Brasil, 26 de Setembro de 2016
A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Construção civil defende reformas para reanimar a economia

  • Escrito por  Assessoria de Comunicação Social do Sinduscon-DF
  • Publicado em Demais
  • Imprimir
  • E-mail
  • Compartilhar::

Dirigentes do setor enxergam distensão e querem ajudar na recuperação do emprego e da renda

Empresários e dirigentes da construção civil avaliam ter sido estancado o processo de deterioração da economia brasileira e defendem um avanço mais rápido na adoção de medidas que recuperem a confiança do empreendedor e melhorem o ambiente de negócios no país. “O Brasil, hoje, é um doente terminal, que estabilizou na UTI. Agora, precisa sair de lá”, diz José Carlos Martins, presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (Cbic). “Esse é o momento de construirmos uma arrancada e reanimar a economia. A construção civil tem grande contribuição a dar, pois é um setor que responde rápido na geração de emprego e renda”.

É com essa expectativa que será realizado o Encontro com a Construção Civil – Unindo forças para construir o futuro do Brasil, evento que vai reunir, na capital federal, dirigentes de 98 entidades, empresários e trabalhadores de todos os segmentos da construção civil (construtoras, mercado imobiliário, fabricantes de material de construção, lojistas, projetistas, arquitetos, engenheiros e outros) para demonstrar ao presidente interino Michel Temer a importância do setor para o desenvolvimento nacional e dar apoio às ações necessárias à retomada do crescimento e ao restabelecimento de um ambiente de normalidade no país. O encontro está marcado para 11/08 (quinta-feira), às 11h, no Palácio do Planalto. Estão confirmadas as presenças de cerca de 800 pessoas. “A construção civil está unida e apoiará o que for bom para o Brasil, como é sua tradição”, frisa Martins.

"Esse encontro formaliza a abertura de apoio à governabilidade e às condições de mudança de gestão no país, voltando para a construção civil a atenção necessária que ela merece", defende o presidente do Sinduscon-DF, Luiz Carlos Botelho Ferreira. "Precisamos sair desse estado caótico e retomar as obras paralisadas, de novas condições de financiamento e, acima de tudo, de segurança jurídica, sobretudo em nosso setor", acrescentou.

A recuperação da economia brasileira, em um ciclo sustentável, tem sido debatida por empresários e dirigentes da construção civil. A agenda proposta pelo setor inclui a aprovação de reformas estruturantes, com a modernização da Previdência e da legislação trabalhista; e a adoção de mecanismos para o melhor controle dos gastos públicos. “A criação do teto, proposta pelo governo, será de grande importância para restabelecer a confiança do investidor”, diz Martins. A construção civil também espera por medidas que levem à retomada do investimento, entre elas o aperfeiçoamento da modelagem e maior celeridade nos projetos de concessões e parcerias público-privadas (PPPs), de modo que mais empresas possam participar das licitações e outros segmentos sejam agregados. “Na medida em que o governo não terá recursos para investir, a iniciativa privada pode desempenhar papel importante na recuperação do investimento”, diz o presidente da Cbic.

Marque na agenda:
Encontro com a Construção Civil – Unindo forças para construir o futuro do Brasil
Data: 11/08/2016, quinta-feira
Local: Palácio do Planalto
Horário: 11h

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte.
 www.segs.com.br

Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo

Compartilhar ou Seguir

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::

SEGS NO SEU IDIOMA::
Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Ao se cadastrar, você aceita todos os Termos e Condições de Uso do Segs.com.br que consta no rodapé de todas as páginas do SEGS.