Brasil, 17 de Outubro de 2017
A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Com ingredientes mais baratos neste ano, caldos quentes e sopas viram opção econômica para o inverno, aponta FecomercioSP

  • Escrito por  Clarisse Ferreira
  • Adicionar novo comentario
  • Publicado em Demais
  • Imprimir
  • Compartilhar::

Segundo a Entidade, alimentos como batata-inglesa (-50,2%), cebola (-41,1%) e feijão-carioca (-30,7%) apresentaram as maiores quedas nos preços na comparação com o ano passado



Com a chegada do inverno, os consumidores mudam seus hábitos, e as sopas e os caldos ganham espaço nas refeições das famílias paulistanas. Neste ano, o consumidor pode usufruir dos caldos quentes sem prejudicar muito seu bolso, já que os preços dos ingredientes das principais receitas estão mais baratos do que há um ano. É o que aponta levantamento da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), elaborado com base nos dados do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), do IBGE.

Segundo a assessoria econômica da FecomercioSP, a inflação acumulada dos últimos 12 meses atingiu 3% em junho, muito abaixo das altas registradas pelo IPCA em 2015 (10,67%) e 2016 (6,29%). Com isso, diversos ingredientes de sopas e caldos quentes estão sendo comercializados com preços inferiores há um ano.

Para preparar uma sopa de legumes, por exemplo, os preços da batata-inglesa estão 50,29% mais baixos do que há 12 meses; a abóbora está 24,21% mais em conta; seguidas por cenoura (-20,72%); mandioquinha (-20,19%) e inhame (-19,53%). A lista de produtos com preços mais baixos não para por aí, e o consumidor pode usar a criatividade e até enriquecer sua refeição com proteínas, com vegetais (feijões) ou acrescendo frango. Ambos acumulam no dado anualizado decréscimo de 30,78% no feijão-carioca, -2,29% no feijão-preto, -0,69% no frango em pedaços e -0,12% no frango inteiro.

Para quem gosta de caldo verde, o preço da couve caiu 14,72%. Outros ingredientes importantes como azeite (-6,47%), alho (-7,42%) e cebola (-41,17%) também apresentaram preços mais baratos do que há 12 meses. Segundo a Entidade, esses itens costumam ser empregados em praticamente qualquer tipo de refeição dos brasileiros, e certamente esse recuo nos preços favorece em grande parte a situação do orçamento familiar em 2017.

Em contrapartida, outros alimentos muito consumidos no inverno, como chocolate quente e fondue, apresentaram preços mais elevados neste ano. O creme de leite está 39,7% mais caro do que há um ano; a manteiga, 19,88%; e o queijo encareceu 7,03%. Para a Federação, esses produtos enfrentam sazonalidade específica e aumento de custos produtivos e tendem a ter seus preços aumentados com a chegada do frio.

Por fim, a recomendação da FecomercioSP é que o consumidor prefira preparar sua sopa em casa, pois o valor do produto desidratado subiu 8,47% em um ano. O mesmo pode ser dito dos caldos concentrados, que estão com alta acumulada de 11,97% nos últimos 12 meses.

Sobre a FecomercioSP
A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) é a principal entidade sindical paulista dos setores de comércio e serviços. Congrega 156 sindicatos patronais e administra, no Estado, o Serviço Social do Comércio (Sesc) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). A Entidade representa um segmento da economia que mobiliza mais de 1,8 milhão de atividades empresariais de todos os portes. Esse universo responde por cerca de 30% do PIB paulista - e quase 10% do PIB brasileiro - gerando em torno de 10 milhões de empregos.

 

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


Código de segurança
Atualizar

voltar ao topo

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::