Brasil, 12 de Dezembro de 2017
A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Anvisa proíbe venda de lote do azeite Lisboa, reprovado também no teste da PROTESTE

O teste de azeites já foi realizado outras 5 vezes pela PROTESTE

Nesta semana, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a distribuição e comercialização de um lote do azeite de oliva extravirgem da marca Lisboa. Essa marca também foi uma das reprovadas, em abril deste ano, pela PROTESTE Associação de Consumidores. Após diversas análises, a Associação concluiu que o produto estava adulterado, ou seja, foram adicionados outros óleos de sementes oleaginosas ao produto, o que não é permitido por lei. Além disso, a análise sensorial mostrou que se tratava de um azeite lampante – tipo de azeite que não deve ser usado na alimentação. Na ocasião, a PROTESTE indicou aos consumidores que não comprassem essa marca e ainda alertou às autoridades competentes sobre o problema, pedindo que fossem tomadas providências.

Vale lembrar ainda que o Ministério da Agricultura também divulgou, em abril deste ano, os resultados de testes de qualidade com o azeite Lisboa, reprovando três lotes desse produto.

Agora, a decisão tomada essa semana pela Anvisa, se baseia em laudo solicitado ao Instituto Adolfo Lutz, onde o azeite Lisboa obteve resultados insatisfatórios, por apresentar características sensoriais, perfil de ácidos graxos e pesquisa de matérias estranhas acima das faixas recomendadas para esse tipo de produto. Diante disso, a Anvisa determina que seja retirado do mercado em todo território nacional o lote 26454-361 (válido até 23/05/2019) da marca Lisboa.

A medida adotada pela agência vem ao encontro do que foi apontado pela PROTESTE, uma vez que a Associação já havia reprovado, em seu mais recente teste, a marca de azeite Lisboa. Diante disso, a PROTESTE recomenda que o consumidor não consuma o produto e fique atento aos resultados do teste para não ser enganado por nenhuma outra marca. Confira o teste completo no site: https://www.proteste.org.br/alimentacao/azeite

O teste de azeites já foi realizado outras 5 vezes pela PROTESTE e todos os laboratórios utilizados pela Associação de Consumidores são credenciados pelo MAPA (Ministério da Agricultura) e reconhecidos pelo COI (Conselho Oleícola Internacional), seguindo rigorosamente as metodologias e os parâmetros estabelecidos pela legislação aplicável.

----

Posicionamento da Natural Alimentos

Desde fevereiro deste ano a Natural Alimentos não comercializa o azeite de oliva Extra Virgem, Virgem e tipo Único Lisboa.

Entretanto, em respeito aos trabalhos desenvolvidos por vocês e aos nossos consumidores, e mesmo não comercializando o produto citado há mais de quatro (4) meses, acreditamos ser importante informar que não fomos informados a cerca de avaliações e análises realizados e ou solicitadas pela Anvisa. Não sabemos dos resultados obtidos, quem recolheu, qual lote foi analisado e em qual condição a amostra foi recolhida. Ou seja, a Natural Alimentos não teve sequer direito e também condições de se defender.

A Natural Alimentos cumpre restritamente a nossa legislação em todos os aspectos em que atua. Somos uma empresa Brasileira de 12 anos, possuímos mais de 150 colaboradores (diretos e indiretos). O nosso time de profissionais incluindo engenheiros e técnicos em alimentos, administradores, gestores em saúde alimentar, especialistas em tecnologia e produção, trabalha com a missão de produzir produtos de alta qualidade e facilitar a vida do consumidor.

Administração Natural Alimentos

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


Código de segurança
Atualizar

voltar ao topo

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::