Brasil, 24 de Setembro de 2017
A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Perdas com furacões Irma e Harvey, que podem chegar a US$ 75 bi, domina debates no Rendez-Vous, em Mônaco

  • Escrito por  Sindseg - RS
  • Adicionar novo comentario
  • Publicado em Seguros
  • Imprimir
  • Compartilhar::

À medida que o furacão Irma atacava a Flórida, a nata do mundo dos seguros – reunido sob o sol do Mediterrâneo em Monte Carlo, avalia os custos da tempestade para a indústria global no tradicional evento anual Rendez-Vous, que acontece de 8 a 13 de setembro.

O tema do encontro até agora: Irma e seu antecessor, o furacão Harvey, que causaram inundações maciças no Texas há duas semanas, são susceptíveis de afetar os lucros em um setor que luta com apertadas margens, forte concorrência e queda de preços.

Neste estágio inicial, não se espera que os danos sejam tão excessivos que atingiram a base de capital das seguradoras de forma a aumentar os preços dos seguros ou prejudicar suas classificações de crédito, comenta a Reuters.

Irma é um “grande evento para a Flórida e também um grande evento para o setor de seguros”, afirmou Torsten Jeworrek, membro do conselho do gigante alemão de resseguros, Munique Re, aos jornalistas no domingo. Juntamente com cerca de 2,5 mil executivos de seguros, ele está em Mônaco para um conclave anual para buscar melhores preços de resseguro e acordos de subscrição mais técnicos do que comerciais.

Jeworrek, de Munich Re, disse que a avaliação da perda era “complexa” e que “demoraria muito tempo para as estimativas necessárias, deixando alta incerteza no mercado”. Ele estimou que as perdas seguradas para a indústria global totalizariam entre US$ 20 bilhões e US$ 30 bilhões, o que colocaria a tempestade em uma escala similar ao furacão Sandy, cuja tempestade causou inundações em Nova York em 2012.

Para Irma, que atingiu a Flórida no início do domingo depois de assolar o Caribe, as estimativas de perda são mais severas. A AIR Worldwide perdeu as perdas seguradas totais previstas nos Estados Unidos entre US$ 20 bilhões e US$ 40 bilhões.

Tudo combinado, é provável que as tempestades “se traduzam em uma perda de subscrição para o ano”, disse Robert DeRose, diretor da agência de rating de seguros A.M. Melhor. Sua empresa estimou que US$ 75 bilhões em perdas seguradas resultariam em uma elevação significativa do índice combinado de toda a indústria, para 106% em comparação com 95% em 2016.

A grande questão para a indústria tem sido se os resseguradores verão perdas tão altas que podem então exigir preços mais altos por sua cobertura. Essa seria a primeira grande reversão desde o Katrina, o desastre natural mais caro na história dos EUA com perdas seguradas de cerca de US$ 80 bilhões.

O veredicto até agora entre os analistas é que o lucro terá um sucesso, mas a dinâmica do capital e dos preços não. “Nós não vemos isso como um evento que mude o mercado”, disse Brian Schneider da Fitch Ratings. “Não é provável que os preços respondam”.

Tanto Hannover Re quanto Swiss Re, dão um sinal de otimismo para o setor. Elas disseram na segunda-feira que vêem os preços de resseguro estabilizarem após anos de declínio. O Irma está na boca de todos os participantes, sendo, em alguns casos, que alguns tiveram de interromper a viagem para resolver os problemas gerados pelo furacão.

A corretor do resseguro, AON Benfield, disse a alguns funcionários que planejaram viajar para Monte Carlo para manterem seus postos para atender clientes com pedidos de indenizações na Flórida, disse o presidente-executivo, Eric Andersen.

Com o porto cheio de iate de Monte Carlo e os outdoors que anunciavam jatos particulares que contrastam com a destruição no Texas e no Caribe, um jornalista perguntou se as seguradoras poderiam mover sua reunião anual para um local mais modesto. Monte Carlo é “o lugar para estar no final do dia”, disse Jeworrek de Munique Re. “A indústria não se mudaria para outro local para se livrar do dano reputação à sua imagem”. “Também iremos no ano que vem. Você pode escrever isso “, escreveu a Reuters.


------------------------------------------------------------------------------------
Segs.com.br valoriza o consumidor e o corretor de seguros

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


Código de segurança
Atualizar

voltar ao topo

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::