Brasil, 17 de Novembro de 2017
A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Boa notícia para startups: alteração na lei incentiva investidores-anjo

  • Escrito por  OS2 Comunicação
  • Adicionar novo comentario
  • Publicado em Seguros
  • Imprimir
  • Compartilhar::

A partir de 1º de janeiro, legislação elimina risco de investidor arcar com dívidas e processos provenientes de negócios fracassados

A partir do primeiro dia de 2017, entra em vigor uma alteração na legislação brasileira que pode incentivar investimentos em empreendimentos de pequeno e médio porte. A Lei Complementar n.º 155, de 27 de outubro de 2016, que trouxe basicamente alterações nos limites de receita bruta permitida aos optantes do Simples Nacional, aproveitou e inseriu uma medida que vai minimizar os riscos daquele que se convencionou a chamar de investidores-anjo: eles terão como risco limítrofe a perda do capital investido, nada além disso. Em outras palavras, não responderão por qualquer dívida da empresa, inclusive se esta entrar em recuperação judicial ou até mesmo vier a falir.

Um dos aspectos legais que ainda inibe o crescimento deste tipo de investimento são os riscos de passivos e contingências eventualmente decorrentes do fracasso do negócio, como dívidas com fornecedores e processos trabalhistas.

Investidores-anjo são fundamentais para que pequenos e médios empreendedores tirem suas boas ideias do papel e as transformem em negócios que gerem renda, empregos e, principalmente, desenvolvimento econômico, social e tecnológico, uma vez que empreendimentos de tal porte nem sempre geram receita em quantidade e velocidade suficientes para arcar com os juros que as linhas de crédito tradicionais praticam.

“Por meio de acordos mais flexíveis, estes investidores-anjo podem ter a paciência que as instituições financeiras não possuem, esperando que o novo empreendimento decole e se estabeleça no mercado antes de cobrar o investimento inicial. São, em última análise, essenciais para o crescimento da economia”, analisa o advogado Vinícius Camargo Silva, do CSDS Advogados.

 

 

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


Código de segurança
Atualizar

voltar ao topo

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::