Brasil, 17 de Outubro de 2017
A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Estante Mágica transforma mais de 200 mil alunos em escritores

  • Escrito por  Fabiana RPMCom
  • Adicionar novo comentario
  • Publicado em Educação
  • Imprimir
  • Compartilhar::

Startup criada no Rio já é adotada em mais de 2 mil escolas por todo o Brasil

No universo corporativo, a sigla CEO dá nome ao “chefe do escritório”, maior executivo da empresa. No caso da Estante Mágica, no entanto, o significado que o advogado e cofundador da startup Pedro Concy dá ao termo é algo como “diretor de Encantamento”. Isto já mostra que não se trata de uma empresa comum. Criada em 2012 como uma plataforma de projetos pedagógicos que transforma alunos em escritores, a Estante Mágica surgiu com o sonho de transformar o mundo pela educação. Com parcerias com escolas públicas e particulares em todo o Brasil, está conseguindo. Até o momento, já transformou mais de 200 mil crianças e jovens em autores de livros.

Acompanhado pelo também advogado Robson Melo, que conhecera em um estágio durante a faculdade, Pedro decidiu tornar a sala de aula um lugar divertido, e o ambiente de trabalho, na continuação de suas casas. O sucesso do projeto pode ser medido pela abrangência alcançada pela startup: hoje, ela está presente em mais de duas mil escolas privadas e públicas e redes de idiomas de 630 cidades de 26 estados brasileiros.

No Rio e em São Paulo, por exemplo, fazem parte da lista de parceiros da Estante Mágica instituições como Colégio São Bento, Escola Suíço-Brasileira, Escola Alemã Corcovado, Liessin (todas no Rio) e Colégio Porto Seguro, Colégio Dante Alighieri e Colégio Vértice, para citar alguns dos mais renomados.

Voltados a crianças de 3 a 10 anos de idade, os projetos pedagógicos da Estante Mágica são implementados sem custos pelas escolas. O processo é simples: o colégio se cadastra na plataforma, escolhe o projeto que quer adotar em sala de aula e cada aluno cria a sua própria história, com textos e desenhos, que vão resultar em um e-book gratuito. Transformados em escritores, os alunos têm até direito a um evento de sessões de autógrafos, organizado pela escola, no qual recebem amigos e familiares.

A monetização acontece, apenas, na realização de cada projeto: a produção dos livros impressos dos jovens autores e sua aquisição por pais, amigos e, até - no caso de escolas públicas de cidades do interior - comerciantes locais, que “adotam" um número determinado de autores, em um modelo de crowdfunding.

Modelo orgânico

Diferentemente da maior parte das startups, a Estante Mágica não recebe aportes dos chamados fundos de Venture Capital ou de investidores-anjo. A empresa se define como “orgânica”, reaplicando nela própria a lucratividade alcançada. Mesmo sem os investimentos externos, tem crescido de forma exponencial, triplicando seu faturamento a cada ano. No primeiro ano de operação, faturou R$120 mil. E a previsão para este ano é atingir R$ 8 milhões.

Outro modelo para a Estante Mágica é o megaempresário brasileiro Jorge Paulo Lemann. Neste ano, Pedro foi escolhido pela Fundação Lemann para fazer parte de seu projeto Talentos da Educação, e tem participado de imersões com outros expoentes da Educação, como próprio Jorge Paulo, fundador da Fundação que leva seu nome e cofundador da Fundação Estudar, e o ex-prefeito da cidade de Sobral/CE, Veveu Arruda, que levou a pequena cidade à liderança do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), sendo considerada a melhor rede pública municipal de educação do país.

Na turma de Pedro, há poucos empresários e predominam os funcionários públicos e membros de ONGs voltadas à Educação. Um dos Talentos escolhidos foi Wilmann Costa, gestor do Colégio Estadual Chico Anysio, uma unidade de referência na rede do Rio de Janeiro. Além da capacitação e do networking, Pedro destaca outro benefício do projeto: as lições sobre assessment, ou avaliação, com métricas, um dos princípios do modelo Lemann de negócio.

Como se espera de uma genuína startup, a Estante Mágica adota um formato horizontal de organização, baseado em gestão democrática, mesmo para as decisões estratégicas. Toda a equipe, que soma quase 50 colaboradores, participa destas decisões, em uma espécie de assembleia.

Outra frente de negócios da Estante Mágica trata de parcerias com empresas, como a que estabeleceu com o Instituto Light, no Rio, que visa à aplicação da ferramenta pedagógica para disseminar o uso consciente da energia elétrica. O êxito do projeto resultou no convite para que a Estante ministrasse oficinas no estande que a Light manteve na recém-encerrada Bienal do Livro. Os melhores trabalhos feitos pelas crianças no evento as qualificarão a participar do projeto de Primavera Literária do Instituto.

O futuro

Servir como exemplo para um novo modelo de educação é a aspiração da Estante Mágica. Pedro e Robson acreditam que a metodologia baseada em projetos é mais desafiadora para os alunos e também ajuda a desenvolver a inteligência socioemocional. “Queremos despertar nas crianças competências para o mundo moderno, os chamados 5Cs - comunicação, criatividade, colaboração, curiosidade e criticidade (pensamento crítico). Trabalhar essas aptidões por meio de projetos pedagógicos é o ideal, pois os alunos se tornam protagonistas do próprio aprendizado”, diz Robson Melo.

A meta dos cofundadores da Estante Mágica é ambiciosa: estar presente no mundo inteiro! “Sabemos que será preciso nos adequar a diferentes culturas e realidades, mas, se o modelo criado a partir da Revolução Industrial serviu para o mundo inteiro, não há por que não pensar na ruptura destes conceitos e em aplicar nossas novas metodologias fora das fronteiras do Brasil”, acrescenta Pedro Concy.

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


Código de segurança
Atualizar

voltar ao topo

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::