Brasil, 16 de Agosto de 2017
A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Indústria eletroeletrônica gaúcha reduz ritmo de retração

  • Escrito por  Melissa Resch
  • Publicado em Demais
  • Imprimir
  • E-mail
  • Compartilhar::

A sondagem de conjuntura do setor, promovida pela Abinee (Assoc. Bras. Da Indústria Elétrica e Eletrônica) para dezembro de 2016 mostrou indicadores mais favoráveis em relação aos verificados na pesquisa do mês anterior. A atividade, porém, segue retraída.

Nos dois últimos levantamentos, diminuiu de 61% para 53% o total de empresas que tiveram queda nas vendas/encomendas em relação ao igual mês do ano anterior. O movimento também ocorreu ao comparar com o mês imediatamente anterior, onde as indicações de retração caíram de 50% para 35% do total de empresas, nas duas últimas pesquisas.

Outro fator positivo foi a redução nas indicações de empresas que observaram negócios abaixo das expectativas - de 72% em novembro para 44% em dezembro.

Quanto ao nível de emprego, os resultados continuaram desfavoráveis, com aumento no percentual de empresas que deram indicações de redução no quadro de funcionários - 11% em novembro para 29% em dezembro.

As exportações não mostraram sinais de recuperação, com 50% das empresas indicando queda nas vendas externas em relação a dezembro do ano anterior. Nota-se que, com exceção do mês de maio, nos demais meses do ano de 2016, as manifestações de crescimento das exportações foram iguais ou menores do que as indicações de queda.

A utilização da capacidade produtiva atingiu 80% no mês em questão, resultado superior aos alcançados nos períodos anteriores.

Para o diretor regional da Abinee Régis Haubert, o imbróglio político-econômico continua travando a retomada da economia, apesar da sinalização positiva da queda dos juros e da inflação. "Renovamos as esperanças de um 2017 com um novo ciclo de crescimento, mesmo que tímido."

Nacional

A nível nacional, a produção do setor recuou 11,3% em 2016 na comparação com 2015, segundo dados da Abinee, com base em informações do IBGE.

A retração foi mais expressiva do que a da indústria geral (-6,6%) e a da indústria de transformação (-6,1%), ainda conforme o IBGE. O resultado foi motivado pela queda de 14,8% na indústria eletrônica e de 8,6% na elétrica.

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...
 
www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::