Brasil, 19 de Outubro de 2017
A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Bertelsmann atinge resultado operacional recorde e lucros bilionários no ano de 2016

  • Escrito por  Debora Nogaroli
  • Adicionar novo comentario
  • Publicado em Demais
  • Imprimir
  • Compartilhar::

Maior crescimento de faturamento interno dos últimos quatro anos

EBITDA operacional alcança o valor máximo de 2,57 bi de euros

Com 1,14 bi de euros, os resultados do grupo atingem o maior patamar desde 2006

Participação dos negócios em crescimento sobe para 30%

Faturamento digital chega a 44% do faturamento total

Crescimento de 28% nos lucros fora da Europa

A transformação da Bertelsmann rende frutos: no exercício de 2016, a empresa internacional de mídia, prestação de serviços e educação atingiu o maior crescimento de faturamento interno dos últimos quatro anos, um resultado operacional recorde e, mais uma vez, um lucro de bilhões. No último ano, o faturamento permaneceu comprovadamente quase estável com 17 bilhões de euros apesar dos efeitos negativos das taxas de câmbio e dos portfólios (ano anterior: 17,1 bilhões de euros). O EBITDA operacional aumentou para o valor recorde de 2,57 bilhões de euros (ano anterior: 2,49 bilhões de euros), mesmo tendo havido prejuízos iniciais nos setores digital e de novos negócios. Apesar de uma despesa tributária maior, os resultados do grupo ultrapassaram mais uma vez o patamar do ano anterior e aumentaram para 1,14 bilhão de euros (ano anterior: 1,11 bilhão de euros).

Os índices financeiros refletem o êxito da Bertelsmann em crescer com mais rapidez e tornar-se mais digital, internacional e diversificada. Desde 2012, a empresa investiu mais de quatro bilhões de euros na área de negócios em crescimento e no setor digital, elevando a contribuição do faturamento dos negócios em crescimento para 30% (2011: 20%). Nos próximos anos, esse valor deve aumentar para 40%. Por sua vez, os negócios estruturalmente deficitários recuaram sua participação no faturamento de 16% para cerca de 4% nos últimos cinco anos.

O volume de faturamento das operações digitais, que a Bertelsmann indica em conjunto pela primeira vez, tem se elevado continuamente desde 2011: se no passado 30% do faturamento da empresa (4,6 bilhões de euros) provinha de negócios digitais, em 2016 esse número chegou a 44%, ou seja, 7,4 bilhões de euros. O volume de faturamento do setor digital aumentou em todas as categorias de lucro, seja em publicidade digital, produtos, divulgação, distribuição ou clientes. Em termos concretos, por exemplo, o RTL Group já está entre os líderes mundiais no fornecimento de vídeo online, a Penguin Random House dispõe do portfólio de livros eletrônicos mais vasto do mundo, e a Arvato presta serviços para grupos importantes do setor de alta tecnologia. Os demais modelos de negócios como a BMG ou o Bertelsmann Education Group estão adaptados sob medida para a era digital. Nos próximos anos, a parcela digital do faturamento do grupo deve ultrapassar os 50%.

A Bertelsmann também fortaleceu a sua presença internacional nos últimos anos: Em 2016, o grupo obteve 28% dos seus faturamentos fora da Europa (2011: 20%). No total, o faturamento da Bertelsmann fora da Europa aumentou mais de 50% desde 2011. Além do Brasil, da Índia e da China, onde a Bertelsmann está presente ativamente com negócios nos setores de mídia, prestação de serviços e educação, outro foco especial das operações estratégicas são os EUA. No futuro, a Bertelsmann almeja obter cerca de 30% do seu faturamento nesse país.

Desde o início de 2016, os avanços estratégicos também estão visíveis em uma estrutura diversificada com oitos divisões corporativas cujos resultados anuais a Bertelsmann divulga hoje pela primeira vez.

