Brasil, 12 de Dezembro de 2017
A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Levantamento do Banco Central revela que apenas 19% dos MEIs possuem conta bancária

Falta de garantias para comprovar a evolução e o faturamento desses pequenos negócios dificultam o acesso e inclusão financeira junto ao sistema financeiro tradicional. O dado faz parte da Série Cidadania Financeira do BC - Panorama do Crédito Concedido a Microempreendedores Individuais de 2017

Com o crescimento dos pequenos negócios originados no País pela falta de emprego, o Banco Central revelou, recentemente, estudo inédito constatando que, dos 8,7 milhões de microempreendedores individuais (MEIs) formalizados, apenas 19% desse total têm conta bancária como pessoa jurídica, sendo que só 8% possuem operações de crédito.

“A dificuldade de comprovação do faturamento mensal desses pequenos negócios tem levado muita gente à informalidade e à exclusão financeira, já que para o sistema bancário é um risco liberar crédito. Cabe a nós, instituições financeiras, que conhecemos a realidade das microempresas, o papel do primeiro contato com o sistema financeiro formal”, explica Ricardo Assaf, presidente da ABSCM – Associação Brasileira das Sociedades de Microcrédito.

As SCMEPPs - Sociedades de Crédito ao Microempreendedor e à Empresa de Pequeno Porte, são entidades reguladas e supervisionadas pelo Banco Central para conceder microcrédito, como uma forma de fomentar o empreendedorismo, a inclusão social e educação financeira. Esse tipo de capital beneficia pessoas de baixa renda, sendo utilizado também como capital de giro aplicado ao negócio.

“Além de garantir segurança na obtenção do crédito, temos a experiência de atuar há muitos anos nesse segmento que, geralmente, é deixado de lado. Os agentes de crédito conhecem as necessidades de cada nicho, fazem o acompanhamento necessário e orientam os microempreendedores com relação ao bom uso do dinheiro. O microcrédito é algo específico, que deve ser concedido por instituições financeiras especializadas e que saibam avaliar riscos e a quem ofertar esse capital”, pontua Assaf.

A relação próxima do cliente, além de inibir o risco de fraudes, ajuda a criar um círculo virtuoso em que a instituição passa a entender o “DNA do cliente”, considerando a comunidade, linguagem, necessidade e entorno, logo a liberação do dinheiro é feita de forma consciente e direcionada.

Dados

Ainda segundo o levantamento do BC, o saldo da carteira de crédito do MEI PJ em 2016 foi de R$ 4,2 bilhões. Porém a carteira de crédito de PF, registrada como MEI, foi quinze vezes maior, de R$ 64,6 bilhões. Dos MEIs que tomam crédito como pessoa física cerca de 60% são homens e 40% mulheres, e concentram-se nas faixas etárias de 25 a 54 anos.

As microempresas tomadoras de crédito passaram de 1,1 milhão, no início de 2012, para mais de 2,8 milhões em agosto de 2017. Também foi apurado que as empresas de todos os portes perderam participação no crédito em benefício das grandes empresas que passaram a concentrar mais de 57,3% do total.

As EPPs, empresas de pequeno porte, passaram de 13,5%, em 2012, para menos de 10% em agosto desse ano. Já as ME recuaram de 5,2% para 4,3%. Juntas, as MPEs representam 98% do universo de empresas e mais da metade do emprego, mas recebem pouco mais de 14% de todo o crédito do SNF – Sistema Financeiro Nacional.

O estudo faz parte do Panorama do Crédito Concedido a Microempreendedores Individuais, programa do Banco Central para aprimorar o diagnóstico da cidadania financeira no País. Os dados são do cadastro dos MEIs, fornecido pela Secretaria Especial da Micro e Pequena Empresa (Sempe) do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, com as informações das bases de dados do BC: o Cadastro de Clientes do Sistema Financeiro Nacional (CCS) e o Sistema de Informações de Crédito (SCR) de 2016.

Para mais informações e dados, acesse o site do Banco Central:

http://www.bcb.gov.br/nor/relincfin/serie_cidadania_financeira_4_credito_concedido_mei.pdf

Sobre a ABSCM

É uma Associação Brasileira das Sociedades de Microcrédito é uma associação civil sem fins lucrativos, criada no ano 2000, com o objetivo de fomentar o empreendedorismo no País, facilitar as condições operacionais e fortalecer institucionalmente as SCMEEPPs. Atualmente conta com 28 instituições credenciadas e está presente em 12 Estados brasileiros. A ABSCM desempenha papel importante como interlocutora entre as associadas e os públicos de interesse, visando a mudança e a modernização do marco legal e regulatório em favor do crescimento e consolidação do setor.


------------------------------------------------------------------------------------
Segs.com.br valoriza o consumidor e o corretor de seguros

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


Código de segurança
Atualizar

voltar ao topo

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::