Brasil, 29 de Setembro de 2016
A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Guarujá recebeu a 12ª edição do Fórum Empresarial de Segurança Privada do Estado de São Paulo

Empresários se reuniram no Hotel Casa Grande – Guarujá, para debater sobre Segurança Privada

O SESVESP, Sindicato das Empresas de Segurança Privada, Segurança Eletrônica e Cursos de Formação do Estado de São Paulo, realizou durante três dias (de 16 a 18 de março) um grande evento de segurança privada no Guarujá. O Fórum Empresarial de Segurança Privada do Estado de São Paulo (FESP) já está em sua 12ª edição, e contou com debates relevantes sobre o cenário da política e segurança no país.

Na noite do dia 16 de março, Reinaldo Azevedo, colunista e jornalista da Folha de S.Paulo e radialista da Jovem Pan, deu abertura ao evento com uma palestra e após realizou um debate sobre o cenário político-econômico do país. Reinaldo opinou sobre as expectativas para os próximos passos na política do Brasil e um eventual governo pós Dilma Rousseff.

Já na manhã do dia 17 de março houve a presença do consultor e palestrante Waldez Ludwing, que aconselhou como manter um negócio próspero, em que ele diz ser fundamental ter inovação e conhecimento. Logo depois houve um debate com Luiz Pondé, que é filósofo, doutor pela USP, Pós-doutorado pela Universidade de Tel Aviv e colunista do Jornal da Cultura e Folha de S.Paulo. Pondé discutiu sobre o marasmo econômico e paralisação política do Brasil na ‘Era PT’. “A partir do momento em que Lula aceitou o cargo para ser ministro da Casa Civil, isso potencializou o caso da Lava Jato e que não vai se restringir apenas ao PT”, opina Pondé.

Encerrando na sexta-feira (18 de março), o evento contou com a presença do secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, José Beltrame. Para o secretário, é muito importante que haja parceria entre a segurança pública e privada, pois as duas funcionam melhor de forma conjunta, comentando que os índices de criminalidade no Rio de Janeiro diminuíram com a junção de ambas. “O país perdeu a capacidade de atender os anseios da população, sendo necessária a parte privatizada para preencher a lacuna”, diz Beltrame, que finalizou o evento.

Para o presidente do SESVESP, João Palhuca, o evento atingiu o seu objetivo e permitiu um debate rico e relevante. “Para nós foi muito importante o acontecimento de mais uma edição do FESP, em que pudemos discutir o papel da segurança privada no país e entender sobre o cenário político atual. Todo o associado Sesvesp sai daqui com maior clareza dos próximos passos a seguir”, conclui Palhuca.

Sobre o SESVESP

O SESVESP é o sindicato patronal das empresas de segurança privada, segurança eletrônica e cursos de formação do Estado de São Paulo. Atualmente, o sindicato representa e é a voz de 530 empresas do setor no Estado que empregam 220 mil vigilantes. São filiadas ao SESVESP 180 empresas (números de 2015). Ainda possui sua matriz em São Paulo e Delegacias Regionais no ABC, São José dos Campos, São Carlos, Bauru, Campinas e Santos, oferecendo assim, maior suporte às empresas que estão distantes da Capital. Atua fortemente no sentido da regulação da profissão de segurança privado e também no combate a Segurança Privada clandestina.

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte.
 www.segs.com.br

Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo

Compartilhar ou Seguir

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::

SEGS NO SEU IDIOMA::
Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Ao se cadastrar, você aceita todos os Termos e Condições de Uso do Segs.com.br que consta no rodapé de todas as páginas do SEGS.