Thomas Rabe, Presidente da Bertelsmann: “A Bertelsmann mudou muito nos últimos anos. Nossos índices financeiros para 2016 deixam claro mais uma vez que a reestruturação do grupo foi válida, pois há muito tempo a Bertelsmann não alcançava lucros tão altos. Nós nos tornamos visivelmente mais fortes nos negócios em crescimento, mais digitais, internacionais e diversificados, e continuaremos esse desenvolvimento. Para tanto, investiremos até 2020 alguns bilhões de euros nos nossos negócios de maior crescimento e do setor digital. Além do Brasil, da Índia e da China, apostaremos especialmente nos EUA para a expansão internacional dos nossos negócios.”

No exercício de 2016, o faturamento da Bertelsmann permaneceu quase estável com 17 bilhões de euros, apesar dos efeitos negativos das taxas de câmbio e dos portfólios (ano anterior: 17,1 bilhões de euros). O crescimento interno totalizou 0,9%, com desenvolvimento positivo do RTL Group (3,2% de crescimento interno), da Arvato (3,9%), da BMG (12,8%) e do Bertelsmann Education Group (15,9%).

O EBITDA operacional da Bertelsmann aumentou em 3,3% ou 83 milhões de euros, somando o valor recorde de 2,57 bilhões de euros (ano anterior: 2,49 bilhões de euros), apesar dos prejuízos iniciais no setor digital e em novos negócios, que totalizaram 71 milhões de euros só no Bertelsmann Education Group e no RTL Group. Contribuíram para o aumento dos resultados, dentre outros, o RTL Group, a BMG, a Arvato e o prestador de ensino online Relias Learning. A margem EBITDA voltou a superar o alto patamar do ano precedente com 15,1% (ano anterior: 14,5%).

Os resultados do grupo atingiram o maior patamar dos últimos dez anos e, apesar da carga tributária mais alta, melhoraram em comparação com o ano precedente em 2,6%, atingindo 1,14 bilhão de euros (ano anterior: 1,11 bilhão de euros). A evolução em relação a 2015 é resultado da elevação do resultado operacional, mas também da redução do custo de itens extraordinários.

Thomas Rabe ressalta que a Bertelsmann progrediu nitidamente em 2016 em todos os quatro eixos estratégicos – fortalecimento dos negócios centrais, transformação digital, ampliação das plataformas em crescimento e expansão nas regiões em crescimento.

Assim, os negócios centrais foram fortalecidos, entre outros aspectos, pela continuidade na expansão das famílias de emissoras do RTL Group. O grupo de mídia RTL Alemanha garantiu os direitos para a transmissão de 28 jogos da seleção de futebol alemã. A Penguin Random House obteve êxitos criativos em todo o mundo. Entre os livros mais vendidos estão o suspense “A Garota no Trem” de Paula Hawkins, além de “Como Eu Era Antes de Você” e “Depois de Você” de Jojo Moyes. A Gruner + Jahr aliou-se à Territory para se tornar líder em prestação de serviços de comunicação e conteúdo na Alemanha, fundou a Deutsche Medien Manufaktur em conjunto com a editora Landwirtschaftsverlag e formou a Ad Alliance em parceria com o grupo de mídia RTL Alemanha.

No ano passado, a Bertelsmann também fez progressos na transformação digital dos seus negócios: As ofertas de vídeo sob demanda, as produções e os canais para web e as redes multicanais do RTL Group registraram em 2016 um total de 274 bilhões de acessos a vídeos online – um crescimento de 161% em comparação ao ano anterior. Com a aquisição do distribuidor de vídeos online Smartclip, o grupo fortaleceu sua posição como distribuidor de publicidade de vídeo digital na Europa. A Penguin Random House ampliou sua oferta de livros eletrônicos para mais de 128 mil títulos. A Gruner + Jahr obteve uma grande parcela dos seus lucros na Alemanha e na França, seus principais mercados, por meio de ofertas digitais, expandiu a distribuição de publicidade digital e adquiriu um dos fornecedores líderes de imagem em movimento na França, o Groupe Cerise. Além disso, os sites das revistas “Stern”, “Brigitte” e “Gala” atingiram recordes de alcance. A Arvato cresceu como prestadora de serviços para empresas das áreas de TI e alta tecnologia. Pelos seus canais de mídias sociais, as diferentes empresas e redações da Bertelsmann passaram a atingir um total de cerca de 1,6 bilhão de seguidores no Twitter, Facebook, Google+ e YouTube.

