Brasil, 14 de Dezembro de 2017
A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Classificação fiscal é um dos principais desafios para o comércio exterior no Brasil

Elevado número de alterações normativas desafia o compliance das companhias; Setores automotivo, varejo e TI e Telecom estão entre os mais afetados

A Thomson Reuters, provedora líder mundial de informação e tecnologia, realizou um estudo em que revela que a Classificação Fiscal de Mercadorias – NCM (Nomenclatura Comum do Mercosul) no processo de importação e exportação no Brasil ainda é um dos principais desafios para as empresas. O estudo mostra ainda que setores automotivos, varejo e TI e Telecom estão entre os mais afetados devido ao grande fluxo de mercadorias e elevada quantidade de códigos normativos. As empresas precisam estar atentas ao preenchimento correto nas operações de comércio exterior e de mercado interno e na classificação correta dos produtos, que varia de país para país, sob o risco de receberem multas pelos órgãos regulamentares, além de danos elevados aumento de custos operacionais. A NCM indica a porcentagem de valores de impostos a serem pagos, tratamento administrativo de cada produto e também é usada para controle estatístico das importações e exportações.

De modo geral, a classificação fiscal identifica cada mercadoria com um código numérico e o principal intuito é determinar se o produto precisa ou não de licenças de importação e exportação, impostos e taxas incidentes, além de permitir vantagens para fins de negociação internacional em tratados de livre comércio e de incidência tributária reduzida. O Sistema Harmonizado (SH) é um método que traz uma padronização mundial da classificação fiscal em seis dígitos. Já a Nomenclatura Comum do Mercosul (NCM), adotada pelos países parte do bloco Mercosul, é composta por oito dígitos ou mais, onde os seis primeiros dígitos são idênticos ao SH, e devem ser declaradas corretamente pelas empresas através do preenchimento da Declaração de Importação (DI), Declaração de Exportação e Notas Fiscais, entre outros.

O alcance da classificação fiscal é amplo e o correto enquadramento de um produto na NCM é fundamental para a determinação da carga tributária e para o cumprimento da legislação do Imposto de Importação, Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), tanto na importação quanto nas operações realizadas no mercado interno, assim como de outros tributos, como o Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS), por exemplo, que utiliza a classificação fiscal para a utilização de diversos benefícios fiscais e o enquadramento de um produto no regime de substituição tributária. Além disso, a classificação fiscal é destinada para profissionais das áreas fiscal, comércio exterior, jurídica, contábil, faturamento, comercial e financeiro.

A Thomson Reuters analisou os segmentos de automotivo, varejo e TI e Telecom a fim de entender a complexidade da classificação fiscal nesses setores e destacou os seguintes pontos:

- Automotivo: na construção de um automóvel, por exemplo, são incluídos produtos de diferentes códigos NCMs, estes podem ser importados e/ou comprados no mercado local. O alto volume de produtos e fornecedores torna o processo complexo. O gerenciamento da correta classificação e o compliance é um desafio principalmente quando produtos similares são adquiridos de múltiplos fornecedores locais e internacionais, no segundo caso com um complicador adicional, o compliance com os tratados de livre comércio.

- Varejo: para este segmento existe uma gama muito variada de produtos que podem representar mais de 48 dos 97 capítulos do SH, devido não somente à alta variação dos produtos, mas também por conta dos múltiplos fornecedores e produtos que são sazonais. Entre os produtos gerenciados por este setor estão: tecidos, medicamentos e alimentos.

- TI e Telecom: a gestão da classificação fiscal no setor de tecnologia e telecomunicações é constantemente afetada pela rápida evolução e obsolescência de produtos, também pela convergência de diferentes tecnologias em um mesmo produto. Além disso, os produtos tendem a possuir um alto valor comercial e erros de classificação podem resultar em multas de alto valor.

Para Rogério Gardenal, Gerente de Produtos da Thomson Reuters Brasil, “A correta classificação fiscal de mercadorias é crucial para o processo de importação e exportação. É preciso que o responsável por essa operação esteja muito atento em cada passo”, revela. “Umas das alternativas, no entanto, está na implementação de sistemas tecnológicos, como o ONESOURCE Classifier da Thomson Reuters, que auxilia o profissional durante a classificação, facilitando o processo a apresentando toda a informação necessária para a correta classificação, além de garantir compliance ao guiar o usuário e armazenar dados para auditorias através de um workflow completo e seguro”, finaliza.

Veja mais informações sobre o processo de classificação fiscal, em: https://www.thomsonreuters.com.br/pt/tax-accounting/comercio-exterior/onesource-global-trade/onesource-classifier.html
Thomson Reuters

Resultado da aquisição do Reuters Group pela Thomson Corporation em 2008, a Thomson Reuters é a provedora líder mundial em informação estratégica e tecnologia para empresas e profissionais dos segmentos financeiro, de risco e compliance, jurídico, tributário, contábil, de comércio exterior e de mídia. Com mais de 50 mil profissionais no mundo (2.200 no Brasil), a Thomson Reuters possibilita às empresas gerenciar investimentos, minimizar riscos e cumprir plenamente todas as obrigações legais, permitindo obter vantagem competitiva com maiores retornos de produtividade. A expertise global da Thomson Reuters, somada ao crescimento orgânico e às aquisições no Brasil, permite à companhia auxiliar seus clientes a transformarem dados em estratégia, atendendo as necessidades específicas do mercado nacional.

Thomson Reuters é a provedora líder mundial de notícias e informação para mercados profissionais. Nossos clientes confiam em nossa companhia para ter acesso à inteligência, à tecnologia e à experiência que precisam para obter respostas confiáveis. A empresa opera em mais de 100 países há mais de 100 anos. As ações da Thomson Reuters estão listadas nas Bolsas de Valores de Toronto e de Nova York. Para mais informações, visite www.thomsonreuters.com.br

 


------------------------------------------------------------------------------------
Segs.com.br valoriza o consumidor e o corretor de seguros

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


Código de segurança
Atualizar

voltar ao topo

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::