Brasil, 15 de Dezembro de 2017
A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Levantamento realizado pela PROTESTE aponta resultados alarmantes sobre o recall automotivo no Brasil

  • Escrito por  Flavia Santana
  • Adicionar novo comentario
  • Publicado em Veículos
  • Imprimir
  • Compartilhar::

Associação alerta para baixa adesão das ações de recall no país

A PROTESTE, Associação de Consumidores, fez um levantamento sobre o Recall automotivo no Brasil e o resultado foi alarmante. Em abril deste ano, a Toyota fez um recall sobre defeito no sistema de airbag, com risco de morte para os ocupantes do veículo. Mais de 223 mil proprietários foram convocados e apenas 6.464 compareceram nos primeiros dois meses.

Em outubro de 2015, a GM convocou proprietários do Cobalt e do Prisma por falha no cinto de segurança. Na ocasião, 121 mil veículos foram convocados, mas, no site do Procon de São Paulo, quase dois anos depois não há informação de comparecimento. Esses dados são muito preocupantes, porque os problemas apresentados envolvem risco de vida.

De acordo com Rodolfo Rizzotto, coordenador do projeto S.O.S. Estradas, os chamados para recall são muito mal feitos no Brasil.

"A comunicação do recall é limitada. Normalmente, é divulgada em apenas um dia em poucos veículos de comunicação", reclama Rizzotto.

Além disso, as montadoras também não costumam divulgar os dados de quem passou pelo procedimento.

Tudo isso compromete a segurança ao volante. Afinal, para quem não sabe, o recall automotivo ocorre quando as montadoras detectam avarias ou falhas na segurança dos veículos que já estão em circulação. Assim, elas "chamam de volta" o consumidor, para corrigir esses problemas e afastar os riscos.


Peça informações na montadora

Por questões de segurança, portanto, todos os consumidores que possuem veículos precisam ficar atentos à necessidade de atender aos chamados de recall, mesmo que os comunicados ainda sejam falhos.

A dica é: não espere algo sair na mídia. Entre em contato com a empresa, ligando para a sua central de atendimento ou acessando o site. As montadoras costumam ter em suas páginas canais específicos com as convocações.

O consumidor também pode consultar todos os veículos que já foram convocados para recall, acessando o site: www.denatran.serpro.gov.br em “consulta recall”. Insira o número do chassi do carro e digite o código de verificação que aparecer.

Outra opção é pesquisar no endereço eletrônico do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), do Ministério da Justiça. Lá, é mantido um sistema de monitoramento on-line de recalls (de diversos tipos de produtos), disponível em www.mj.gov.br/recall.

A ferramenta inclui comunicados desde o ano 2000. Para ter mais detalhes, informe o modelo do veículo e o nome do fabricante ou utilize o filtro com as categorias de produtos.

O consumidor encontrará uma lista com comunicados e, em cada um deles, constam informações como os chassis dos carros com defeito, as descrições dos problemas, os riscos que essas falhas oferecem e os consertos que devem ser feitos.

A PROTESTE orienta que o consumidor também procure o fabricante assim que possível, usando os meios de contato informados no documento, para agendar o reparo gratuito de seu veículo em uma concessionária credenciada.

Se o atendimento não for feito em concessionária, pode ser em uma oficina da rede credenciada do fabricante. E como milhares de pessoas podem ser afetadas pela mesma falha, a maioria das montadoras pede que o serviço seja agendado.

Caso o consumidor tenha problemas para exercer seus direitos, deve recorrer ao órgão de proteção ao consumidor da sua cidade para registrar a reclamação contra o fornecedor, uma vez que a empresa não pode se esquivar da responsabilidade de trocar a peça defeituosa e sem nenhum ônus.

Acesse nosso site e confira informações exclusivas sobre Direito do Consumidor: www.proteste.org.br/institucional

PROTESTE - Associação de Consumidores

Twitter: @proteste
Facebook: PROTESTE – Associação Brasileira de Defesa do Consumidor
Instagram: @protestebrasil
YouTube: Proteste

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


Código de segurança
Atualizar

voltar ao topo

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::