Brasil, 13 de Dezembro de 2017
A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Terapia anticoagulante é tema de estudos apresentados pela Boehringer Ingelheim durante maior evento de cardiologia do mundo

Dados comprovam a eficácia e segurança do primeiro agente reversor aprovado no Brasil para reverter o efeito de medicamento anticoagulante em caso de emergência

A Boehringer Ingelheim (BI), uma das 20 maiores farmacêuticas do mundo, apresentou durante o principal encontro científico da área de cardiologia, promovido pela Associação Americana do Coração (AHA), novos dados que reforçam a segurança dos pacientes que utilizam o anticoagulante etexilato de dabigratana e seu agente reversor lançado recentemente no Brasil, o idarucizumabe. Esse agente é indicado para reverter a ação anticoagulante da dabigatrana em situações de urgência e emergência, e supre uma necessidade médica não atendida, tendo em vista que uma das maiores preocupações de médicos e pacientes com relação à anticoagulação é o risco de emergências e sangramento. As subanálises dos estudos clínicos RE-DUAL PCI™ e RE-VERSE AD™ trouxeram, respectivamente, informações a respeito da redução no índice de sangramento em pacientes com fibrilação atrial submetidos a angioplastia e sobre melhorias no manejo de pacientes anticoagulados em casos de acidentes, hemorragias e cirurgias de emergência.

Os estudos - publicados este ano no New England Journal of Medicine1 – tiveram como foco novas abordagens de tratamento para pacientes que fazem parte de grupos de risco para o desenvolvimento de trombos e doenças relacionadas, como a trombose. Isso inclui pacientes com Fibrilação Atrial (FA), uma arritmia cardíaca que faz com que os átrios do coração se contraiam de maneira descompassada, e que é um dos principais fatores de risco para o acidente vascular cerebral isquêmico (AVCi), além de pacientes em situações de emergência, com graves sangramentos ou que precisem de cirurgia de urgência, enquanto tomam medicamentos anticoagulantes.

No total, seis apresentações envolvendo o etexilato de dabigatrana e o seu agente reversor foram apresentados no encontro. “O AHA é o evento internacional mais importante na área de cardiologia e o trabalho da Boehringer Ingelheim no desenvolvimento de um agente reversor para medicamento anticoagulante certamente mereceu o destaque, já que situações de emergência envolvendo pacientes em tratamento tem sido uma grande preocupação tanto para os médicos quanto para os pacientes”, afirma Dr. Mucio Tavares, diretor da Unidade Clínica de Emergência do Instituto do Coração (InCor).

RE-DUAL PCI™

A subanálise do estudo clínico RE-DUAL PCI™ envolveu 2.725 pacientes em 41 países e investigou as novas abordagens no tratamento de pacientes com FA submetidos à angioplastia coronária com colocação de sten2. Os pacientes com FA têm 5 vezes mais chances de sofrer um AVC2 e necessitam de um tratamento anticoagulante oral para reduzir esse risco. Cerca de 20 a 30% deles têm doenças nas artérias coronárias e podem precisar fazer uma angioplastia com colocação de stent3 para melhorar a circulação sanguínea. Uma das abordagens médicas nesses casos é a terapia tripla, que combina a varfarina a dois medicamentos antiplaquetários (incluindo ácido acetilsalicílico), no entanto, esse tratamento é associado a altos índices de sangramentos5-8. O RE-DUAL PCI™ sugere o uso da terapia dupla com a dabigatrana em duas dosagens diferentes, com um antiplaquetário sem ácido acetilsalicílico. Essa abordagem, no estudo, manteveíndices semelhantes de sucesso na prevenção de eventos tromboembólicos, porém com índices significantemente mais baixos de sangramentos.

Os resultados gerais do estudo foram9-10:

· Incidência de desfecho primário - tempo de espera até um sangramento maior ou clinicamente relevante:

o Redução de 48% para o grupo que recebeu a terapia dupla com dabigratana 110mg em relação ao grupo que recebeu terapia tripla

o Redução de 28% para o grupo que recebeu a terapia dupla com dabigatrana 150mg, em relação ao grupo que recebeu terapia tripla (diferença relativa)

· Índices semelhantes de desfecho secundário, relacionado ao desenvolvimento de trombos, para as duas dosagens de dabigatrana durante terapia dupla na comparação com a terapia tripla com varfarina

RE-VERSE AD™

Já o estudo RE-VERSE AD™, que envolveu 503 pacientes em 173 localidades de 39 países, gerou duas novas subanálises11-12 a respeito da segurança e eficácia do medicamento idarucizumabe, o agente reversor do efeito anticoagulante da dabigatrana em pacientes com diferentes situações emergenciais, incluindo hemorragias ou necessidade de cirurgias ou procedimentos de urgência, além de análises adicionais sobre o seu uso em pacientes com sangramento gastrointestinal10, tipo de hemorragia mais comum entre os pacientes inscritos. Dos pacientes que apresentaram esse quadro, a reversão completa do efeito anticoagulante da dabigatrana foi observada em 95% dos casos.

