Brasil, 13 de Dezembro de 2017
A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Saúde teve um ano de crise e transformações que se intensificarão em 2018

O ano de 2017 foi de crises para a área da saúde e, ao mesmo tempo, de transformações que devem continuar em 2018. Melhoria da gestão, aprimoramento do modelo assistencial, ética, mudanças no modelo de remuneração, Saúde 4.0 foram temas que pautaram as discussões e que devem se aprofundar em 2018.

Esta foi a principal conclusão do painel Saúde: Balanço 2017 e tendências para 2018, que contou com as participações de Antonio José Rodrigues Pereira, Superintendente do Hospital das Clínicas de São Paulo; Dirceu Barbano, consultor da B2CD e ex- Diretor Presidente da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitário); Francisco Balestrin, presidente do Conselho de Administração da Anahp (Associação Nacional dos Hospitais Privados) e Gonzalo Vecina, Professor Assistente da Faculdade de Saúde Pública da USP e ex-Superintendente Corporativo do Hospital Sírio Libanês.

O debate foi realizado ontem durante o encontro anual da ABIMED-Associação Brasileira da Indústria de Alta Tecnologia de Produtos para Saúde, que reuniu em São Paulo autoridades e lideranças de saúde dos setores público e privado do país.

“A crise criou uma necessidade de melhorarmos a gestão e a transparência e gerou uma cultura de resultados que veio para ficar”, afirmou Rodrigues Pereira.

Para Vecina, uma das questões fundamentais em 2018 será discutir o tipo de assistência que o país quer prestar. E, segundo Barbano, temas estruturais da saúde como este precisam envolver o SUS (Sistema Único de Saúde) que, a seu ver se afastou dos debates.

“Em 2017 ficou claro que o futuro chegou. Vivemos uma fase de transição. A visão de saúde que tínhamos não será mais a mesma e em 2018 teremos que enfrentar as grandes questões da saúde”, ressaltou Balestrin.

Balanço

Após quatro anos no comando da ABIMED, Fabrício Campolina, presidente do Conselho de Administração da entidade, fez um balanço de sua gestão, apontando marcos importantes de crescimento e reposicionamento institucional da associação.

Campolina destacou, entre outros pontos, o aumento de 80% no número de associados, acordos de cooperação com o Ministério da Saúde e Anvisa, a realização de campanhas em prol da inovação e do acesso da população a novas tecnologias e o fomento da ética e transparência no setor de produtos para saúde.

O executivo apresentou ainda os 11 dirigentes que assumirão o Conselho da Administração da ABIMED a partir de 1º de janeiro de 2018, sob a presidência de Felipe Kietzmann, da Alcon, e os integrantes da Comissão de Ética.

Por vídeo, Kietzmann apontou as prioridades de sua futura gestão e destacou que a ABIMED continuará a trabalhar ativamente para reforçar o valor da tecnologia e a ética no setor.

Durante o encontro, a ABIMED também lançou a quinta versão atualizada do Código de Conduta da entidade. A primeira foi elaborada em 2006 e, desde então, vem sendo revisada periodicamente para se adequar às melhores práticas nacionais e internacionais de ética.

Sobre a ABIMED

A ABIMED congrega cerca de 230 empresas de alta tecnologia na área de equipamentos, produtos e suprimentos médico-hospitalares. Criada em 1996, é sócia-fundadora do Instituto Coalizão Saúde, membro do Conselho Consultivo do Instituto Ética Saúde e foi a primeira associação de classe da área da Saúde a criar e implementar um Código de Conduta para as empresas.

A associação também coopera com a Anvisa e com órgãos públicos da Saúde, fomentando a implementação de políticas e regulamentações que proporcionem à população acesso rápido a novas tecnologias e a inovações, em um ambiente ético de negócios.

As associadas da ABIMED respondem por 65% do faturamento do segmento médico-hospitalar. O setor de produtos para saúde tem participação de 0,6% no PIB brasileiro, conta com mais de 13 mil empresas e gera em torno de 135 mil empregos.

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


Código de segurança
Atualizar

voltar ao topo

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::