A expansão das plataformas em crescimento também apresentou sucesso: A Fremantle Media fortaleceu sua posição com diversas novas participações e aquisições. A subsidiária do RTL Group adquiriu, entre outras, a empresa Abot Hameiri de Israel, especializada em entretenimento, realidade roteirizada e drama. Além disso, o grupo também alcançou sucesso internacional com diversas produções como “Deutschland 83” e “The Young Pope”. A BMG adquiriu, entre outros, participação majoritária no catálogo da editora ARC Music e registrou um dos negócios mais célebres da indústria musical com a assinatura do contrato com o lendário Roger Waters da banda “Pink Floyd”. A Arvato SCM Solutions expandiu sua rede logística mundial e alcançou diversos êxitos de distribuição; a divisão de negócios Arvato Financial Solutions registrou um desenvolvimento positivo nos negócios. Na área educacional, a Bertelsmann fortaleceu sua subsidiária Relias Learning: o serviço de ensino online adquiriu seis empresas e expandiu para a Europa e para a China. O serviço de e- learning Udacity também ampliou seus negócios internacionalmente, atuando com seus programas de “Nanodegree” na Alemanha, no Brasil, na China e na Índia, entre outros.

As operações comerciais da Bertelsmann em regiões em crescimento também expandiram-se no último ano. Como exemplo, a BMG na China ampliou sua colaboração com o parceiro Alibaba Music, a divisão de música da conhecida plataforma de comércio eletrônico. Ofundo Bertelsmann Asia Investments (BAI) investiu em 27 novas startups e contribuiu positivamente para os resultados do grupo com os lucros da venda de participações. A Bertelsmann também investiu em diversas startups na Índia e no Brasil, como a empresa indiana FinTech Lendingkart e o grupo brasileiro NRE Education Group.

Bernd Hirsch, Diretor Financeiro da Bertelsmann: “Nós fortalecemos ainda mais a sólida posição financeira da empresa atingida no ano anterior. A Bertelsmann dispõe de forte liberação de recursos operacionais, alta cota de capital próprio e ratings estáveis. Isso nos dá liberdade para continuar a impulsionar intensamente a transformação estratégica”.

A expansão continuada dos negócios também resultou em um alto volume de investimentos em 2016: incluindo passivos financeiros, a Bertelsmann fez investimentos de 1,2 bilhão de euros no ano passado (ano anterior: 1,3 bilhão de euros). O grupo adquiriu, entre outros, as empresas Smartclip e Groupe Cerise, assim como diversos negócios nos setores de produção de TV, música e educação. A isso somam-se investimentos em catálogos de música e pacotes de direitos de filmes. No último ano, a Bertelsmann também investiu em 43 novas startups e, desde 2012, a empresa aplicou mais de 500 milhões de euros em jovens empresas internacionais, apenas por meio dos seus quatro fundos de investimento.

Mais uma vez, graças ao aumento dos resultados do grupo, o capital da Bertelsmann elevou-se para 9,9 bilhões de euros (ano anterior: 9,4 bilhões de euros). A cota de capital próprio atingiu 41,6% (ano anterior: 41,2%).

A dívida líquida foi reduzida para 2,6 bilhões de euros (ano anterior: 2,8 bilhões de euros). Por sua vez, o endividamento econômico total aumentou para 5,9 bilhões de euros em 31 de dezembro de 2016, contra 5,6 bilhões de euros no ano anterior. As razões do aumento são principalmente os elevados benefícios de aposentadoria devido a uma reduzida taxa de juros para desconto. O fluxo de caixa operacional livre ajustado totalizou 1,80 bilhão de euros (ano anterior: 1,56 bilhão de euros).

Os colaboradores serão premiados pelos êxitos obtidos: a empresa distribuirá participações nos lucros e resultados totalizando 105 milhões de euros (ano anterior: 95 milhões de euros).

Pela parte beneficiária 2001 da Bertelsmann (ISIN DE0005229942), será distribuído novamente 15% sobre o valor base em 15 de maio de 2017, de acordo com as respectivas condições. Os dividendos pela parte beneficiária 1992 (ISIN DE0005229900) serão de 8,09% (ano anterior: 7,99%).

