Brasil, 17 de Outubro de 2017
A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Seguros

Seguradora disponibiliza novo serviço gratuito

Clientes de Seguro Automóvel da Grande São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG), Porto Alegre e Caxias do Sul (RS), Rio de Janeiro (RJ), Florianópolis e Itajaí (SC), Curitiba e Londrina (PR) e Vitória (ES) passam a contar com o recurso de funilaria artesanal para o embelezamento de seus carros

Leia mais ...

Generali Brasil apresenta novo diretor de estratégia e novos negócios

Rio de Janeiro – A Generali Brasil Seguros, subsidiária brasileira da Generali e uma das principais seguradoras do mundo, contratou o executivo italiano Michele Cherubini para assumir a diretoria de Estratégia e Novos Negócios, com foco na implementação de estratégias e do marketing da empresa, além de fomentar novas oportunidades de acordos comerciais e parcerias.

Leia mais ...

Balança Comercial – agosto de 2017 - Em oito meses, superavit comercial já é maior que de todo o ano passado

 

O superávit da balança comercial brasileira dos primeiros oito meses do ano foi de US$ 48,1 bilhões, valor que já ultrapassa o total alcançado em todo o ano passado, US$ 47,7 bilhões. Trata-se de recorde da série histórica,  iniciada em 1989. O valor é 48,6% maior que o alcançado de janeiro a agosto de 2016 (US$ 32,3 bilhões). Os números foram divulgados pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC).
Leia mais ...

Vida e Previdência são boas opções para novos corretores

O Seguro de Vida tem como principal objetivo proteger a família caso imprevistos venham a acontecer, dando o apoio necessário para se reestabelecer o equilíbrio econômico. Já a Previdência Privada visa complementar o benefício da Previdência Social e pode funcionar como uma fonte de renda para o contratante.

Leia mais ...

Cinco características mais comuns de um profissional mediano

A Dona Irene, senhora do cafezinho, me disse uma vez: “Esse povo não quer trabalhar, só quer emprego”. Sábia, essa dona Irene. Afinal, enquanto alguns profissionais buscam sempre atualização e novos caminhos para liderar mudanças efetivas em seus mercados, há também os profissionais medianos, ou seja, aqueles que preferem a zona de conforto de fazer meramente o necessário e seguir uma rotina que tem a duração exata da jornada de trabalho acordada na sua contratação.

Leia mais ...

Arbitragem resolve conflito empresarial sem ônus de processos judiciais

Toda organização empresarial está sujeita a conflitos e confiar sua solução ao Judiciário é, além de moroso e caro, uma decisão de alto risco para a sobrevivência do negócio. Grande parte das empresas que desapareceram nos últimos anos enfrentou demoradas disputas judiciais, muitas ainda em andamento. Para o consultor Gino Oyamada, que orienta empresas na adoção das melhores práticas de governança e gestão, os instrumentos da governança corporativa atuam preventivamente para evitar que o conflito afete a companhia. Mas quando ele é inevitável, a solução deve ser buscada por meio da mediação e da arbitragem.

Leia mais ...

Alexandre Camillo e Osmar Bertacini comentam iniciativas do Sincor-SP na rádio Imprensa

Nesta segunda-feira (04/09), o presidente do Sincor-SP (Sindicato dos Corretores de Seguros de São Paulo), Alexandre Camillo, e o 2º secretário e coordenador do programa Cultura do Seguro, Osmar Bertacini estarão nos estúdios da rádio Imprensa FM (102,5), para comentar as iniciativas da gestão aos longos dos mais de três anos à frente do Sincor-SP. O programa acontece ao vivo das 7h às 8h.

Leia mais ...

Corretor deve diversificar carteira para atender todas as necessidades do cliente

A frase “não se deve colocar todos os ovos na mesma cesta”, atribuída a James Tobin, economista estadunidense nascido em Champaign e ganhador do Prêmio Nobel de Economia (1981) por sua análise de mercados financeiros e suas relações com decisões sobre despesas, emprego e produção, parece feita sob medida para os Corretores de Seguros. Pelo menos é o que acredita o consultor Sérgio Ricardo, que analisa: “O ditado popular é muito interessante e deve ser seguido pelos Corretores de Seguros, porque quem só trabalha com foco em seguros de automóvel, por exemplo, deixa de atender seus clientes nas demais necessidades e abre a possibilidade dele criar vínculos com outros Corretores que podem, mais a frente, concorrer na renovação do ramo em que ele atua para esse cliente”.

Leia mais ...
Assinar este feed RSS

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::