Brasil, 14 de Dezembro de 2017
A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

90% dos jovens consideram sociedade brasileira pouco ou nada ética, aponta Datafolha, em estudo para o ETCO

  • Escrito por  Edivaldo Chuquetti
  • Adicionar novo comentario
  • Publicado em Demais
  • Imprimir
  • Compartilhar::

Estudo inédito servirá de subsídio para que o ETCO crie uma plataforma online que estimulará professores a discutir a ética na sala de aula

Para o jovem, a sociedade brasileira não é ética. Esse é o resultado de uma pesquisa inédita feita pelo Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial – ETCO, em parceria com o Datafolha. O levantamento constatou que para 90% dos entrevistados, entre 14 e 24 anos, a sociedade brasileira é pouco ou nada ética.

Os números não melhoram nem mesmo quando o alvo do questionamento é o comportamento de pessoas próximas de seu relacionamento. Os próprios familiares foram considerados pouco ou nada éticos para 57% dos entrevistados. A avaliação sobre os amigos é ainda pior: 74%. Em relação à própria conduta, 63% dos jovens afirmam que buscam ser éticos na maioria das vezes em seu dia a dia. Apenas para 8% deles é possível ser ético o tempo todo.

Quando confrontados com perguntas menos hipotéticas e mais objetivas, nem sempre mantiveram a mesma firmeza de conduta. Por exemplo, mais de 50% deles concordam ou concordam totalmente que ao comprar um produto é importante saber se a empresa paga impostos e respeita o meio-ambiente. No entanto, 52% compra produtos piratas por serem mais baratos – a justificativa é que não acreditam estar fazendo mal a alguém.

Observou-se ainda uma descrença na possibilidade de ética da sociedade como um todo. Chama a atenção que 56% concordem que não importa o que se faça, a sociedade sempre será antiética. Mais: 55% admitem que é impossível ser ético o tempo todo e 36% avaliam que, para ganhar dinheiro, nem sempre é possível ser ético.

O Presidente Executivo do ETCO, Edson Vismona, avalia que a pesquisa mostra um cenário preocupante em relação ao jovem e que ela deve ser utilizada para motivá-los a assumir uma postura ética cada vez mais firme. “É verdade que jovens compram produtos pirateados em razão do preço, mas é importante notar que 72% sabem que deixar de comprá-los tornaria o Brasil mais ético. Metade desses jovens ouvidos tem consciência de atitudes que podem influenciar a sociedade positivamente, como participar de atividades políticas e conhecer melhor os partidos. Basta fazê-los entender que a mudança no todo parte do indivíduo e que a sociedade só se torna ética verdadeiramente quando todos contribuem para isso”.

A contradição entre o mundo ideal, ético, e o real, antiético, é intrínseca ao dia a dia dos jovens, principalmente nesse momento em que enfrentamos uma aguda crise de representação e de questionamentos sobre o comportamento de pessoas públicas. Desenvolver resistências às tentações entre o certo e o errado, passa por conhecer o comportamento dos semelhantes. É nesse ponto que a pesquisa contribui para a conscientização dos futuros gestores do País", afirma Mauro Paulino, diretor do Datafolha.

Pesquisa exalta bombeiros e professores

A pesquisa encomendada pelo ETCO também questionou os jovens sobre a percepção de profissionais éticos. O resultado apontou que bombeiros e professores são os profissionais com melhor imagem perante esse público. Numa escala de 0 a 10, os bombeiros foram os profissionais mais bem avaliados com uma nota 8,7, seguido pelos professores, que tiveram nota 8,5.

“É positivo que o jovem enxergue o professor dessa maneira porque ele é um dos exemplos de adulto mais próximos e é importante que este profissional transmita credibilidade e um firme senso de moral e ética. O jovem está em formação e seu comportamento mira muito nas pessoas mais próximas, portanto, é fundamental ter uma boa referência em sala de aula”, avalia Vismona.

Por outro lado, os políticos são a classe mais mal avaliada, com nota 2,2, refletindo o desgaste de imagem com acusações de corrupção por todo o País. Não à toa, uma das afirmações com maior nível de concordância (51%) é de que a sociedade brasileira seria mais ética se as pessoas participassem pessoalmente das atividades políticas.

Instituto irá incentivar discussão na sala de aula

Além da excelente avaliação dos professores e da constatação de que 21% dos jovens não sabem dizer o que é ética, um outro dado bastante relevante apontado pela pesquisa chamou a atenção do ETCO: para 87% dos jovens, conversar sobre o tema com familiares e amigos faria a sociedade brasileira se tornar mais ética.

Para fomentar essa importante discussão, o ETCO desenvolveu uma plataforma online (www.eticaparajovens.com.br) que servirá de apoio para que docentes comecem a discutir o tema em sala de aula. A ferramenta foi lançada hoje, em evento realizado em parceria com a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, e já está disponível para docentes de todo o País.

Acreditando que os professores e os jovens podem impulsionar uma transformação ética em seu entorno e na sociedade brasileira, o site apresentará sugestões para ativar as reflexões e ações sobre ética na escola. Ele contém sugestões de atividades para professores de Ensino Médio realizarem em sala de aula, além de materiais e links para aprofundamento da discussão. O conteúdo poderá ser facilmente adaptado para o Ensino Fundamental II.

As atividades do site não buscarão “ensinar” o que é ético e o que não é ético. Elas têm a intenção de provocar a autorreflexão dos jovens sobre como formulam os seus próprios parâmetros éticos e as razões pelas quais suas condutas estão – ou não estão – em consonância com esses parâmetros.

“O Brasil está passando por um momento inédito, com diversos casos de corrupção sendo revelados e seus responsáveis, punidos. É possível que este seja o início de um ponto de inflexão para a ética no Brasil. Para que isso ocorra, porém, será necessário questionar os parâmetros éticos da sociedade brasileira, incluindo cada um de nós. Os professores serão importantes protagonistas neste processo de transformação por serem vistos como profissionais éticos e por influenciarem milhões de estudantes pelo País”, avalia Vismona.

Sobre o ETCO

O Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial, ETCO, é uma organização da sociedade civil de interesse público (Oscip) fundada em 2003 com o objetivo de identificar, discutir, propor e apoiar ações, práticas e projetos que resultem em melhoria concreta do ambiente de negócios no Brasil. Para isso, atua para influenciar os tomadores de decisão a adotar medidas que visem a reduzir a sonegação fiscal, o comércio ilegal e a informalidade, além de ações de simplificação do sistema tributário e de combate à corrupção e outros desvios de conduta. O instituto procura manter forte presença nos meios empresarial e político brasileiros, com o objetivo de criar mecanismos e ferramentas que fortaleçam a ética concorrencial. São três as estratégias de atuação: fomentar estudos sobre os fatores que incentivam esses desvios de conduta; propor e apoiar iniciativas, ações ou mudanças em textos legais e práticas administrativas; e desenvolver e apoiar ações de conscientização da opinião pública sobre os efeitos sociais e econômicos maléficos e dos perigos dessas ilegalidades e da leniência social com esses desvios de comportamento ético.

 

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


Código de segurança
Atualizar

voltar ao topo

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::