Brasil, 11 de Dezembro de 2017
A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

​Hub de inovação, cultura e experiências, a startup A Vida no Centro surge para apoiar o movimento de retomada do centro de São Paulo

Projeto tem o objetivo de ajudar a melhorar a vida no centro da capital, usando para isso diferentes instrumentos, como plataforma digital, microeventos, experiências e projetos de marketing e turismo para marcas

Uma das funções da iniciativa é mostrar o centro para quem mora em outros bairros da capital e não conhece, de verdade, essa região, que vive uma fase de efervescência ligada à economia criativa

Startup desenvolverá projetos de marketing customizados para marcas e serviços de curadoria de tendências e comportamento para auxiliar empresas que buscam se relacionar com o público que mora, trabalha ou vem a São Paulo em viagens de negócios ou lazer

O centro de São Paulo vive uma fase de efervescência ligada à economia criativa, com novos bares, restaurantes, espaços culturais, festas e a presença cada vez maior de um público adulto jovem. Além disso, uma série de projetos, empresas e outros tipos de iniciativas estão surgindo na região. Entre os exemplos estão o Sesc 24 de Maio, que abre neste mês, e o centro cultural do Santander no antigo Banespão, previsto para novembro.

Além disso, diferentes espaços abriram as portas nos últimos anos e levaram um público novo à região, como o Cine Joia, Mirante 9 de Julho e vários outros bares e restaurantes badalados, como a Casa do Porco e o Esther Rooftop. Isso sem falar em pontos tradicionais, como Teatro Municipal, CCBB e Sala São Paulo.

É nesse contexto que surge o projeto A Vida no Centro, uma startup focada na retomada do centro de São Paulo, um lugar não só para trabalhar, mas também morar, se divertir, fazer turismo e aproveitar programas culturais.

O projeto A Vida no Centro é um hub de inovação, cultura e experiências sobre o centro de São Paulo criado pelos jornalistas e empreendedores Denize Bacoccina e Clayton Melo.

“O objetivo da startup é ser um instrumento que, por meio de diferentes ações, ajude a melhorar a vida nessa região e, assim, contribua para tornar São Paulo uma cidade mais aberta, sustentável e inovadora”, diz Clayton. “Nossa intenção é dar visibilidade e estimular o movimento de retomada do centro, algo fundamental e benéfico para a cidade de São Paulo”, diz Denize.

Proposta

O projeto A Vida no Centro vai atuar por meio de diferentes ferramentas e serviços, como plataforma digital, curadoria de tendências e comportamento e experiências, como microeventos temáticos ou customizados para empresas.

O site avidanocentro.com.br será a plataforma digital do projeto. Sua principal função é formar uma comunidade de pessoas interessadas no centro de São Paulo. Assim, a ideia é aproximar jovens empreendedores de diferentes áreas da economia criativa, moradores da região e também de outros bairros, empresas, instituições e demais interessados na retomada do centro de São Paulo. O Facebook da startup já está no ar.

Nesse sentido, a plataforma também cumprirá o papel de apresentar o centro para quem mora em outros bairros de São Paulo e não conhece, de verdade, essa região. E também para quem vive fora da capital e vêm à cidade a negócios ou lazer.

Hub de inovação e modelo de negócios

O projeto vai mostrar quem são os empreendedores, instituições, empresas e pessoas que desenvolvem iniciativas transformadoras no centro. Nesse sentido, também será um hub de inovação e cultura, conectando - por meio de pequenos eventos e projetos especiais - pessoas e empresas que estão transformando positivamente o centro de São Paulo.

O modelo de negócios está baseado em:

· Patrocínios: marcas interessadas em associar sua imagem a projetos que estimulem a recuperação do centro, por meio de apoio à plataforma digital e outras ferramentas de marketing e interação, como microeventos, experiências ou projetos customizados de marketing.

· Curadoria de tendências e comportamentos relacionados ao centro de São Paulo. Por meio de relatórios e análises, o serviço de consultoria auxilia empresas e instituições na concepção de projetos culturais, sociais, marketing e negócios na região.