Foram apresentados também durante o AHA os resultados relativos a avaliação de sangramento peri procedimentos em pacientes que precisam de procedimento de emergência. O idaracizumabe reverteu totalmente o efeito anticoagulante da dabigatrana de maneira rápida em aproximadamente 98% dos casos, com base no tempo de trombina diluída, exame que mede o tempo de coagulação do sangue11.

O tempo médio entre a administração do idaracizumabe e o início das cirurgias variou entre 1h12 e 1h54, dependendo do tipo de procedimento realizado, sendo que em 92% dos casos o sangramento durante e após o procedimento foi considerado dentro do habitual para os padrões cirúrgicos. RE-VERSE AD™ é a única investigação global da atuação de um agente reversor para um anticoagulante oral não-antagonista de vitamina K em situações reais de emergência11.

Sobre o Pradaxa® (etexilato de dabigatrana)

A experiência clínica de Pradaxa® equivale a aproximadamente 7,9 milhões de pacientes por ano para todas as indicações prescritas no mundo todo. Pradaxa® está no mercado há mais de oito anos e já foi aprovado em mais de 100 países13.

As atuais indicações aprovadas de Pradaxa® são14-15:

· Prevenção de AVC e embolia sistêmica em pacientes com Fibrilação Atrial e com fator de risco para AVC.

· Prevenção de tromboembolia venosa em pacientes submetidos a cirurgia eletiva de artroplastia total de quadril ou joelho

· Tratamento de trombose venosa profunda (TVP) e embolia pulmonar (EP) e prevenção de TVP e EP recorrentes em adultos

Dabigatrana, um inibidor direto de trombina, foi o primeiro medicamento aprovado de uma nova geração de anticoagulantes, disponíveis para uma demanda não atendida da comunidade médica para a prevenção e tratamento de doenças tromboembólicas agudas e crônicas16-18. Os potentes efeitos antitrombóticos são alcançados devido a ação dos inibidores diretos de trombina que bloqueiam a atividade dessa enzima, que tem papel central no processo de formação de coágulos (trombos)18. Ao contrário dos medicamentos antagonistas da vitamina K, que agem, em geral, por meio de diferentes fatores de coagulação, a dabigatrana tem ação anticoagulante efetiva, previsível e reprodutível, com baixo potencial para interação medicamentosa ou contraindicação alimentícia, e sem a necessidade de monitoramento de coagulação ou obrigatoriedade de ajuste na dosagem16-18.

Dabigatrana é o único anticoagulante oral não antagonista da vitamina K que possui um agente reversor, o Praxbind® (idarucizumabe), aprovado na União Europeia, EUA e mais recentemente no Brasil, para pacientes adultos em tratamento com a dabigatrana que precisem reverter seus efeitos anticoagulantes rapidamente em casos de procedimentos e cirurgias de emergência, ou em caso de sangramentos fora de controle que ameacem a vida do paciente19-20.

Sobre Praxbind® (idarucizumabe)

Praxbind® é um fragmento de anticorpo humanizado, concebido como agente reversor específico de Dabigatrana (Pradaxa®)20. Praxbind® bloqueia especificamente as moléculas de Dabigatrana, neutralizando seu efeito anticoagulante sem interferir em outras etapas da cascata de coagulação21-22. É indicado para pacientes tratados com Pradaxa® quando a reversão de seus efeitos anticoagulantes é necessária em caso de23-24:

· Procedimentos e cirurgias emergenciais;

· Hemorragias com risco de vida.

Em alguns países, o Praxbind® ainda aguarda aprovação. A Boehringer Ingelheim pretende expandir a oferta de idaracizumabe em todos os países onde o Pradaxa® (etexilato de dabrigatrana) é comercializado25.

Sobre a Boehringer Ingelheim

A Boehringer Ingelheim é uma das 20 principais farmacêuticas do mundo e possui cerca de 50.000 funcionários globalmente. Atua há mais de 130 anos para trazer soluções inovadoras em suas três áreas de negócios: saúde humana, saúde animal e fabricação de biofármacos. Em 2016, obteve vendas líquidas de cerca de € 15.9 bilhões e os investimentos em pesquisa e desenvolvimento corresponderam a 19,6% do faturamento líquido (mais de € 3 bilhões). No Brasil há mais de 60 anos, a Boehringer Ingelheim possui escritórios em São Paulo e Campinas, e fábricas em Itapecerica da Serra e Paulínia. A empresa recebeu, em 2017, a certificação Top Employers, que a elege como uma das melhores empregadoras do país por seu diferencial nas iniciativas de recursos humanos. Para mais informações, visite www.boehringer-ingelheim.com.br e www.facebook.com/BoehringerIngelheimBrasil.

