Brasil, 29 de Setembro de 2016
A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Ano de Olimpíadas: hotelaria desperta interesse de universidades e profissionais

O cenário já é bem conhecido: economia nacional com o freio de mão puxado, dólar e juros em alta e um prognóstico nada positivo para este e para o próximo ano. As opções diante dessa situação são poucas - sucumbir ou reagir. Para Chieko Aoki, presidente e fundadora da rede Blue Tree Hotels, a crise é um ótimo momento para aprender. “Quando está tudo bem, a gente aprende menos. Durante a crise, se aprende a valorizar as coisas e fazer mais com menos. Você aprende a enxergar nichos de mercado e identificar onde pode melhorar”. É com esse pensamento que a “dama da hotelaria”, como é conhecida, coordena os mais de 20 hotéis da rede e cerca de 2.500 funcionários e se tornou uma referência na área.
No caso do setor de hotelaria e hospitalidade, isso é uma realidade e deve significar, na verdade, um grande estímulo disfarçado de recessão. O atual cenário impôs algumas mudanças aos hábitos dos brasileiros. Os turistas que antes viajavam para o exterior nas férias, agora estão conhecendo as belezas naturais brasileiras e escapando do câmbio desfavorável. Para Cícero Vilela, diretor de Marketing e Vendas da Rede de Hotéis Deville, hotéis e companhias aéreas que aproveitaram a demanda interna para subir os preços, deixando-os tão ou mais caros que os praticados no exterior, adotaram uma estratégia equivocada. “É preciso bom senso do setor. Aproveitar esta época com sabedoria é definir tarifas condizentes com o cenário econômico atual”, reforça.
 
Além do cenário econômico, grandes eventos esportivos como a Copa do Mundo e as Olimpíadas ajudam o Brasil a se consolidar como um mercado promissor na área de hospitalidade e hotelaria. “A área apresenta números crescentes há cerca de 10 anos”, afirma Morgana Guzela, coordenadora do curso de Hotelaria do Centro Tecnológico Positivo. Para ela, o atual cenário pede uma dedicação extra na qualidade dos serviços oferecidos e também na inovação. “A área hoteleira está em constante demanda por profissionais e tem um vasto campo para expansão e atuação. Seja no turismo tradicional ou, como no caso de Curitiba, que é forte no turismo de negócios e eventos, as cidades brasileiras tendem a atrair um número maior de público”, analisa ela. Cícero Vilela acredita também que a hotelaria no Brasil deverá passar por um processo semelhante ao que ocorreu em países desenvolvidos, que viu as redes de hotéis crescerem e se profissionalizarem cada vez mais. “Isso representa um leque ainda maior de oportunidades para os profissionais da área e uma demanda maior por qualificação”, acrescenta o diretor.
 
De acordo com o Ministério do Turismo, no Brasil existem cerca de 28 mil estabelecimentos, entre albergues, pousadas e hotéis. Outras pesquisas apontam cerca de 450 mil quartos, divididos entre as categorias hoteleiras. De qualquer forma, este é o cenário que os profissionais que pretendem ingressar na área têm pela frente. O Centro Tecnológico Positivo lança o curso de Hotelaria para atender justamente a essa demanda, com profissionais focados na prática e com sólido conhecimento do setor. Os alunos terão um ampla base de conhecimentos sobre hospitalidade, recepção, gastronomia, lazer e recreação, comercial, operação, logística, composição dos quartos e muitos outros serviços que podem ser oferecidos em um hotel.
 
O curso de graduação superior tem dois anos de duração e foi planejado para suprir a lacuna existente hoje no mercado. De acordo com Chieko, as pessoas que já atuam no setor estão procurando se aperfeiçoar e a busca por novos colaboradores não para. “Tenho uma grande equipe e sei que estão se aperfeiçoando, mas preciso de muito mais gente entrando e se aperfeiçoando nesse setor. E quem se especializa em hotelaria pode trabalhar em hospital, no varejo, em todos os outros setores. Porque serviço é uma parte de tudo, quem sabe servir, serve para qualquer negócio”, afirma a empresária.
 
SERVIÇO
 
Curso de Hotelaria - Centro Tecnológico Positivo  
 
Campus Praça Osório - Praça Gen. Osório, 125 - Centro, Curitiba - PR
 
Informações: www.up.edu.br
 
Início das aulas: fevereiro de 2016
 
Sobre a Universidade Positivo – A Universidade Positivo (UP) concentra, na Educação Superior, a experiência educacional de mais de quatro décadas do Grupo Positivo. A instituição teve origem em 1988 com as Faculdades Positivo, que, dez anos depois, foram transformadas no Centro Universitário Positivo (UnicenP). Em 2008, foi autorizada pelo Ministério da Educação a ser transformada em Universidade. Atualmente, oferece 54 cursos de Graduação (30 cursos de Bacharelado e Licenciatura e 24 Cursos Superiores de Tecnologia), três programas de Doutorado, quatro programas de Mestrado, centenas de programas de Especialização e MBA e dezenas de programas de Extensão. Em Curitiba, a UP conta com três campus: Ecoville, que ocupa uma área de 424,8 mil metros quadrados, Praça Osório, no centro da cidade, e Mercês – Catarina Labouré, este último dedicado ao curso de Enfermagem. Lançou, em 2013, seu programa de Educação à Distância, com dezenas de polos em todo o país. Segundo as avaliações do Ministério da Educação, é considerada uma das melhores universidades privadas do Brasil. 
Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte.
 www.segs.com.br

Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo

Compartilhar ou Seguir

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::

SEGS NO SEU IDIOMA::
Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Ao se cadastrar, você aceita todos os Termos e Condições de Uso do Segs.com.br que consta no rodapé de todas as páginas do SEGS.