a Usinas Itamarati se compromete em promover a troca de experiências em educação ambiental, planejar a recuperação de Áreas de Preservação Permanente (APP) e de nascentes e ainda em participar na elaboração e na gestão do Plano de Bacia do rio Paraguai.

“Nossa empresa tem forte preocupação com o meio ambiente e integrar o Pacto revela esse compromisso. É também uma oportunidade de cuidar das águas que não só alimentam os animais e plantas do Pantanal, mas que nos ajudam a promover o desenvolvimento sustentável de uma região onde vivem e produzem mais de três milhões de pessoas”, afirma Caetano Henrique Grossi, gerente de Meio Ambiente da Itamarati.

Angelo Lima, especialista em Conservação do WWF-Brasil e integrante do Grupo Coordenador do Pacto, comemora a adesão. “Temos que parabenizar a Itamarati. A sua entrada engrandece o movimento e mostra que todos os setores podem e devem trabalhar juntos por um futuro melhor, com mais qualidade de vida para todos e mais produtivo”.

A região das Cabeceiras do Pantanal abrange 25 municípios do Mato Grosso, onde vivem mais de três milhões de moradores.
São eles: Alto Paraguai, Araputanga, Arenápolis, Barra do Bugres, Cáceres, Curvelândia, Denise, Diamantino, Figueirópolis D’Oeste, Glória D’Oeste, Indiavaí, Jauru, Lambari D’Oeste, Mirassol D’Oeste, Nortelândia, Nova Marilândia, Nova Olímpia, Porto Esperidião, Porto Estrela, Reserva do Cabaçal, Rio Branco, Santo Afonso, São José dos Quatro Marcos, Salto do Céu e Tangará da Serra.

 

Compartilhar::
Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo