Brasil, 19 de Novembro de 2017
A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Rock In Rio: Geração Z busca experiências entre amigos, além de atrações artísticas, nos festivais de músicA

  • Escrito por  Rodrigo Cabral
  • Adicionar novo comentario
  • Publicado em Demais
  • Imprimir
  • Compartilhar::

A hiperconectividade da geração Z (nascidos entre o final de 1992 até 2010) mudou o comportamento de consumo dos grandes festivais de música, a exemplo do Rock In Rio. Enquanto as gerações X (1960 a 1980) e Y (1970 a 1990) curtiam por si só os shows de cantores e bandas favoritas, os fãs da geração Z buscam experiências, ou seja, momentos de entretenimento entre amigos além das atrações artísticas destes eventos.


Esse é o entendimento do idealizador do Festival de Verão de Salvador Mauricio Magalhães, que também é presidente da agência de comunicação Tudo e criador da Banda EVA, responsável por revelar grandes nomes da música brasileira, como Ivete Sangalo, Daniela Mercury e Carlinhos Brown.

Magalhães explica que para uma geração ‘on demand’, que já nasce com oferta abundante de conteúdo acessado a qualquer momento e lugar, a música já é onipresente no cotidiano dessas pessoas, cujo símbolo é o fone de ouvido. Serviços de streamings como YouTube e Spotify possibilitam que os fãs da geração Z assistam shows personalizados e exclusivos de/em qualquer lugar do mundo e em tempo real ou ‘ao vivo’. A oferta de festivais é generosa e em muitos casos, as atrações artísticas se repetem nestes eventos.

Já para as gerações anteriores, a relação com a música é de escassez. Esperava-se mais tempo por lançamentos, comprava-se CD/DVD físicos e shows dos artistas favoritos demoram mais tempo para acontecer, principalmente, em cidades longe dos grandes centros culturais.

Os festivais de música se tornaram grandes parques de diversões e é isso que tem gerado interesse das novas gerações de fãs. Os shows são apenas uma parte desses eventos. Rodas gigantes, tirolesas, games, entre outras atividades, viram atrações à parte. O que se busca é promover experiências únicas que as pessoas podem viver só nestes festivais junto aos seus amigos.

Magalhães também observa que a característica forte da geração Z é compartilhar os momentos vividos no mundo offline nas redes sociais. Por isso, as estruturas desses festivais de músicas são desenvolvidas para que a geração atual possa disseminar conteúdos (fotos e vídeos) criados por eles. As técnicas de cenografia e roteiro do cinema ajudam a definir as atrações ‘instagramáveis’ (referência ao Instagram) destes festivais. Não basta só viver a experiência, os creators, como são chamados, querem registrar e compartilhar os momentos vividos por eles.

Sobre o porta-voz – Mauricio Magalhães, especialista em grandes eventos de rua. É um dos executivos da indústria do entretenimento pioneiros no Brasil a trabalhar a economia em torno dos eventos que acontecem no país. Criou o Festival de Verão de Salvador, a Banda EVA, participou da reordenação comercial do Carnaval de Salvador e também atua no Carnaval de Rua de São Paulo. Como presidente da agência de comunicação Tudo, cria e produz ativações de marcas em eventos de grande porte no país, entre eles Carnaval e Rock In Rio.

 

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


Código de segurança
Atualizar

voltar ao topo

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::