Brasil, 28 de Setembro de 2016
A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Da Índia para o mundo: As Masalas e especiarias que tornaram a Grão Vizir referência em qualidade e, mantém o charmoso empório em crescimento pela alquimia de ervas, e lançamento de produtos exclusivos

  • Escrito por  Galeria de Comunicações
  • Publicado em Demais
  • Imprimir
  • E-mail
  • Compartilhar::

Falar em especiarias inevitavelmente leva a pensar nas grandes navegações, nas Índias Orientais e na chegada dos europeus à América. Ainda que o comércio já estivesse consolidado por diversas rotas terrestres entre Europa, Oriente Médio e Ásia, a busca de novas rotas e terras era justificada pelos valores das especiarias tanto culinários, mas, principalmente, monetários. Passados mais de 500 anos, a consolidação desta comércio mundial hoje possibilita que haja uma troca constante e uma presença frequente dos temperos. Do almoço em casa até jantares em restaurantes renomados, tem sempre uma pitada de uma especiaria ou um bocado de ervas. A riqueza deste universo conquistou Marcelo Nastari e o fez entrar nessa viagem gastronômica.

Até o final da primeira década dos anos 2000, Marcelo era advogado e atuava no campo dos Direitos Humanos. Em 2010, migrou do Direito para o universo das ervas e especiarias. Este empreendedorismo deu certo, tanto que os negócios da Grão-Vizir estão crescendo em média 35% ao ano. A paixão de Marcelo por este universo de aromas e sabores inicia-se em 2001, quando tem os primeiros contatos culinários com as especiarias e masalas. Masala é um termo indiano para mistura de ervas e especiarias. A partir de 2005, o que era um “hobby” começa a tomar outro rumo e o Direito passa a ser dividido, ainda de modo incipiente, com o mundo das especiarias. Em 2010, inaugura sua loja física, a Grão Vizir Masalas & Especiarias, e nela comercializa masalas, ervas, especiarias e utensílios que se identifiquem com este universo. Com uma relação de afeto com o produto e tornando-o ainda mais especial, ele chama a atenção pelos itens exclusivos que cria.

Carro-Chefe

A Grão Vizir preza primeiramente pela qualidade e pelo cuidado com todos os produtos com que trabalha. Cada item da prateleira tem um sentido, uma receita, uma história. As Masalas são um sucesso na loja de Marcelo, pois proporcionam um paladar muito especial e gratificante. O kit Índia 6 Masalas é um dos destaques de vendas, por carregar consigo o Curry de Madras, Garam Masala, Kashmir Masala, Panch Phoron Rajasthani, Tandoori Masala e Tchai Masala. Inclusive, o Tchai Masala já se destaca individualmente; a combinação de chá preto, leite e especiarias proporciona um sabor picante e ao mesmo tempo adocicado, trazendo uma sensação indescritível.

A calda de vinho completa o top 3 da Grão Vizir. Excêntrica e envolvente pode ser explorada em muitos pratos. A combinação de vinho com açúcar demerara e especiarias pode ser usada tanto em bolos e frutas, quanto em carnes e queijos. Todos esses itens, produzidos com tanta delicadeza e mínimos detalhes, fazem toda a diferença. Sempre obtendo bons resultados, Marcelo teve destaque na decoração da novela Caminho das Índias (Globo 2009) tendo parte do cenário composto com seus produtos. Outro aspecto que chama muito a atenção são os brindes que a Grão Vizir desenvolve. São uma ótima estratégia para melhorar o relacionamento entre empresas e seus consumidores, parceiros ou funcionários. São produzidos de acordo com os desejos de quem contrata, valorizando as características da campanha ou do objetivo almejado. Neste ano, em que pese a retração econômica, os brindes têm sido uma fonte de lucro para loja.

Valor ao produto na hora da venda

A Grão Vizir também conta com vendas online e, principalmente, com lojas revendedoras distribuídas pelo país. A estimativa é que a empresa feche o ano de 2016 com 50 revendedores. A empresa alcança uma escala de vendas para o Brasil inteiro e tem como principais estados consumidores: Paraná, Santa Catarina, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Bahia, Paraíba e Rio Grande do Sul. Marcelo destaca que não é só revender, “é importante que se incorpore um pouco do perfil que eu tenho. Não é muito fácil, porque você está distante do revendedor, mas pelo menos se o consumidor final puder sentir o aroma, ter o contato com o produto, facilita muito”.

Preocupação com os mínimos detalhes

O objetivo principal é fazer uma alquimia com as ervas e especiarias, criando produtos exclusivos que encantem todos os sentidos. Além disso, Marcelo enfatiza: “Tem muita coisa que é 'batizada', muitos produtores usam fécula para 'fazer render o produto', na Grão Vizir primamos pela pureza dos insumos, pela qualidade”. As masalas são uma síntese destes cuidados. Isto se dá desde a escolha dos insumos e da embalagem certa para armazená-lo; passando pela inspiração e reverência às culinárias tradicionais e novas possibilidades gastronômicas; e, ao final, difundindo o aprendizado com o cliente, por meio de um mini manual que explica a história daquela masala e traz dicas de uso e uma receita para aplicação nas aventuras culinárias.

Exclusividades: Medicina Ayurvédica e Mamãe

Muitas das ervas e especiarias comercializadas não são achadas facilmente no mercado tradicional. Além delas, há masalas baseadas em receitas tradicionais e outras totalmente autorais, desenvolvidas exclusivamente por Marcelo. O Mam Masala é uma combinação de ervas e especiarias a ser utilizada em uma infusão com água. Sua composição foi criada pensando nas mamães nutrizes, com suas propriedades digestivas e relaxantes. A novidade lançada recentemente também são as três Masalas baseadas nos “Doshas” da medicina ayurvédica, um conhecimento médico indiano desenvolvido há cerca de 7 mil anos.

Funcionamento

Além de agregar produtos exclusivos com qualidade na produção e muita história, a loja física da Grão Vizir traz uma sensação muito agradável. Compacta e com muitos detalhes, os vidros de especiarias e Masalas são tão bem produzidos que parecem itens de decoração. Na loja se encontram também utensílios e outros produtos gastronômicos relacionados ao universo de mesa e cozinha. Localizada na Rua Marcelina, 563, no bairro da Vila Romana, o estabelecimento funciona de segunda a sexta das 10h às 18h e aos sábados das 10h às 15h e está de portas abertas a todos dispostos a fazerem uma viagem gastronômica pelo mundo.

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte.
 www.segs.com.br

Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo

Compartilhar ou Seguir

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::

SEGS NO SEU IDIOMA::
Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Ao se cadastrar, você aceita todos os Termos e Condições de Uso do Segs.com.br que consta no rodapé de todas as páginas do SEGS.