· Experiências: organização de microeventos – que podem ser feitos sob medida ou não para empresas - que propiciem um maior conhecimento sobre a região e estimulem as pessoas a frequentar o centro (passeios, cursos ou outras ações especiais).

Experiência pessoal motivou a criação do projeto

Denize e Clayton tiveram a ideia do A Vida no Centro no final de 2016, motivados por uma experiência pessoal. Quando decidiram morar no centro de São Paulo, começaram a pesquisar para ver melhor como estava essa região.

Então perceberam duas coisas: havia uma grande movimentação, com novos bares, restaurantes, lojas de moda e escritórios de economia criativa que começaram a atrair um público mais jovem e conectado para a região. Ao mesmo tempo, a maioria das pessoas com quem conversavam não tinha ideia disso. A reação inicial geralmente era de surpresa: “É mesmo? Vocês vão morar no centro?”

Foram, gostaram e viram que podiam ajudar a mudar essa visão, mostrando tudo o que acontece na região e colaborando com marcas em projetos de marketing e comunicação que aproveitem todo o potencial do centro. “Os problemas nessa área da cidade são muito conhecidos e serão discutidos em nossa plataforma ou em cursos e ciclos de debate que pretendemos organizar. Mas a região também tem uma face moderna e vibrante ainda pouco conhecida, até mesmo por quem mora há muitos anos em São Paulo”, diz Denize.

“O centro tem todo o potencial para se efetivar como um polo cultural e de inovação na cidade. No fundo, isso vem acontecendo aos poucos, e por iniciativa das próprias pessoas. Mas é preciso dar visibilidade e conectar todos os atores envolvidos e, assim, amplificar os efeitos desse movimento na região, o que beneficiará a toda a cidade”, afirma Clayton.

Quem são os sócios

Denize Bacoccina

Jornalista formada pela PUC de Campinas com especialização em Relações Internacionais pela Universidade de Brasília, tem quase 30 anos de carreira. Trabalhou em importantes veículos de imprensa nacionais e tem vasta experiência internacional. Foi repórter de Economia do jornal O Estado de S. Paulo nos anos 1990 e, em 2000, foi para BBC Brasil, inicialmente em Londres, depois atuou como correspondente em São Paulo, Washington e Brasília. Entre 2008 e 2015, de volta ao Brasil, foi chefe da sucursal da Istoé Dinheiro em Brasília e, no ano seguinte, superintendente executiva de Conteúdo Digital da EBC. Atualmente, é representante no Brasil de uma agência internacional de vídeos de notícias.

Clayton Melo

Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero, tem MBA em Marketing pela FGV e é especialista no desenvolvimento de projetos digitais. Com 20 anos de carreira, foi editor de importantes publicações, como Istoé Dinheiro, Gazeta Mercantil, IDG e Meio & Mensagem. Atualmente, é colunista de tendências digitais do portal da Isto é Dinheiro e, como empreendedor, é líder da plataforma StartAgro, especializada em tecnologia para a agricultura. Também concebe projetos de marketing digital para empresas, faz curadoria ou dá palestras em eventos de inovação e criatividade, como o Festival Path. A convite do ex-ministro João Paulo dos Reis Velloso, é um dos autores do livro Rumo ao Brasil desenvolvido – Em duas, três décadas (Campus Elsevier, 2012).

Sobre A Vida no Centro

A startup A Vida no Centro é um hub de inovação, cultura e experiências sobre o centro de São Paulo. Em operação desde maio de 2017, o projeto tem como propósito ser um instrumento que, por meio de diferentes ações, ajude a melhorar a vida nessa região e, assim, contribua para tornar São Paulo uma cidade mais aberta, sustentável e inovadora. A empresa atua por meio de diferentes ferramentas e serviços, como plataforma digital, curadoria de tendências e comportamento e experiências, como eventos temáticos ou outros projetos de marketing customizados para empresas. O endereço do site da empresa é http://www.avidanocentro.com.br

 

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


Código de segurança
Atualizar

voltar ao topo

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::