Brasil, 21 de Agosto de 2017
A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Aposta nos pequenos e entrada no mercado de concretagem faz Grupo Monte Verde, de Cáceres, crescer 40% em 2016

  • Escrito por  Miriam Leite
  • Publicado em Demais
  • Imprimir
  • E-mail
  • Compartilhar::

Empresa foca em construtoras de menor porte, profissionais autônomos como pedreiros e no setor agrícola para expandir seu mercado. Central dosadora de Concreto da RCO permite flexibilidade de atendimento e pode virar planta móvel no futuro

Criado em 1993, o Grupo Monte Verde é uma empresa focada. Primeiro estabeleceu-se como loja de materiais de construção em Cáceres (MT). Identificando a demandas diferentes como serviços de terraplenagem e fornecimento de concreto e agregados, a empresa planejou seus próximos passos. A oferta de agregados veio, em 2001, sempre de olho no mercado de pequenas construtoras e dos profissionais pedreiros autônomos que atuavam em sua região. Três anos após tornar-se fornecedora de areia e brita, a companhia entra nos segmentos de concretagem e serviços de terraplenagem. Resultado: o faturamento do grupo cresceu 40%.

“Nós já conhecíamos a demanda por areia e brita e sabíamos que havia a oportunidade de crescer atendendo construtoras de menor porte e pedreiros autônomos”, explica Rafael Moreira Assunção, proprietário do Grupo. A estratégia deu certo e hoje o Grupo Monte Verde pode dizer que é maior porque apostou nos menores. Cerca de 60% do faturamento da empresa vem dos dois segmentos citados. Assunção explica que somente a oferta de materiais de construção era rentável, mas obrigava os clientes a buscarem por outros serviços em empresas concorrentes.

Além de identificar mercado, a companhia montou uma planta de concreto enxuta e moderna: uma central dosadora de concreto com capacidade de produção de 40 m3/hora, fornecida pela fabricante RCO, de Tambaú (SP), complementada por dois caminhões betoneiras de 8 m³ cada e uma bomba de concreto.

A escolha da central aconteceu em 2015 durante o evento Concrete Show em São Paulo. Além da capacidade de produção, a compra foi definida pela qualidade do material de fabricação do equipamento, a tecnologia embutida e a oferta de um serviço completo de manutenção. “A qualidade do equipamento era perceptível e o serviço de pós-venda muito atrativo, inclusive com manutenções preventivas”, explica Assunção.
Ele destaca que a tecnologia embarcada na CDR-40 proporcionou a economia de cerca de quatro mil reais mensais. Explicando: a inteligência da máquina dispensa o uso intensivo de mão de obra e os valores podem ser redirecionados para a compra de matérias primas.

Para Alex Nogueira, consultor de Vendas da RCO, outro diferencial do equipamento é a sua combinação com um silo de armazenagem para até 98 toneladas de cimento. De acordo com ele, o implemento possibilita ao cliente trabalhar suas concretagens com margem de segurança e precisão. “Depois de conversar bastante com o Rafael, identificamos os equipamentos que mais se encaixariam à sua necessidade na planta”, conta.

Com a estrutura da nova empresa montada e operando, o Grupo Monte Verde já planeja a sua expansão. A ideia é transformar a unidade de produção de concreto em uma planta móvel, estendendo os serviços a clientes no raio de até 200 km de Cáceres. “Vamos focar no atendimento a pequenos agricultores e agropecuários da região, que demandam concreto para a melhoria de suas operações diárias, caso dos silos e galpões para armazenamento de alimentos para o gado confinado.”

Sobre a RCO- www.rco.ind.br

Fundada em 1991, na cidade de Tambaú/SP, a RCO é uma empresa 100% brasileira focada em soluções e qualidade para quem produz, gerando maior eficiência nos processos industriais. Possui duas unidades fabris, que juntas somam aproximadamente 10 mil m², além de uma área para futura expansão, de 50 mil m², ambas localizadas em Tambaú.

Atende ao segmento da construção civil com as centrais de concreto e silos de armazenagem e ao segmento de pneus, automobilístico e industrial geral, fornecendo sistemas de transportadores e logística, equipamentos especiais, caldeiraria e serviços de usinagem em geral.

Com um perfil ousado e inovador a empresa foi fundada por Roque Carlos de Oliveira e é dirigida atualmente pelos filhos, Carlos Donizetti de Oliveira e Roque Carlos de Oliveira Junior, que mantiveram o perfil visionário do pai.

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::