Brasil, 26 de Setembro de 2016
A- A A+

TOKIO MARINE SEGURADORA

Entre os grupos mais premiados do país, RBS comemora mais de 180 distinções em 2015

Projetos de investimento em jornalismo alinhados ao propósito foram determinantes para os resultados e reconhecimentos

No ano em que repactuou seu compromisso em produzir informação com o objetivo de contribuir para a transformação da sociedade, o Grupo RBS conquistou mais de 180 prêmios. Ao reforçar o vínculo com a sua essência, o jornalismo e o entretenimento, a empresa orientou sua estratégia de negócio, garantindo maior investimento nestes dois pilares.

Como reconhecimento, o Jornalistas & Cia posicionou a RBS, pela quinta vez consecutiva, em segundo entre os grupos de comunicação mais premiados do país de todos os tempos. A empresa também ocupa a segunda posição na lista dos mais premiados em 2015. O informativo avalia anualmente as premiações jornalísticas conquistadas por profissionais de cada veículo de imprensa, atribuindo pesos a cada uma e utilizando critérios como prestígio e concorrência.

– O jornalismo é o nosso propósito. Acreditamos que uma sociedade bem informada é capaz de transformar positivamente a realidade. É por isso que investimos em jornalismo. Essa é a nossa essência e a nossa crença para o futuro do negócio. Não fazemos jornalismo para ganhar prêmios, mas, com certeza, nos orgulham porque reforçam o valor do nosso trabalho – destaca o presidente do Conselho de Administração e do Grupo RBS, Eduardo Sirotsky Melzer.

Entre as distinções relevantes recebidas em 2015, estão Esso, Direitos Humanos de Jornalismo, ARI, Best of New Design, Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos, Petrobras de Jornalismo, Jornalismo do Ministério Público RS, Digital Mídia – América Latina, INMA, Massey Ferguson de Jornalismo e Empresa Cidadã ADVB/SC.

Uma série de ações para públicos interno e externo foi pensada para valorizar os profissionais e as marcas que contribuíram para esses resultados. Nos oito jornais da RBS, um anúncio circula nesta quinta-feira (4) e divide com os leitores o orgulho por essas conquistas. Reportagens como “Refugiados - Uma história”, de Letícia Duarte (Zero Hora) e “A máfia das próteses”, de Giovani Grizotti, Dalmir Pinto, Thiago Ornaghi e Juana Amorin (RBS TV), no Rio Grande do Sul, e “As Quatro Estações de Iracema e Dirceu”, de Ângela Bastos (Diário Catarinense), e “Despoluir o Rio Cachoreira”, de Marcos Pereira, Émilin Souza, André Buzzi e André Duarte (RBS TV), de Santa Catarina, estão entre as matérias citadas nas peças.

Nas últimas semanas, o Jornalistas & Cia divulgou os demais rankings produzidos. Zero Hora apareceu como a quarta marca de jornalismo mais premiada da história no Brasil. O jornal lidera o ranking na Região Sul, seguido por Rádio Gaúcha e RBS TV, respectivamente. Na lista dos mais premiados de 2015, ZH, Gaúcha e RBS TV tambémse destacaram entre os mais reconhecidos em todo o país.

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IIMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte.
 www.segs.com.br

Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

voltar ao topo

Compartilhar ou Seguir

Sobre nós::

Siga-nos::

Notícias::

Mais Itens::

SEGS NO SEU IDIOMA::
Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Ao se cadastrar, você aceita todos os Termos e Condições de Uso do Segs.com.br que consta no rodapé de todas as páginas do SEGS.