Brasil, 21 de Janeiro de 2018

TOKIO MARINE SEGURADORA

+ F O N T E -

Mielomeningocele e a cirurgia intrauterina

Mielomeningocele e a cirurgia intrauterina

Procedimento realizado sem cortes oferece ao bebê uma recuperação motora 50% melhor do que o tratamento pós-natal

Quando Aline Franciele, moradora de Jacarezinho, Paraná, descobriu na 18ª semana de gestação que seu bebê, a Helô, tinha mielomeningocele, ela decidiu se aprofundar no tema e procurar aconselhamento. “Eu nunca tinha ouvido falar nessa patologia e correr atrás da informação foi fundamental para que eu pudesse oferecer uma vida normal a minha filha”, conta. Aline descobriu que Helô possuía uma malformação congênita causada pelo fechamento incompleto da coluna, o que faz com que fiquem expostas as meninges, ou seja, as membranas da espinha. Segundo Dr. Renato Sá, obstetra e Coordenador Geral do Centro de Diagnóstico da Perinatal, fatores familiares e genéticos podem estar associados. “Esse defeito ocorre durante o desenvolvimento do embrião quando o tubo neural não se fecha de maneira completa, mas o uso do ácido fólico, na dose de 400 microgramas, no período periconcepcional, pode colaborar na prevenção”, explica.

Grávida e com a notícia que sua filha poderia desenvolver deficiência motora ou hidrocefalia, Aline optou viajar para o Rio de Janeiro e realizar a cirurgia fetal na maternidade Perinatal. O procedimento foi executado pela Dra. Denise Araújo Lapa, pesquisadora e responsável pelo desenvolvimento da técnica de cirurgia intrauterina para ‘mielo’ sem a necessidade de abrir a barriga da gestante; e Dr. Renato Sá. “A cirurgia intrauterina é uma boa opção nesses casos, pois faz com que o bebê tenha uma recuperação motora 50% melhor do que o tratamento pós-natal, e reduz a necessidade de colocar uma válvula pra diminuir a hidrocefalia”, esclarece o médico.

A intervenção, que inicialmente era feita a "céu aberto", ou seja, com uma incisão no abdômen da mãe semelhante a uma cesariana, hoje, na Perinatal, é possível ser realizado por fetoscopia (pequenos "furos" no abdome da mãe), o que não impedirá a gestante de ter seu bebê de parto normal, se for este o seu desejo. O procedimento é mais seguro, rápido e barato do que as abordagens atualmente disponíveis.

No caso da Helô, o resultado foi um sucesso. A cirurgia foi feita em junho de 2016 e, depois de dois dias, a bolsa amniótica rompeu fazendo com que Aline entrasse em trabalho de parto. O bebê nasceu saudável, mas foi necessário que ficasse 28 dias na UTI Neonatal para adquirir mais peso. “Hoje, vejo minha filha engatinhando, se movimentando, fazendo tudo que uma criança da idade dela faz e sinto que fiz a coisa certa”, finaliza.

Referência em Cirurgia Fetal e Neonatal

O Grupo Perinatal inaugurou há um ano o Centro de Cirurgia Fetal e Neonatal (CCFN), serviço pioneiro considerado referência no segmento de Perinatologia. O projeto foi criado a partir da integração das expertises em Medicina Fetal, Cirurgia Neonatal e UTI Neonatal, com o objetivo de oferecer um ciclo completo de assistência fetal e neonatal, reforçando o compromisso do hospital no atendimento integral para gestantes e bebês.

Para o diretor médico, Dr. José Maria Lopes, esse primeiro ano do Centro de Cirurgia Fetal e Neonatal foi um passo enorme para o futuro da medicina de alta complexidade no Brasil. “Para a Perinatal, fundada por neonatologistas e que há mais de vinte anos expande sua atuação em medicina de risco, esse projeto representa a consolidação de sua vocação e um conceito único de assistência no Brasil de caráter inovador e arrojado”, diz.

Time de peso – O núcleo de medicina fetal é liderado pelos obstetras Dr. Renato Sá, Dr. Paulo Marinho e Dr. Paulo Nassar e, na área de neonatologia, pelo Dr. Jofre Cabral e Dr. Fernando Martins. Fazem parte desta equipe a Dra. Sandra Pereira e Dr. Jefferson Magalhães, coordenadora e cirurgião chefe, respectivamente, do Centro de Cirurgia Cardíaca, e os cirurgiões Dr. Gabriel Mufarrej e Dr. Francisco Nicanor. A Dra. Denise Araújo Lapa, pesquisadora e responsável pelo desenvolvimento da técnica de cirurgia intrauterina para mielomeningocele minimamente invasiva, também integra a equipe.

Publicidade

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Publicidade

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


Código de segurança
Atualizar

voltar ao topo

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::