Bernd Hirsch complementa: “Com a melhora do nosso perfil de crescimento, podemos nos sentir confiantes para o exercício corrente. Além de um faturamento ainda mais alto, contamos com a manutenção dos elevados lucros operacionais. Os resultados do nosso grupo devem ultrapassar pela terceira vez consecutiva a marca do bilhões”.
Outros valores de referência:

Itens extraordinários
No exercício de 2016, os itens extraordinários reduziram-se a -139 milhões de euros em comparação aos -191 milhões de euros no ano anterior. Além da redução nos gastos de reestruturação, a Bertelsmann Investments contribuiu positivamente por meio de ganhos de capital obtidos com participações.

Fluxo de caixa
No período reportado foi gerado um fluxo de caixa das atividades operacionais de 1,95 bilhão de euros (ano anterior: 1,60 bilhão de euros). O fluxo de caixa operacional livre ajustado foi de 1,8 bilhão de euros (ano anterior: 1,56 bilhão de euros), a taxa de conversão de caixa ajustada foi de 93% (ano anterior: 83%).

Valor do balanço
O valor do balanço aumentou para 23,8 bilhões de euros em 31 de dezembro de 2016 (ano anterior: 22,9 bilhões de euros). Os ativos líquidos aumentaram para 1,4 bilhão de euros (ano anterior: 1,3 bilhão de euros). O capital próprio apresentou elevação para 9,9 bilhões de euros (ano anterior: 9,4 bilhões de euros), aumentando a cota de capital próprio para 41,6% (ano anterior: 41,2%).

Investimentos
Os investimentos totais, incluindo passivo financeiro, somaram 1,2 bilhão de euros (ano anterior: 1,3 bilhão de euros). A Bertelsmann adquiriu, entre outros, o distribuidor de vídeos online Smartclip, a empresa de mídias digitais Groupe Cerise e diversos negócios nos setores de produção de TV e educação. A maior parte dos demais investimentos recaiu sobre ativos fixos da Arvato e sobre a aquisição de direitos de filmes pelo Grupo RTL e de catálogos de música pela BMG. A isso somam-se investimentos em diversas startups.

Colaboradores
No fim do exercício, o grupo empregava 116.434 colaboradores em todo o mundo. Em 2016, 1.225 pessoas realizaram estágios nas empresas da Bertelsmann na Alemanha.

Sobre a Bertelsmann

A Bertelsmann é uma companhia internacional de mídia, serviços e educação presente em mais de 50 países. Os principais mercados geográficos da companhia são a Europa Ocidental e os Estados Unidos. Além disso, a Bertelsmann está fortalecendo seu envolvimento em mercados em crescimento, como China, Índia e Brasil. As divisões da Bertelsmann são o RTL Group, grupo de rádio e TV, líder em entretenimento na Europa; Penguin Random House, maior grupo editorial do mundo; Gruner+Jahr que publica revistas e jornais; a empresa de gerenciamento de direitos musicais, BMG, o provedor de serviços Arvato; Bertelsmann Printing Group, maior parque gráfico da Europa; Bertelsmann Education Group; e, Bertelsmann Investments, uma rede internacional de fundos de investimentos.

Bertelsmann no Brasil

Quase todas as divisões da Bertelsmann já atuam no país. A subsidiária do RTL Group, Fremantle Media Brasil, vem trabalhando com as principais emissoras na produção de formatos como o THE X FACTOR para a televisão brasileira. A Penguin Random House possui participação em um dos maiores grupos editoriais do Brasil, a Companhia das Letras. O Bertelsmann Music Group (BMG) passou a gerenciar direitos musicais no país através da abertura de filial em julho de 2016. A Arvato que, além de disponibilizar um portfólio de serviços relacionados à gestão da cadeia de suprimentos e impressão, expandiu seus negócios de serviços financeiros no Brasil após adquirir participação no fornecedor de serviços financeiros Intervalor. O Bertelsmann Educational Group, através da empresa de tecnologia e educação Udacity, e o Bertelsmann Brazil Investments (BBI), através da Affero Lab, líder de mercado em educação corporativa e ensino digital no país.

 

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


Código de segurança
Atualizar

voltar ao topo

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::