REFERÊNCIAS

1 - “Idarucizumab for Dabigatran Reversal — Full Cohort Analysis” disponível em , acessado em 21/11/2017

2 - Oldgren J. et al. Subgroup analysis from the RE-DUAL PCI trial: Dual antithrombotic therapy with dabigatran in patients with atrial fibrillation undergoing percutaneous coronary intervention. AHA Scientific Sessions 2017, Anaheim, California, Late-breaking session, Oral presentation on Nov 14, LBS.05.

3 - American Heart Association. Know your risks Afib & Stroke. Disponível em: http://www.heart.org/HEARTORG/Conditions/Arrhythmia/AFib-Awareness_UCM_476637_SubHomePage.jsp

4 - Lip G. et al. Antithrombotic management of atrial fibrillation patients presenting with acute coronary syndrome and/or undergoing coronary stenting: executive summary—a Consensus Document of the European Society of Cardiology Working Group on Thrombosis, endorsed by the European Heart Rhythm Association (EHRA) and the European Association of Percutaneous Cardiovascular Interventions (EAPCI). European Heart Journal. 2010;31:1311–18.

5 - Coppens M. and Eikelboom JW. Antithrombotic Therapy After Coronary Artery Stenting in Patients With Atrial Fibrillation Circ Cardiovasc Interv. 2012;5:454–5.

6 - Nikolsky E. et al. Outcomes of patients treated with triple antithrombotic therapy after primary percutaneous coronary intervention for ST-elevation myocardial infarction (from the Harmonizing Outcomes With Revascularization and Stents in Acute Myocardial Infarction [HORIZONS-AMI] trial). Am J Cardiol. 2012;109:831–838.

7 - Andrade JG. et al. Risk of bleeding on triple antithrombotic therapy after percutaneous coronary intervention/ stenting: a systematic review and meta-analysis. Can J Cardiol. 2013; 29:204–212.

8 - Verheugt FW. Triple antithrombotic therapy after coronary stenting in the elderly with atrial fibrillation: necessary or too hazardous? AmHeart J. 2012;163:531–534.

9 - Cannon CP. et al. RE-DUAL PCI: Dual Antithrombotic Therapy with Dabigatran after Percutaneous Coronary Intervention in Patients with Atrial Fibrillation. ESC Congress, Barcelona, 2017, Abstract 1920.

10 - Cannon CP. et al. Dual Antithrombotic Therapy with Dabigatran after PCI in Atrial Fibrillation. New Engl J Med. 2017; DOI: [10.1056/NEJMoa1708454]. http://www.nejm.org/doi/full/10.1056/NEJMoa1708454. Last accessed November 2017.

11 - Levy J et al. Idarucizumab in dabigatran-treated patients requiring emergency surgery or intervention: Updated/final results from the RE-VERSE AD study. AHA Scientific Sessions 2017, Anaheim, California, Oral presentation 297 on Nov 13, Abstract15113.

12 - Huisman MV et al. Idarucizumab is effective and safe in the inhibition of dabigatran anticoagulation in patients presenting with a gastrointestinal bleeding: Insights from the RE-VERSE AD study. AHA Scientific Sessions 2017, Anaheim, California, Poster presentation 5003 on Nov 13, Abstract 16489.

13 - Boehringer Ingelheim Data on File.

14- Pradaxa® US Prescribing Information, 2015.

15 -Pradaxa® European Summary of Product Characteristics, 2016.

16 - Stangier J. Clinical pharmacokinetics and pharmacodynamics of the oral direct thrombin inhibitor dabigatran etexilate. Clin Pharmacokinet. 2008;47(5):285–95.

17 - Di Nisio M. et al. Direct thrombin inhibitors. N Engl J Med.2005;353:1028–40.

18 - Stangier J. et al. Pharmacokinetic Profile of the Oral Direct Thrombin Inhibitor Dabigatran Etexilate in Healthy Volunteers and Patients Undergoing Total Hip Replacement. J Clin Pharmacol. 2005;45:555–63.

19 - Praxbind® European Summary of Product Characteristics, 2016.

20 - Praxbind® US Prescribing Information, 2015.

21 - Schiele, F. et al. A specific antidote for dabigatran: functional and structural characterization. Blood. 2013;121(18):3554-62.

22 - Pollack C.V. et al. Design and rationale for RE-VERSE AD: A phase 3 study of idarucizumab, a specific reversal agent for dabigatran. Thromb Haemost. 2015;114(1):198-205.

23 - Idarucizumab European Summary of Product Characteristics, 2016.

24 - Idarucizumab US Prescribing Information 2015.

25 - Boehringer Ingelheim. Data on File.

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


Código de segurança
Atualizar

voltar ao topo

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::