Brasil, 26 de Abril de 2018

TOKIO MARINE SEGURADORA

+ F O N T E -

Investir em Segurança Digital Ajuda a Garantir a Integridade dos Usuários

Por Milson Mendonça*

Desde que a internet passou a ser imprescindível na vida das pessoas, a digitalização se tornou um caminho sem volta. Isso é uma afirmação que vale para os mais diversos setores e, sobretudo, para o mercado de finanças.

Dia após dia, milhares de fraudadores espalhados pelos quatro cantos do mundo tentam fazer com que os usuários caiam em armadilhas que impactarão diretamente na sua vida, real ou virtual. O mesmo ocorre com as instituições, que buscam constantemente as melhores formas de se protegerem e aprimorarem os seus serviços.

Essa preocupação é fundamental para criar um ecossistema digital bancário cada vez mais seguro. Como é de conhecimento de todo mundo, o mercado financeiro tem dados extremamente valiosos e a segurança da informação acaba sendo um dos pontos de maior atenção para as empresas que atuam na área.

A regulamentação vigente exige que bancos, financeiras, fintechs e seguradoras invistam dia e noite em tecnologias de ponta para combater todo e qualquer tipo de ataques ou fraudes. E é exatamente isso que o cliente espera por parte delas: soluções avançadas, eficazes e seguras. Todavia, há de se ressaltar que, além da tecnologia, também há outros fatores que ajudam a eliminar os riscos.

Ambos, tecnologia e ataques cibernéticos, evoluíram, e muito, nos últimos anos. Num passado não muito distante, o assunto segurança só era colocado no centro das atenções depois que algum grande problema aconteceia. Hoje, como o risco de fraudes está muito mais desenvolvido, deve ser ainda maior o cuidado com o roubo dos dados dos clientes e das empresas, números de cartões e, principalmente, com o dinheiro.

Não é a à toa que as empresas do sistema financeiro têm investido milhões ao ano para reforçar suas infraestruturas digitais, diminuir o número de ataques e garantir a segurança durante a autenticação dos clientes.

O montante se justifica. Ao ocorrer um ataque de negação de serviço (DDoS, na sigla em inglês), os serviços de uma instituição podem ficar desestabilizados ou mesmo ser tirados do ar, ocasionando não só prejuízos como também aumentando a sua nota de risco junto ao Banco Central, órgão que regulamenta o setor.

Isso faz muito sentido. De acordo com um levantamento divulgado pela FEBRABAN, por exemplo, o uso de aplicativos para celular e tablets de empresas que oferecem serviços financeiros, conhecido por mobile banking, se tornou, em 2016, o canal mais utilizado pelos brasileiros para a realização de transações bancárias, com 34%. Pela primeira vez, ele superou o internet banking (23%) na preferência dos usuários.

Ainda segundo estudo, na comparação com o ano anterior, o número de operações via mobile banking, que inclui transferências, pagamentos e consultas de salto, cresceu 96% na comparação com o ano anterior, representando um terço do total de todas as transações feitas no Brasil.

Em razão disso, a segurança da informação precisa ser fortemente inserida não só na cultura das pessoas e vista como parte estratégica do negócio. Se lá atrás a conexão só era feita com as ferramentas fornecidas pela empresa, hoje, tudo mudou. Por meio dos seus smartphones, os colaboradores estão conectados praticamente 24 horas aos seus aplicativos e redes sociais e, devido a isso, é primordial que as companhias desenvolvam um ambiente corporativo seguro para impedir qualquer possibilidade de ameaça à segurança do negócios e dos seus clientes.

Por isso, diante de um cenário como este, é preciso que, além dos investimentos destinados à tecnologia, também haja um trabalho de conscientização dos usuários e colaboradores. É preciso que eles estejam engajados, entendam que também são parte parte do processo e percebam a importância da segurança tanto para eles e quanto o pleno andamento da companhia.

É preciso sempre considerar a tríade pessoas-processos-tecnologia. Um está diretamente relacionado ao outro e o grande diferencial está justamente na busca pelo equilíbrio entre si. Nesse contexto, a segurança na área financeira vem se tornando cada vez mais desafiadora e estratégica dentro das organizações que atuam no segmento financeiro. Afinal, todos – empresas e usuários – podem, e devem, desfrutar de um ambiente mais seguro.

Milson Mendonça é CTO do Grupo Avista

------------------------------------------------------------------------------------
Segs.com.br valoriza o consumidor e o corretor de seguros

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


Código de segurança
Atualizar

voltar ao topo

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::